UWF RAW is WAR (06/02/2015) >> My Company!! My Rules!!

spJ1X9V

》 Preview: O Raw Is War de hoje se passa no Barclays Center, no Brooklyn , Nova York. O show de hoje promete, esse é o ultimo RiW antes do Royal Rumble, e hoje teremos os últimos encontros e palavras antes do acertos de contas entre os Daredevils e os Ant-Gravity, Leonardo Félix e The Ultimate Opportunist, Christian e Valugi, sem contar a grande “bagunça” formada por Nolan, Sanders, Lozzer, Nagata e Armstrong. Confira o tudo na cobertura.

.

》 Cobertura: As pirotecnias explodem na stage, estamos no Brooklyn, New York, no Barclays Center. A câmera percorre toda a arena e vemos um público caloroso, um típico público nova iorquino. A imagem corta para os comentaristas.

Joey Styles: Olá UWF Universe! Eu sou Joey Styles e estamos aqui para acompanhar mais um Raw Is War! nas últimas semanas, as pessoas aqui dentro não têm se mostrado muito… (coça a cabeça) “amistosas”. Atropelamentos, enforcamentos, pessoas sendo lançadas de alturas absurdas e tudo isso para que? para entreter você aí no sofá de casa e vocês aqui no Barclays Center! – o público reage bem. Aqui do meu lado, tenho meu companheiro: Ace Steel!

Ace Steel: Olá povão! eu acho melhor você ligarem seus ventiladores e ar-condicionados por aí, pois hoje A CHAPA VAI ESQUENTAR, AMIGOS! Quem acompanha os shows da UWF ultimamente sabe que o negócio aqui não está pra brincadeiras…

Joey Styles: Sabe quem também não está para brincadeiras?! O mastodonte, e ele tem algumas palavras para nós..

.

Toca “Mastodon” e o UWF Pride Champion Yuki Nagata vem ao ringue para uma reação mista.

.

Nagata: Vou ser direto e reto… Stuart Sanders… vá ver se toma vergonha nessa cara. “trocentos dias” sumido e quando volta ainda depende de aparecer feito um parasita nas lutas dos outros e ter destaque justamente as custas das barrigas alheias e ainda por cima temos que escutar essas suas frases grotescas de humor. Isso é o que? Merchandise para o pessoal do sanatório? Vai usar de camisetas de presente para a o resto da sua galera que rasga dinheiro e come merda seu retardado? Oh não, espere, vivemos na época do politicamente correto, Stuart Sanders não é retardado, é “especial”… Especialmente feito para comer a minha bota quando eu o encontrar no ringue… Estou de saco cheio de tudo. É ator de filme preto e branco que ninguém lembrava tipo o Stuard se achando importante. É Filhote de cruz credo feito o Armstrong achando que é gente grande…

.

Antes que Nagata possa prosseguir ecoa “Down in the Catacombs” e o UWF Extreme Champion King Armstrong aparece na stage para uma boa reação, atrás dele surgem 4 oficiais da WWE carregando um caixão…

.

Armstrong: Meus pássaros estão cantando, que melodia extraordinária ainda mais ao se falar da pessoa em questão: Yuki Nagata. Eu havia reservado este caixão para o Inferno na Terra, porém o fantasmagórico Sanders surgiu e estragou minha surpresa, porém o tempo está propicio para usá-lo e o no Royal Rumble tua nova morada será por minha conta Mastodonte!
Não precisa agradecer a minha cordialidade, aliás, por qual motivo saiu correndo em direção ao ringue? Lhe devo algo? Por que se for cobrar, acho que estará cometendo um severo engano. Agora falando sério, eu vou lhe enterrar dentro desta magnifica obra de arte, feita sob medida para vossa senhoria ou realmente acha que ficarei na zona de conforto, ao invés de enaltecer meu cinturão que é infinitamente superior ao teu? Aliás, não acha que passou da hora de acabar com a Pride Division e transformá-la em algo realmente EXTREMO? Pois afinal, quem se importa com tua existência a não ser teu próprio EGO? Sou o único ser vivente que dá alguma importância para tua significância, e olha que o senhor teu uma história de respeito por aqui, porém ultimamente tem menos ibope do que esperado…

Nagata: Hey Hey.. Quem é você para me insultar? O cara que não consegue nem vencer um idoso? Pode me dizer que tipo de podridão tinha na cabeça quando o Valugi se distraiu, você meteu uma merda de um trivial German Suplex ao invés de fazer seu finisher e mandar o senhor quarta e quinta idades direto para um asilo? Mesmo que nem serve para despachar uma caveira que ainda não se tocou que morreu e ainda anda? É isso suposto monstro irlandês? Não é a toa que Inglaterra mandou e desmandou no país de vocês por tantos anos, pois se todos os supostos monstros de segunda mão de lá forem assim é porque não tem homem com “culhão” para resolver as coisas.

Armstrong: Nossa, eu perdi pessoal! Devia estar chorando copiosamente, ouvindo Pablo, tomando cachaça e sem razão para prosseguir minha jornada na UWF, só que não faço aquilo que a lógica mundana induz. De forma alguma. Poderia sim, Nagata, ter acabado com aquele que tu chamas de velhote facilmente, porém não o quis por não ver motivo substancial para uma simples vitória. Resisti por 19 minutos, isso é fantástico para alguém que almeja voos maiores de agora em diante. Se a vitória do Valugi valeu para ele, trapaceando ou não, comemore porque minha suposta derrota só serviu para mostrar que não me abalo com o trivial..

Nagata: Olha Armstrong, eu não me importo com qual seria o resultado do combate, o que me interessa é o pós luta, onde eu teria te destruído não fosse Stuart Sanders. Aliás, Quem é que está financiando esse otário? Ou vocês acham mesmo que numa empresa em que todo mundo que morre em cadeia nacional volta a vida, alguém vai acreditar que isso de luzes piscarem e ele aparecer do nada? Sério Lozzer, você fica cada show rosnando para ele feito um indigente pisoteado na 25 de março e ainda permite que sua própria equipe de efeitos especiais dêem ganja para essa múmia?? Ou será que está do lado dele, porque pensa que vai te dar lucro?

Armstrong: É, nisso sou obrigado a concordar..

Então toca “Rebel Son” e Gustavo Lozzer aparece na stage para um bom pop da multidão.

Lozzer: Ótimo Nagata, ótimo Armstrong. Acusações sem provas, isso me parece tão familiar, talvez seja por causa de Dean Nolan, vejam como ele acabou. Querem ter o mesmo fim? Então parem de reclamar, eu nem sequer exijo que os dois bichos papões defendam seus cinturões, e ainda querem reclamar de algo?! Mas tudo bem, não sou Tanaka, eu faço as coisas certas e vou provar. Porque hoje no Main Event, Sanders enfrentará Nolan, e caso perca será demitido. Espero que isso seja o suficiente pra vocês, que aliás podem tirar o resto da noite de folga, não terão o que fazer por aqui.

Lozzer se retira enquanto o público reage mistamente ao anuncio, nem todos ficaram satisfeitos. Armstrong se retira primeiro provocando Nagata que se retira logo em seguida.

.

Joey Styles: Pois bem, é isso, o boss manda e a gente obedece. Nolan terá a chance de tirar Sanders de uma vez por todas do caminho tanto de Armstrong e Nagata quanto dele mesmo e de Lozzer, confiaremos no tal “Futuro da UWF”.
Ace Steel: Não pergunte aos fãs, pois desde o episódio com Perfecto o público não parece confiar em Nolan, e parecem estar muito mais do lado do Sanders.
Joey Styles: Não é culpa deles, Sanders tem um carisma natural, mesmo sendo um alguém tão sombrio. Chega dessa história, vamos para uma história bem mais alegre. Semana passada D-Reigns se formou na S.H.I.T. ao salvar Hurricane de um ataque de Bruno Cold em uma luta com Andreas Saint.. E Hoje teremos uma ação em duplas..
Ace Steel: Isso será interessante…

.

Toca “Eye of the Hurricane” e a S.H.I.T. vem ao ringue sob um ótimo pop, D-Reigns finalmente apresenta uma capa em seu uniforme..
Em seguida toca “Gold-Lust” e a dupla Saint & Cold vem ao ringue para muitas vaias..

.

Match #1: Tag Team Match – Super Heroes In Training (The Hurricane & D-Reigns) vs Saint & Cold.
A luta durou 7 minutos, ao final Cold se recusou a fazer tag com Saint, então o mesmo forçou a tag, ao entrar no ringue os dois começaram a discutir, a SHIT aproveitou e HURRIKICK em Saint… SUPERMAN PUNCH em Cold, D-Reigns pegou Saint em posição de Powerbomb enquanto Hurricane ia ao topo e POWERBOMB + DIVING CROSSBODY!! D-Reigns faz o pinfall… 1… 2… 3!!!

Vencedores: Super Heroes In Training

.

[Comerciais]

.

O vídeo é dos bastidores do último RAW is WAR, onde em um corredor escuro Joe aparece carregando Tank nos ombros. Ele entra numa sala iluminada apenas por uma vela, ele põe Tank sentado em uma cadeira antiga e amarra seus braços com fita. Joe acorda Tank com alguns tapas no rosto, Tank acorda devagar e Joe apenas começa a falar..

Joe: Não grite, não é nada demais, apesar do que você pensa eu não tenho nada contra você. Ao contrário, eu tenho muito em comum contigo, vejo em você o discípulo perfeito para minha filosofia da dor…

Tank faz cara de desconfiado e Joe retoma a palavra.

Joe: A filosofia da dor nunca falha. Ela é plena e perfeita. Mas muitos devem estar se perguntando… No que ela interfere no wrestling? Afinal, todos que lutam aplicam e recebem dor, por mais que não sigam minha ideologia… Mas pense no seguinte, qualquer pessoa pode desenhar, mas nem todos podem chegar ao nível e DaVince. É exatamente como as estrelas. Elas sempre estão lá, mas só são visíveis durante a noite. É assim que a dor se aplica no wrestling. A dor sempre vai estar lá, mas somente sendo aplicada da maneira correta ela se tornará uma arte que nem a de DaVince, ou visível como uma estrela na noite.
A dor, seja no wrestling ou no restante da vida, sempre irá aparecer com diversas facetas. Algumas servem para elevar sua força, outras para impedir o seu avanço. A dor funciona como um selo para o nosso ser real; Nosso “demônio” interior que muitos de vocês vivem citando. Sim, é aquele monstro que cria a sua vontade de massacrar o adversário no ringue. Aquela voz que fica falando nos confins de sua mente a mesma coisa em toda a luta… “Pra que apenas derrotar o seu oponente, se você pode acabar com a vida desta pobre alma?” Mas o medo de sentir dor sempre o impede de realizar os atos que essa voz te indica. Esse é o selo da dor, a barreira que impede o uso total de nossa força… Assumir a ideologia da dor é a mesma coisa que destruir este lacre e liberar sua força total.
A vida só nos dá duas escolhas: Aceite a dor e se transforme em um ser imparavel, ou a ignore e seja destruído pelos que aceitaram. Basta saber qual você escolhe.

Joe olha pra Tank que dá um sorriso de canto de boca..

.

Joey Styles: Sinistro, eu me arrepiei todo com esse discurso, Joe é um cara que sabe lutar mas sabe falar também, isso é raro e valioso, só não sei o que Tank tem a ver com isso..
Ace Steel: Eu tenho uma idéia, me chame no zap zap depois que eu te explico. Bom, e sobre a SHIT, simplesmente perfeita a atuação dos nossos heróis, que cada vez mais cativam o público..
Joey Styles: Cada vez mais conquistando espaço, talvez eles tenham chance de subir na Tag Team Division… Falando nela, semana passada o combate entre Tomyer e Scott Bigelow nem chegou a acontecer e essa semana é a vez de Crazy Dragon vs PD Lopes..
Ace Steel: Isso será interessante, afinal, PD já derrotou Dragon uma vez e na semana passada o japonês colocou o garoto para dormir. Isso já está virando algo pessoal e eles terão a chance de desestabilizar um ao outro antes do combate do domingo.

.

Toca “Flesh it Out” e para reações mistas, PD Lopes acompanhado de Tomyer vem ao ringue, os dois têm cadeiras de aço em mãos, eles chegam ao ringue e Tomyer pega um microfone.

Tomyer: Bigelow… Você me provou que por mais que seja um grande lutador, é um covarde. Mas eu sempre lidei com covardes em toda minha vida, Bigelow. Eu sempre quebrei eles como se fossem apenas pedaços de um brinquedo qualquer. Se você queria respeito você não conseguiu, você conseguiu me deixar enfurecido, e não se deixa um dos melhores lutadores do mundo irritado, não deixa ele pronto de destruição. E se vocês são homens atravessem essa stage e tentem repetir o vosso feito da semana passada.

Os Daredevils aparecem no telão. Eles no camarim.

Scott Bigelow: Como você é inútil, Tomyer. Covarde? Eu? não. Eu apenas matei a fome que o público tinha de ver a destruição. Ou vocês aí não querem ver o Bigelow chutar a bunda do Tomyer?? – grande parte da torcida responde “We Want!”. Eu apenas dei para o povo, uma pequena prévia do que irá acontecer no Royal Rumble…

Crazy Dragon: E se vocês não perceberam, mais uma prévia está por vir. Basta apenas olhar para esse relógio atrás de nós.

A câmera foca no relógio, ele marca 17:00. Tomyer e PD parecem não entender, o público também não. Enquanto os Anti-Gravity estão distraídos, os Daredevils vem pulando as barricadas e em entram no ringue sem que Tomyer e PD vejam. Eles fazem um gesto dando língua e balançando as mãos – o público ri. Eles acertam os Anti-Gravity com “Dropkicks”, Dragon acerta PD e Scott acerta Tomyer. Eles jogam as cadeiras pra fora do ringue. Dragon levanta PD, o agarra e… BLOODY SUUUUUNDAY!! -o público vibra. Ele joga PD para fora. Scott levanta Tomyer, coloca sua cabeça entre as pernas e… BUCKLE BOMB! BUCKLE BOMB! Tomyer cambaleia e é pego por um “Spinning Gut Kick”! Bigelow pega impulso nas cordas e… PEACE! OF! MIIIIIND!!
Bigelow vai para fora do ringue, Dragon também. Bigelow procura algo embaixo do Ringue e Dragon grita para eles irem embora. Bigelow pega um… MACHADO?!?! Ele entra no ringue e levanta o machado, mirando na cabeça de Tomyer. ELE GOLPEIA COM O MACHADO!! MAS DRAGON O EMPURROU FAZENDO O MACHADO ABRIR UMA FENDA NO RINGUE A ALGUNS CENTÍMETROS DA CABEÇA DE TOMYER. – alguns fãs ficaram chateadas por Dragon ter atrapalhado, outros se aliviam e tiram as mãos dos olhos para ver o que aconteceu.
Bigelow discute com Dragon, mas eles se entendem, Dragon sobe nas costas de Bigelow e eles comemoram ao som de “Psycho”! para receber um bom pop do público.

.

[Comerciais]

.

As luzes se apagam na arena, e de repente… Jhown Wyatt está no telão!

Jhown Wyatt: O céu, o inferno… São lugares alternativos – a imagem começa a falhar até que o telão fica repleto de listras coloridas. A imagem retoma mas lá está Chris Lotter!! – toda arena faz descer uma chuva de vaias. Ele está em pé ao lado de um garoto com dentes grandes e um óculos que deixa seus olhos menores do que suas espinhas.

Chris Lotter: (risos) Podem vaiar, podem vaiar o quanto quiserem! morram fazendo isso, se necessário. Mas eu não estou nem aí para o que sai desses bueiros que vocês chamam de bocas. Eu não estou aqui por vocês, estou aqui por mim! Por isso contratei meu amigo nerd aqui, para poder ter o espaço que não me dão.
E eu não me importo se vocês vão vaiar ou não, eu vou falar e pronto! No começo de minha carreira tudo que eu queria era ganhar aplausos e sorrisos de vocês, ser um herói. Alguém ovacionado ao entrar pela stage, mas parando para pensar bem, eu percebi que seus aplausos e sorrisos não iriam pagar minhas contas! Seus aplausos não iriam me sustentar. Eu precisava pensar em mim, reconhecer minha superioridade e esquecer de vermes como vocês – mais vaias.
(risos) Quero ver se vocês vão me vaiar quando eu for o Royal Rumble Winner. Sim, eu estarei lá! E se eu não estiver. Meu amigo nerd e eu, vamos continuar invadindo! Pois enquanto eu não for convidado para entrar, eu vou arrombar as portas.

Nerd: vamos rápido, o tempo aqui na lan house acaba já já.

Chris Lotter: Meu último recado é para todos da UWF, mas principalmente para os campeões atuais, eu voltei e não saio mais, não vou desistir de perseguir vocês até eu pegar o que vocês tem em mãos, não vou deixar ninguém sossegado, e vou conquistar tudo isso sem a ajuda desse público que diz estar do seu lado…

A transmissão é cortada e voltamos para a mesa.

.

Joey Styles: O que dizer sobre isso??

Ace Steel: A única coisa que tenho a dizer é que estou feliz por ele ter tirado aquele bobão barbudo do telão, seria um desperdício de tempo.
Joey Styles: E a Daredevils ein? Mais destruidora do que nunca, os Anti-Gravity que me desculpem, mas o Royal Rumble parece anunciar o fim deles.
Ace Steel: Nessas horas que agradeço por ter optado estar atrás da bancada do que em um ringue com caras como Scott Bigelow.
Joey Styles: Somos dois. Lembram-se da Bet or Die? Eu ainda lembro porque não se esquece dois rostinhos como aqueles fácil. Mas tenho apenas receio de que um desses tais rostinhos possa mudar agora..
Ace Steel: Receio? Eu tenho é medo.. Porque Daena enfrenta Joe, o filosofo da dor..

.

“Angel on my Shoulders” ecoa na arena, é a Bet or Die, Betsy apresenta certa cara de preocupação com Daena. O público canta “Who Are You?”. Em seguida ecoa “Day of Rage” e Joe surge na rampa segurando trazendo um homem encapuzado com seus braços presos por correntes, ao chegar em frente ao ringue Joe levanta o capuz do homem.. É TANK!! Joe prende a corrente em volta do seu corner e sobe ao ringue.

.

Match #3: Single’s Match – Daena vs Joe.
A luta foi bem movimentada, Joe apresentou grande dominação durante maior parte do combate, mas ainda sim Daena conseguiu se sobressair em alguns momentos. Aos 11 minutos Daena tentou um Crossbody mas Joe a segurou, colocou-a em posição e F5.
Vencedor: Joe

.

Betsy entrou no ringue para ver como Daena estava, Joe lentamente soltou Tank do corner e o puxou para dentro do ringue, ele liberta as mãos de Tank e o ordena que pegue Betsy como um cão raivoso. Tank que parece transtornado corre em direção a Besty, a agarra e LIFITING DDT!!!! Daena e Besty estão totalmente fora do ar. Joe prende Tank novamente as correntes e sai caminhando pela rampa. O público está em choque.

.
Joey Styles: Eu não disse?! Algo realmente não está certo na cabeça desses dois, e agora juntos eu creio que podemos ter uma terceira geração de monstros.. Nagata e Armstrong > Bigelow e Dragon > Joe e Tank..
Ace Steel: Se elas não fossem garotas eu realmente estaria mais impressionado do que assustado. Mas se eles queriam mostrar que não importa quem for causarão dor, conseguiram.
Joey Styles: Pois bem! Agora recebo informações de nosso querido boss Gustavo Lozzer tem algumas palavras para nós diretamente de seu escritório.

.

[A câmera corta para o escritório de Lozzer que faz um sinal de silêncio para Dean Nolan]

Lozzer: Olá UWF Universe. Podem estar se perguntando, o que será dessa vez?! Acalmem-se, não é nada demais, apenas tenho o dever de lhes manterem a par das coisas dentro da empresa assim como sempre fiz, usarei deste espaço para vos informar sobre o card do Royal Rumble 2015, sigam-me os bons… Primeiramente oficializo as World Championship Matches em duas Single’s Match: The Ultimate Opportunist vs Leonardo Felix pelo World Heavyweight Championship. E Christian vs Valugi Barros pelo UWF Championship. Ainda falando de cinturões como vocês já sabem teremos em uma Tag Team Match, a Daredevils vs Anti-Gravity pelo UWF Tag Team Championship, e em outra Single’s Match teremos Perfecto Aries vs Gabriel Hardy. E pra finalizar teremos a Royal Rumble Match onde já temos alguns nomes confirmados… Começando principalmente pelos particpantes das outras lutas que estarão na Rumble, além é claro de Dean Nolan, Nagata, Armstrong, Joe, Tank, Beto or Die, SHIT, Chris Lotter… Entre outros. E com a Royal Rumble claro que teremos algumas surpresas. Pois bem, é isso, espero que possam se divertir neste fim de semana, afinal este é o nosso trabalho, até ma…

[As luzes da sala começam a piscar e tanto Lozzer quanto Nolan entoam um “Filha da p*t”]

.

Joey Styles: Nosso boss sempre fazendo seu trabalho com muita responsabilidade. Mas parece que alguém está realmente disposto a atrapalhar..
Ace Steel: Mas hoje isso acaba, ou não – É mostrado que teremos Dean Nolan vs Stuart Sanders para o ME – Vejamos o que o futuro reserva para esse triangulo nada amoroso.
Joey Styles: Mas isso é só no Main Event, porque agora é hora de ação. Felix que na semana passada teve Tank pela frente hoje encara algo mais leve, ele enfrenta W.S Morrison.
Ace Steel: Esse cara ainda ta aqui?

.

Toca “The New Transmission” e W.S Morrison aparece na stage, desta vez ele tenta animar o público mas eles não o acompanham. Em seguida ecoa “Enough is Enough” e Leonardo Felix se dirige ao ringue para uma boa reação do público.

.

Match # 4 – Singles Match : Leonardo Félix vs. W.S Morrison

A luta durou 20 segundos. Logo no começo, W.S Morrison saiu em disparada na direção de Félix que o pegou com um “Double Leg Takedown” e trancou um “Sharpshooter” fazendo o pobre Morrison dar Tap-Out.

Vencedor: Leonardo Félix.

.

Toca “Fortune 4” e The Ultimate Opportunist vem ao ringue, ele está com o braço engessado. Ele sobe no ringue e pega um microfone.

Ultimate: Uma bela apresentação, Félix. Uma pena que não poderei participar de seu show no Royal Rumble. Na queda do alto da arena na semana passada você meu deu um presentinho: UM BRAÇO QUEBRADO! E por isso eu vou ter que ficar por pelo menos 8 semanas até que meu braço tenha se recuperado totalmente. Até lá, você vai ter que esperar pela sua Title Match.

Félix: Eu já esperei muito, e não me importa se tenho que esperar mais um pouco. Não posso te obrigar a lutar assim no Royal Rumble. Será uma questão de tempo até que eu me torne campeão. E dentro de 8 semanas, você será meu! E espero que você…

Toca “Rebel Son” e Gustavo Lozzer aparece na stage, lá mesmo ele fica.

Lozzer: Desculpe interromper, Félix. Mas eu não podia apenas ficar sentado e assistir isso.
Ver mais uma vez, o World Heavyweight Championship fazendo papel de lixo dourado. Reinados como o de Jason e o SEU trouxeram vergonha a esse cinturão tão tradicional. E eu não posso deixar acontecer de novo. Se você está com seu braço quebrado, não vou te deixar como campeão se você não está em condições de defendê-lo. Então, o título irá para o desafiante: Leonardo Félix. – O público grita o nome de Félix.

Ultimate: Mas, mas…

Lozzer: MAS NADA! Entregue o cinturão a ele, agora!

Ultimate: MEU DEUS – Ultimate arranca o gesso de seu braço. É UM NILAGRE! É UM MILAGRE! MEU BRAÇO ESTÁ CURADO! É PRA GLORIFICAR DE PÉ!

Lozzer faz um gesto negativo com a cabeça e sai de cena.

Félix: Nossa! que bom que “deus operou um milagre” em você. Espero que você esteja em um bom relacionamento com ele, pois no Royal Rumble, só um milagre vai me impedir chutar teu traseiro – Félix recebe um grande pop.

Félix joga o Microfone e tenta acerta um “Superkick” em Ultimate, que desvia e sai do ringue, subindo a rampa e erguendo o belt enquanto Félix o chama de volta.

.

[Comerciais]

.

[Hurricane esta caminhando juntamente de D-Reigns nos backstages e Andreas Saint se aproxima]

Hurricane: Alto lá homem, pense muito bem antes de tentar qualquer coisa estúpida.
Saint: Não, você me entendeu errado, aliás todos me entenderam errado, eu não sou o cara mal. Na verdade eu sempre admirei você e o trabalho que fez pra transformar D-Reigns em herói foi simplesmente fantástico…
Hurricane: Bom isso é bem verdade. Vejo um potencial de herói em qualquer um, até mesmo em Ultimates e Tanakas da vida. E você… bem, você poderia ser o coadjuvante de D-Reigns e o ajudar na sua luta contra o crime, até tenho o nome ideal para si, um nome que transcende as galáxias, um nome que combina com o seu rosto e talento, tanto no ringue como no microfone… Super Poop! Não fique ai de mal com o mundo querendo chutar as bundas todas que encontra pelo caminho, se junte á S.H.I.T. e seja conhecido por todo o mundo como Super Poop.
Saint: Eu não sei bem o que isso significa, mas me parece bom, afinal começa com “Super”, eu aceito, quando começo?
Hurricane: Sem pressa homem, ainda avaliarei a melhor oportunidade, aguarde, entrarei em contato…

.

Joey Styles: Me aparece cada uma, agora Saint resolveu virar herói. Eu não lhe culpo, Hurricane faz o serviço parecer brincadeira, assim qualquer um se candidata.
Ace Steel: É só observar e constatar o milagre que aconteceu com D-Reigns, na mão de Hurricane qualquer um pode ser um justiceiro. Ele é milagroso.
Joey Styles: Falando em milagre, Ultimate realmente acha que aquela historinha colou? Foi ridículo, ainda bem que Lozzer tomou aquela atitude.
Ace Steel: O mundo todo incluindo Lozzer está torcendo para Felix, até mesmo o próprio Ultimate deveria torcer, esse cara é uma piada. Nem parece World Champion.
Joey Styles: Sobre World Champion, se um não se comporta como tal o outro é o contrário, Christian quer impedir que Valugi seja o próximo Ultimate, e agora ele uni forças com Gabriel Hardy para enfrentar Valugi e Perfecto Aries..

.

Toca “Just Close Your Eyes” e o UWF Champion Christian aparece para um pop gigante, ele adentra ao ringue a espera de seu parceiro. Então ecoa “Simillar Creatures” e Gabriel Hardy aparece para um pop tão grande quanto o de Chritian. O público muda quase que instantaneamente de reação e cai em vaias quando toca “Villain” e Valugi Barros surge na stage, Valugi aguarda do lado de fora do ringue e por último toca “Born of a Broken Man” e Perfecto Aries aparece para uma boa chuva de vaias, os dois adentram ao ringue juntos.

.

Match #5: Tag Team Match – UWF Champion Christian e Gabriel Hardy vs Valugi “Angelripper” Barros e Perfecto Aries.
Aos 15 minutos Perfecto e Christian eram os homens legais, Perfecto empurra Christian no corner e Valugi começa a bater com a cabeça do mesmo no corner, o referee repreende Valugi e Perfecto aproveita para aplicar um “Low Blow” seguido do Suprkick, Hardy entra no ringue e tenta aplicar o Superkick em Perfecto que esquiva, Valugi também invade e Perfecto revida o Superkick em Hardy que se abaixa acertando assim o ceifador que cai pra fora do ringue. Hardy aplica o “Twist of Fate” em Perfecto e coloca Christian sobre o mesmo para o pinfall.. 1… 2… 3!!
Vencedores: Christian e Gabriel Hardy

.

Hardy ajuda Christian a se levantar e eles comemoram enquanto Perfecto e Valugi estão desacordados dentro e fora do ringue respectivamente.

.

Joey Styles: É SÓ SUPERKICKAAAAAH QUE VOA!!
Ace Steel: Um simples golpe que envolveu Hardy e Perfecto em uma história onde o melhor Superkick vence e determina qual geração é a melhor.
Joey Styles: Perfecto derrubando os dois integrantes da UWF Championship Match com o mesmo golpe, mas Hardy que é bom nada..
Ace Steel: Chega a ser engraçado, e agora vamos aos comerciais e jajá tem Nolan vs Sanders, a hora da verdade..

.

[Comerciais]

.

[A câmera corta para o estacionamento, onde vemos Tanaka andando rápido e Ultimate tenta acompanhá-lo.]

Tanaka: Braço quebrado?? por favor! isso é uma vergonha até para um capacho igual você.

Ultimate: Eu… eu… eu …

Tanaka entra em um belo Sedan preto, e fecha a porta. Ele abre a janela.

Tanaka: As vezes eu me arrependo de ter colocado meu ouro nas mãos de um excremento igual você.

O carro arranca e Ultimate fica a observar o carro sair de suas vistas.

.

Joey Styles: Chupa Ultimate! Vai tomando papudo, nem o Tanaka ta te apoiando mais. Isso mostra o quão baixo o nosso Champ foi, até o mais baixo dos baixos reprovou a sua atuação patética.
Ace Steel: Não é pra menos, foi coisa do nível de Jason, ou talvez Rob, sei lá.
Joey Styles: Vamos falar de homens de verdade, é hora de gente grande tomar conta do ringue. Lozzer deu o ultimato, se Nolan vencer Sanders está fora.
Ace Steel: Sanders luta pela sua permanência na casa.. Digo na empresa, é hora de Nolan vs Sanders..

.

“All Hail Nolan” ecoa na arena e Dean Nolan aparece para uma reação negativa dos fãs. Ele se dirige ao ringue e senta no meio do ringue. Em seguida toca “Space Dementia” mas ninguém aparece, Nolan fica de pé e chama Sanders, as luzes piscam e se apagam, ao acenderem.. SANDERS ESTÁ ATRÁS DE DEAN NOLAN.. o público avisa com a reação e Nolan se vira, mas para surpresa de todos Sanders se mantém calmo, ele quer lutar. Então vamos dar ao homem o que ele quer..

.

Main Event – Singles Match : Dean Nolan vs. Stuart Sanders

A luta durou 18 minutos e Sanders tinha Nolan caído, ele partiu e JOBBER CLOBBER!! Mas antes de pudesse realizar o pinfall King Armstrong entrou no ringue e o ataca soando assim o gongo.

Vencedor: Stuart Sanders por DQ.

.

Após a luta, Nagata vem ao ringue e pergunta o que deu na cabeça de Armstrong, mas então ele para de falar e se vira para Sanders e também começa a atacá-lo, Dean Nolan tenta intervir mas Armstrong lhe aplica o Black Hole Slam. Eis que quando Sanders já está a beira de um desmaio, toca “Rebel Son” e Gustavo Lozzer surge na stage com vários seguranças o acompanhando.

Gustavo Lozzer: Armstrong, Nagata!! Vocês perderam o juízo, eu já havia lhes dito que cuidaria disso, porque diabos tinham que interferir? Vocês acham que estão acima do poder? Pois não estão. Já que decidiram seguir suas próprias regras eu vou mostrar quem é que manda… OS DOIS ESTÃO BANIDOS DA EMPRESA ATÉ QUE TERMINE A ROYAL RUMBLE MATCH!! Ou seja podem dar adeus ao sonho da Wrestlemania. Seguranças tirem esses homens daqui.

Armstrong e Nagata não relutam, apenas são escoltados para fora da Arena, Lozzer observa a cena e se volta para o ringue onde Sanders está sentado e escorado no corner e Dean Nolan está fora do ringue cambaleante..

Gustavo Lozzer: E você Sanders, não pense que escapou, se não aconteceu hoje acontece no Royal Rumble… NOLAN VS SANDERS EM UMA AMBULANCE MATCH, e se você perder está demitido, passar bem!

Lozzer se retira enquanto Sanders se levanta, Nolan zomba de Sanders enquanto de dirige para o topo da rampa, a câmera focaliza o rosto de Sanders enquanto o show se encerra.

[FIM DO SHOW/ COBERTURA]

Sobre Matheus "El Perfecto" Pereira

The Common Denominator Of Greatness

Publicado em 06/02/2015, em Coberturas e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 16 Comentários.

  1. Gostaria um pouco de recapitular o que aconteceu recentemente. No último RIW, o gordo do Bigelow tinha uma luta contra o meu parceiro, Tomyer. Tomyer, normalmente, se dirigiu ao ringue, mas Bigelow e seu parceiro patético simplesmente nos atacaram covardemente. A luta nunca começou. É isso que aqueles dois são! Dois covardes! Bigelow sabia que não poderia vencer Tomyer e por isso o atacou daquela forma! Não apenas a Tomyer, mas a mim também! Ainda por cima, o público gosta disso. Eles gostam de ver dois covardes segurando os cinturões! Se dependesse do público, a UWF seria um verdadeiro caos! Mas dane-se o público. Eu já deixei de me importar com isso há muito tempo. Eu apenas me importo agora com os títulos que os covardes dos Daredevils carregam! Agora voltando o show de hoje, mais uma vez os covardes nos atacaram. Era eu contra Dragon. Já venci o mesmo uma vez e poderia facilmente vencê-lo novamente, mas não, a dupla de palhaços se sentiu mais ameaçada do que nunca e preferiu nos atacar de novo. Mas dessa vez, vocês passaram dos limites. Bigelow, você quase mata Tomyer e tenho certeza, que depois dele, seria eu. Apenas digo uma coisa. No Royal Rumble, nós iremos devolver tudo isso que vocês nos fizeram e muito pior. Acredite se quiser, mas no fim, você e esse seu parceiro estarão mortos. Literalmente.

    Royal Rumble está cada vez mais próximo e com ele, meu primeiro título na UWF, ao lado de Tomyer. Sei que o público nos odeia e não quero seu apoio, mas não percam nossa luta. Vocês verão a Anti-Gravity simplesmente massacrando o gordo e o louco. Aqueles Tag Team belts virão para nós e nós iremos fazer o melhor reinado de todos os tempos. Bigelow e Dragon, aproveitem seus últimos dias de reinado e seus últimos dias de vida. O dia da execução dos dois está cada vez mais próximo.

    The Next Tag Team Champion
    PD Lopes

  2. A dor mais uma vez provou que pode superar tudo. Ódio, lembranças do passado, ambições… Tudo pode ser apagado pela presença da dor. Tank finalmente iniciou o processo de transformação para um ser superior… Sim, esse foi apenas o início. Apenas uma pequena prova da dor que ele ainda terá de sentir para fazer jus ao nome “Tank”.

    Por ironia do destino os “pequenos anjos” entraram em nosso caminho durante a noite de hoje, sendo que de uma maneira ou de outra eu iria procurar elas mais cedo ou mais tarde. A primeira prova para Tank: Poderia ele atacar um ser indefeso que não tem ligação alguma com nosso propósito? Sei que supostamente ele já fez algo parecido com isso durante a guerra, mas era preciso algo mais consistente, até mesmo mais atual. A pobre Betsy caiu nas garras de um demônio furioso e foi rapidamente dilacerada, sendo assim uma prova perfeita da aptidão de Tank.

    Mas tenho que admitir que fiquei meio insatisfeito com uma coisa… O comentarista Ace Steel falou sobre o fato de nossas presas serem garotas… Garotas que já derrotaram muitos homens nessa empresa. Se elas estão aqui, tentando lutar de igual para igual com os homens, significa que devem ser tratadas como iguais, independente da derrota ou da força. Mas admito que o porte físico delas não ajuda, qualquer impacto com maior força que geralmente não faria um dano tão estrondoso em um homem de porte físico normal afeta elas de uma maneira totalmente diferente, é exatamente por conta do corpo mais fraco que elas se tornaram o alvo da primeira prova de Tank.

    E como já cometei em outro momento, tudo que faço possuí algum motivo, alguma mensagem a ser passada para todos… E a mensagem desta vez ficou mais clara do que nunca: Homem, mulher, alto, baixo monstro, super-herói, velho ou novo, entrar no mesmo ringue que eu ou Tank significa entrar em um caminho de dor e destruição sem volta. Eu não ligo para qual é o seu cargo nesta empresa ou o que pensa sobre a minha ideologia, pois no fim de tudo a dor prevalecerá e a sua mente será aberta para um mundo novo!

    Tank é como um peão em um jogo de Xadrez. Ele era fraco e limitado, Mas depois de passar o tabuleiro inteiro, ele chegou ao outro lado e agora poderá se transformar em uma peça mais poderosa, pois seguirá o caminho da dor… A não ser que ele falhe em algum ponto e acabe sendo aniquilado por uma peça inimiga no mesmo momento que ele chegar no fim do tabuleiro… Estas dúvidas serão sanadas em um futuro próximo, mas até lá peço para que todos tomem cuidado nos backstages… Nunca se sabe quando a dor irá bater em sua porta. Até mais.

  3. Esse é o último show antes do Royal Rumble, os momentos finais de uma feud que já vem durante várias semanas, uma rivalidade que mostrou a minha superioridade em intelecto, habilidade e estratégia bem melhor que Christian, sim eu acredito que todos tenham percebido isso, mas não é que finalmente ele ganhou alguma coisa, sim ele e Gabriel Hardy conseguiram ganhar de mim e do Perfecto, e a surpresa que o lutador que mais se destacou foi o próprio Gabriel, que tinha em mim como sua kriptonita, mas deixemos isso de lado, Christian ganhou fazendo pinfall no Perfecto, inclusive o meu rival já estava totalmente desmaiado.

    Mesmo com a vitória não impressionou a todos, muito menos a mim, esperava mais dele nessa parte final, mas tomarei cuidado com os truques sujos dele, não posso vacilar como ele fez com Perfecto, então o Royal Rumble será um novo caminho para mim, finalmente atingirei o topo, a minha mudança, com o fim da British Airlines, me tirou do ostracismo ao topo da montanha dentro daqui da UWF em um tempo razoável tendo em vista o que aconteceu nos últimos meses dentro da companhia, mas o público não aceita mudanças e acha que perdeu o verdadeiro o Valugi, o velho bonzinho, mas esse atual também é parte de mim, e é a parte vencedora, que mesmo sendo odiado, conquistava títulos, que mostrava as dimensões de minhas habilidades, pode ter certeza esse é um dos melhores Valugi que já existiu e calarei toda a arena quando levantar o título, provarei a tudo e a todos que tenho que ser respeitado independente da idade e pode ter certeza farei de tudo para isso, então Christian, no seu primeiro erro nessa luta vai pagar caro.

    Para finalizar o quanto é ridículo que a cada dia mais “crianças” entrem na UWF, achando que vivem um conto de fadas, o problema que são marmanjos que fazem isso, dentro dessa empresa todo sonho vira pesadelo e o de vocês S.H.I.P pode está bem próximos, heróis não existem, só servem para as criancinha acreditarem em mentiras, somente para isso.

  4. Andréas Saint

    A S.H.I.T é meu destino. Aquele caréquinha chamado Lotter fala que saiu do caixão mas nunca vejo ele em ação.Um conselho de amigo Lotter volte de volta ao seu caixão.

    Quanto ao Cold eu não vou me vingar por que vingança é para caras “Maus” mas se eu encontrar ele aí sim ele enfrentará o Golden Boy.

    Quanto aos dois que eu citei Não vou com a cara por que um é Um Morto e o Outro é um azarado e tenho medo de pegar o Azar.

    • Cada dia mais essa empresa me impressiona mais, um nerd em uma lan house hackeia o sistema da maior empresa de wreslting do mundo? No que se tornou isso aqui? Cadê as lendas que vagavam pelos backstages? Cadê as pessoas a serem temidas? Eu não vejo mais isso, a empresa está regredindo, e vai ficar fácil pra mim dominar isso aqui se não melhorar, espero que os “novos talentos” sejam bons, porque se não, feche as portas de uma vez.

      Semana após semana eu venho falar da hipocrisia do público e hoje não vai ser diferente, eles acham que por vaiarem quem eles não gostam, irão ter tudo o que querem, irão mudar o mundo com um simples “BOOOOO”, mas não é bem assim, as vaias são só sons durante a luta, muitas vezes agradável, quando se consegue o que quer, que é irrita-los, muitas vezes se torna chato por causa da burrice e da insistência deles, mas só tenho uma ultima coisa a dizer sobre isso, vocês vaiando ou não, não faz diferença, só compareçam, me vejam lutar, e paguem meu salário.

      No inicio da minha carreira ninguém acreditou em mim, alguns exemplos são: kaiser, Murphy, sim, MURPHY, o cara que participou nada mais nada menos que do “medida certa” da UWF porque estava gordo e não conseguia lutar, Felix, sim, Felix, meu velho amigo, esses foram só alguns.
      A história se repete no Royal Rumble, ninguém liga para o morto-vivo Lotter, ele é um figurante talvez? Alguém que quer voltar mas não vai ter ânimo e começar do zero? Errado! Eu sou o cara que vai calar a boca de vocês, pela segunda vez.

      Muitos falam que o Royal Rumble é uma luta de sorte, mas está errado, ganha o mais oportunista, o cara mais estrategista, o cara que sabe a hora de atacar, e de defender, não sair batendo em tudo e em todos que nem um louco, uma hora as pessoas vão se encarnar em você. O negócio é ser amigo das pessoas dentro daquele ringue, e traí-los, elimina-los pelas costas, se não entrar naquele ringue pensando desse jeito, não vai ter nem chance de ganhar.

      Então, se meus fãs estão ansiosos para a minha reestreia em ringue, hoje a noite, aliás, vaiem, vaiem a vontade, vou ter prazer de ouvir.

  5. Abdul Jaba

    Eu poderia ficar na zona de conforto, observar homens se matando pelo pote de ouro, poderia ficar quieto e deixar a poeira abaixar, seria igual aos outros covardes que vivem rastejando em busca de sobrevivência; este não sou EU!

    Lozzer disse o que EU queria ouvir, mas não contentou minha alma sedenta por vingança.

    Sanders o motivo da minha inquietação. Graças a ele não pude desossar o Mastodonte, além do mesmo sair como um fantasma no meio da penumbra. Quero aquele maldito morto, já que o Nagata foi incompetente para realizar esta, digamos, que proeza.
    Depois de ontem, bebi meia garrafa de Jack Daniels, para trazer um pouco de desconforto para meu corpo, já que socos, chutes, cadeiradas e choque elétrico não me trazem mais prazer. Quero ir além do óbvio, fazer aquilo que os fãs não imaginam, nenhum ser adentra minha mente e conhece meus delírios. Wrestlemania, Main Event, já era fica para 2016, porém participar do show, isso é muito possível. No maior de todos os palcos matar meus desafetos e finalmente poder me desapegar de seres ultrapassados e blasfemadores.

    Acham que me arrependo do que fiz? Sanders vai se arrepender do que fiz para com ele, isso é fato e será consumado no Domingo. Quanto ao Nagata, em breve seremos nós dois dentro do meu Parque de Diversões em busca apenas de sobrevivência! Monstros, anjos, ceifadores, discípulos, guias, heróis, demônios, vaidosos nada disso resumirá o que estar por vir; enquanto existir oxigênio circulando meu corpo serei tua sombra Nagata. No dia em que lhe derrotar, mano a mano, teu legado terá se encerrado e o EXTREMO viverá na UWF através da minha pessoa.

    Meus pássaros cantaram uma linda melodia hoje de manhã, simbolizaram o que minha alma gritava após a decisão de Lozzer: VINGANÇA. Nolan, Sanders, Lozzer e Nagata. Todos pendurados de cabeça para baixo com suas cabeças decapitadas; oh doce insanidade! Seja bem vinda e traga alívio para a monotonia e dor aos meus adversários.
    Estrondo Real sem um rei, não é estrondo é apenas um picadeiro repleto de palhaços, porém King Armstrong se fará presente no espírito daqueles que anseiam por algo maior do que: a extinção da Anti-Gravity, a ascensão do demônio e o título do ceifador. Querem o exorcismo de um fantasma em preto e branco, a morte de um mastodonte e a soberania do Mostro Extremo. O frio e a chuva, são o ambiente deste momento, porém no Domingo, o sol da majestade irá brilhar e o Monstro Extremo irá caminhar com liberdade no Royal Rumble Match!

    King Immortal Armstrong – The Best Extreme Champion

  6. Três lutas, três vitorias, três corpos largados no chão sofrendo de dor. E a minha próxima luta já está marcada… Royal rumble, huh? Uma passagem para o main event do show principal da federação? Wow, isso seria incrível… Se eu realmente estivesse interessado em algum tipo de glória, título ou prestigio. Até agora só tive lutas contra a parte mais baixa da federação, apenas o fato de participar do Rumble já é um prêmio…E um castigo para todos os outros wreslers.

    O royal rumble me apresenta uma oportunidade única de semear a dor… Tantas pessoas, tanto sangue que pode ser derramado, tantos corpos para dilacerar… Mas principalmente, a dor psicológica de todos os eliminados do rumble. O fim de um sonho, a oportunidade de ser uma das estrelas principais escorregando pelas suas mãos e a frustração consigo mesmo pela falta de habilidade para vencer a luta. Tudo isso pode enlouquecer uma pessoa que vê no rumble a sua última chance.

    Um parque de sofrimento privado que pretendo transformar na representação mais perfeita do inferno. E por falar nesse sombrio lugar, me recordo que a primeira coisa que deixaram bem claro por aqui foi: “A UWF é um inferno na terra”, mas até agora não vi nada deste gênero. Tudo que se passa aqui é brincadeira de criança perto das atrocidade que ocorrem na luta de rua… Esta fama de “inferno na terra” não condiz com a realidade, porém isso irá mudar. Não estou querendo falar que irei mudar a empresa, pois isso todos os wrestlers presentes na federação já falaram ao menos uma vez na vida, meu objetivo é mais direto; Pretendo mudar os lutadores. Começando por Tank, que está no processo para se transformar em um lutador imparável. Em breve o guerrilheiro estará pronto para espalhar a ideologia da dor, gerando assim uma reação em cadeia que logo irá atingir a todos, inclusive a UWF que finalmente irá fazer jus a sua fama.

    Acreditar ou não em minha filosofia é escolha sua, mas não é simples assim. Você não escolhe se fará parte ou não, suas ações irão definir isso. O próprio Tank não acreditava as minhas palavras, porém eu abri seus olhos, mostrei para ele a verdade sobre a dor! Eu o salvei desta vida de incertezas, mostrando um caminho para se seguir! E você pode ser o próximo! Mas a pergunta que fica é a seguinte: Será o próximo a ser salvo, ou o próximo a ser destruído?

  7. Oito de Fevereiro de 2015, 30 guerreiros entrarão em uma dança no grande salão da UWF, o que melhor dançar ganha a chance de sua vida, o de ser main event da Wrestlemania 3, o palco dos sonhos, o epicentro do entretenimento, o estrelato que todos os presentes almejam capturar e dar tudo o que têm para o fazer, apenas um terá a chance de subir esse escadote e atingir a glória. Mas é nesse ponto que este ano a história da UWF irá mudar, subir o escadote, 29 wrestlers irão tentar subir esse escadote que os encherá de sonhos e ambições, mas apenas um conseguirá voar para o sucesso.

    Esse alguém é o vosso querido e adorado super-herói residente, mais veloz que um jato, mais forte que um trem, capaz de mover montanhas com o pensamento e de abrir o mar com apenas um sopro, The Hurricane!

    Royal Rumble será aquele momento que alianças não contam para nada, será cada um por si, mas The Hurricane não estará sozinho, pois todos os Hurrimaniacs estarão com ele, todos os membros da The S.H.I.T. levantarão os punhos para o céu, apontando a chegada do herói irresistível, o pináculo do entretenimento, que entrará como um furacão naquele ringue e soprará 29 outros wrestlers por cima das cordas e em seguida levantar voo rumo á Wrestlemania.

    Este Raw is War foi o perfeito exemplo do que irá acontecer naquele combate, a minha excepcional vitória sobre Andreas Saint e Cold ficará nos livros de records da UWF para toda a eternidade e completando uma semana de vitórias com a conquista da Royal Rumble.

    – Você não venceu, nós vencemos juntos – disse D-Reigns aspirando pelas narinas como um dragão em fúria.

    Isso, nossa vitória… continue acreditando nisso… enfim, estava dizendo que esta semana ficará completa com a grande vitória de The Hurricane no Royal Rumble, carimbando passagem para a Wrestlemania. Depois da derrota Andreas Saints disse que quer provar o seu valor e entrar para a The S.H.I.T. esta brava atitude do nosso amigo douradinho é outra prova que o vosso super herói é o candidato perfeito para vencer a Rumble, pois consegue convencer criminosos malvados a vestir a camisa da justiça e enveredar pelo caminho certo da força.

    Marquem este dia, oito de Fevereiro de 2015, este será o dia que o justiceiro da UWF irá triunfar e colocar a UWF no caminho certo.

    ~flies away~

    • Abdul Jaba

      Senhor herói, o sonho termina quando o Monstro Real adentrar o show. O picadeiro ficará repleto de sangue, e não será o de King Armstrong, mas de cada adversário que receberá a brutalidade irlandesa. Ótima sequencia de vitórias, mas não serás o último sobrevivente naquele ringue; ti garanto isso nobre cidadão UWF. Você tem a S.H.I.T. como respaldo, bom para você, mas eu tenho a INSANIDADE que supera todo vosso heroísmo.

      King Immortal Armstrong – The Best Extreme Champion

      • Agora que fala nisso abriu uma vaga na S.H.I.T. para alguém dominante, monstruoso, que não tem remorsos em derramar o sangue do seu oponente, se estiver interessado mande sua candidatura para a nossa cede que a nossa secretária, aquela que tem os peitos grandes, irá avaliar o seu curriculum.

  8. Cada dia mais essa empresa me impressiona mais, um nerd em uma lan house hackeia o sistema da maior empresa de wreslting do mundo? No que se tornou isso aqui? Cadê as lendas que vagavam pelos backstages? Cadê as pessoas a serem temidas? Eu não vejo mais isso, a empresa está regredindo, e vai ficar fácil pra mim dominar isso aqui se não melhorar, espero que os “novos talentos” sejam bons, porque se não, feche as portas de uma vez.

    Semana após semana eu venho falar da hipocrisia do público e hoje não vai ser diferente, eles acham que por vaiarem quem eles não gostam, irão ter tudo o que querem, irão mudar o mundo com um simples “BOOOOO”, mas não é bem assim, as vaias são só sons durante a luta, muitas vezes agradável, quando se consegue o que quer, que é irrita-los, muitas vezes se torna chato por causa da burrice e da insistência deles, mas só tenho uma ultima coisa a dizer sobre isso, vocês vaiando ou não, não faz diferença, só compareçam, me vejam lutar, e paguem meu salário.

    No inicio da minha carreira ninguém acreditou em mim, alguns exemplos são: kaiser, Murphy, sim, MURPHY, o cara que participou nada mais nada menos que do “medida certa” da UWF porque estava gordo e não conseguia lutar, Felix, sim, Felix, meu velho amigo, esses foram só alguns.
    A história se repete no Royal Rumble, ninguém liga para o morto-vivo Lotter, ele é um figurante talvez? Alguém que quer voltar mas não vai ter ânimo e começar do zero? Errado! Eu sou o cara que vai calar a boca de vocês, pela segunda vez.

    Muitos falam que o Royal Rumble é uma luta de sorte, mas está errado, ganha o mais oportunista, o cara mais estrategista, o cara que sabe a hora de atacar, e de defender, não sair batendo em tudo e em todos que nem um louco, uma hora as pessoas vão se encarnar em você. O negócio é ser amigo das pessoas dentro daquele ringue, e traí-los, elimina-los pelas costas, se não entrar naquele ringue pensando desse jeito, não vai ter nem chance de ganhar.

    Então, se meus fãs estão ansiosos para a minha reestreia em ringue, hoje a noite, aliás, vaiem, vaiem a vontade, vou ter prazer de ouvir.

  9. Uma vez eu disse que a “rivalidade” entre os Daredevils e os Anti-Gravity era um filler, então, talvez eu estava errado. Não um filler, foi um semi-filler, um semi-filler porque de fato a noa rivalidade foi um filler, mas o massacre que os Daredevils fizeram foi canônico. Mostramos mais uma vez que os Daredevils podem fazer o que quiser, e ainda assim eles serão amados por todos, isso é poder os Gritos e gargarejos! E se eu estiver errado, não importa! Porque eu deveria agradar eles? Pelo dinheiro? Nós tenhos todo o dinheiro do mundo! Nós somos os reis, cara! Nós conduzimos conduzo o submundo, cara! Nós decidimos quem faz o quê e onde faz, por que nós agiríamos como umas garotinhas por aí, só pelo dinheiro de alguém? Nós fazemos o dinheiro, cara! Nós fazemos rodar as moedas! O jogo é nosso! Nós damos as cartas.

    E provar que o jogo é nosso, nós fizemos aquilo que nos fizemos! E nós vamos fazer de novo se nós quisermos! E no Royal Rumble vamos fazer aquilo de novo, e desta vez eu vou deixar o Bakemono se soltar e eu também não vou mais me segurar! No Royal Rumble, haverá dois assassinatos. Adeus Anti-Gravity, adeus.

    • Crazy Dragon… Quem te conhece sabe que você não bate muito bem da cabeça. Mas apesar de ter “Crazy” no nome, você aparenta ter mais consciência do que seu parceiro gordo, pois impediu a morte de meu parceiro. Mas por que estou dizendo isso? Não é para te agradecer, longe disso. Apenas quero dizer que você cometeu o maior vacilo de sua vida. Era melhor ter matado Tomyer e a mim, pois agora, a Anti-Gravity está sedenta por sangue e só vai descansar depois que os Daredevils estiverem mortos. A nossa luta estava se encaminhando apenas para uma luta por títulos, mas agora se tornou pessoal. Diga o que quiser, fale que o público ame você, fale de seus fillers estúpidos, não vai importar! Nós pensamos agora só em bater vocês o máximo que pudermos. No Royal Rumble, iremos retribuir o que vocês fizeram com a gente nesses dois últimos show e como recompensa, nós ganharemos o Tag Team Championship. Não há escapatória, não há como correr. Os dois estão em minha mira e serão devidamente acertados! No fim, dois corpos estarão estirados, mais conhecidos como Daredevils, enquanto dois homens estarão triunfantes comemorando com o ouro em suas mãos, mais conhecidos como Anti-Gavity.

      O tempo está passando e o Royal Rumble se aproximando. Com isso, nossa conquista está cada vez mais iminente e com ela, vem o fim de vocês dois. Você falou certo, dois assassinatos ocorrerão: PD matará Dragon e Tomyer matará Bigelow, ou vice-versa. No fim, o que realmente importa, é que os únicos dois de pés serão a Anti-Gravity pronta para dominar a UWF! Você pode não querer e nem gostar, mas vai ter que aceitar que eu e Tomyer iremos destruir vocês. É apenas questão de tempo. E o tempo passa rápido. A Anti-Gravity está vindo.

      The Next Tag Team Champion
      PD Lopes

  10. Andréas Saint

    O Royal Rumble não é Superioridade é uma Oportunidade que só se consegue uma vez por ano.
    E por isso o ganhador ganha respeito de muitos e ódio de outros.

    Esse mundo foi feito para Nascer,Viver e Morrer e nessa longa vida você consegue Poucas Oportunidades.

    Está na hora de mostrar tudo que tenho na minha manga entrar lá e vencer os 29 superstars.Além do mais isso não é Impossivel.

    Todos podem ganhar mas só tem uma Grande Chance admito que não sou eu mas Ganhar o Rumble é meu objetivo.

  11. Leonardo Felix

    Eu nem me lembrava que esse cidadão fazia parte da empresa. Mas ao ver ele na minha frente,acabei pensando um pouco e tive uns lampejos na memória…Esse é o coitado que,quando entrou na empresa,foi mais um a querer me provocar,falando infinitamente que derrotaria a mim,me chamando pra lutar e tentando me levar pro jogo dele. Claro que não funcionou.

    O rapaz sumiu,se tornou mais um a entrar naquela listinha de idiotas que só sabem falar…Só que,depois de um período,conseguiu aquela luta que era seu sonho de infância. Ela acabou da forma que eu esperava,e ao WS Morrison foi o completo fim de sua carreira. 20 segundos. Essa foi a duração,sendo que a luta acabou com Morrison dando tap-out. É ridículo que esse tipo de gente tenha um emprego de lutador aqui.

    Após o término da luta (que não serviu nem para que eu suasse),tivemos mais um belíssimo stand-up comedy do “nosso campeão” Ultimate. Inventar um braço quebrado foi o melhor que conseguiu fazer? Sério mesmo? Que papelão. Acho que era impossível acreditar nessa história,mesmo que eu quisesse. Você é um péssimo ator. Apenas fingi aquilo e atendi as suas exigências só porque era mais divertido dessa forma. Queria ver até que ponto sua cara de pau iria. Bom,o Lozzer não deixou com que ela fosse muito longe,não é mesmo?

    As suas táticas para manter o WH Championship consigo por mais tempo são sensacionais,mesmo que não funcionem. Tenho que te dar o mérito por isso. Mas,sinto te informar que a brincadeira acabou. Agora não tem mais para onde fugir e nem se esconder. O Royal Rumble será o seu fim. Seu momento no topo já está fazendo hora extra. É a minha vez. Eu entrarei pra história. Serei o primeiro wrestler a atingir a marca de Grand Slam Champion. E farei o melhor reinado que qualquer um já viu. Farei com que esse título seja reconhecido da forma que ele deveria.

  12. Ah, que irreverente. Quando todos os planos parecem correr bem, da forma mais esperada, os dois gigantes decidem atrapalhar mesmo que seus futuros estejam em jogo, além do mais, atribuindo a vitória para Sanders da mesma maneira. Como pode isso? Até mesmo minha insanidade não consegue definir o que existe entre linhas nestas atitudes dos dois gigantes. Mesmo assim, quem sou eu para reclamar? Quem sou eu para reclamar das atitudes das outras pessoas sendo que por muito tempo segui o caminho do ódio? Portanto, ambos os gigantes estarão perdoados durante essa semana. Terão um lugarzinho especial em meu coração de modo que não farei nenhum mal a ambos dentro de um tempo estipulado em minha plena cabecinha, ok?

    Lozzer, Lozzer, Lozzer. É incrível como você consegue ser uma pessoa tão hipócrita e sem pleno conhecimento dos backstages dessa empresa. De qualquer maneira, Sanders não fará sequer questão de explicar-lhe e o deixará nulo quanto a isto. É merecido já que ainda parece prejudicar-me diante de tudo que fiz por ti e a quem acompanha fielmente a UWF. Ainda não se lembra? Ok, não o farei lembrar e sequer me darei ao trabalho disto amigo. Apenas deixarei em aberto as chances de talvez, mínimas, Stu lhe fazer lembrar isso com golpes em tua cabeça.

    Já a tu Nolan, sequer me darei ao trabalho. Tu és tão fraco que apenas ficará marcado no rastro da minha Machine.

    E por hoje é só, sei que minha carreira não está em perigo quando enfrento Dean Nolan. Um desafio maior que este era de se esperado, mas se é assim, aceitarei a oferenda de bom grado. Mais um Road to Wrestlemania se inicia e pela terceira vez seguida, estarei aqui pronto e esperando lentamente e acreditado de que a vitória é em todas ocasiões: Minha!

    LONG LIVE TO THE KING!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: