UWF RAW is WAR (29/01/15) >> Supremacia Lozzeriana

QMOjFcJ》Preview: Esse é o Raw Is War, e no show de hoje teremos grandes emoções com o desenrolar das rivalidades atuais. E também, já temos confirmados alguns combates: Scott Bigelow vs. Tomyer, Félix vs. Tank. Saiba mais sobre o que irá acontecer acompanhando a cobertura:

As pirotecnias explodem como de costume, as câmera percorre todo o Credit Union Centre, estamos em Saskatoon, no Canadá! o público está enlouquecido!

 .

Toca “Rebel Son” e Gustavo Lozzer vem ao ringue. Ele está com um colar cervical. Enquanto ele caminha os comentaristas fazem as introduções.

Kevin Slayers: Raw! Is! War!! sejam bem-vindos a mais uma transmissão da melhor companhia de Pro-Wrestling do Universo, e logo de cara temos nosso boss, Gustavo Lozzer vindo ao ringue. Ao meu lado tenho o meu companheiro: Mike Tenay!

 Mike Tenay: Olá Slayers, olá telespectadores e internautas! O show de hoje promete, no último episódio do WAR, Sanders atropelou, literalmente o Chairman da UWF. E ele provávelmente irá falar sobre isso agora. Vamos para o ringue.

.

Lozzer: Eu poderia subir nesse ringue com um belo sorriso no rosto, dar boas vindas para vocês e começar o show normalmente. Mas eu não posso fazer nada disso, pois estou irritado. Irritado com a insolência de alguém que pensa que pode simplesmente chegar com um caminhão e atropelar as pessoas. Estou irritado com alguém que pensa ser o que a UWF precisa. SANDERS! Se você realmente fosse o que precisamos, não viveria sumindo e voltando toda hora! Mas agora, eu irei fazer você sumir de vez, acabar com as suas palhaçadas e mostrar a você quem é que manda aqui! Você…

[Sanders surge no telão, ele está em um sala escura iluminando seu rosto com uma lanterna.]

Sanders: Lozzer… de que adianta toda essa raiva? Como eu lhe disse: você quem marcou a luta, você quem devia aguentar as consequências. Quando você e Nolan me impediram de realizar o Cash-In, também me impediram de dar uma lição para toda a UWF, ensinar àqueles brutamontes que MENTES PODEROSAS sobrepõe barrigas gigantes.

E se alguém tem que estar irritado aqui, esse sou eu! Mas não. Meus pensamentos vão além. Eu não gosto de basear minha ações em sentimentos inúteis, é como ficar correndo atrás do próprio rabo. Por isso eu sou superior a você, e a qualquer um aqui dentro.

Vou ficar aqui, em cima da minha árvore, vendo você latir até cansar e se matar tentando subir até onde estou, e não….

[As luzes da sala se acendem, DEAN NOLAN AS ACENDEU!! Ele enrola uma corda no pescoço de Sanders e começa a enforcá-lo, jogando-o de um lado para o outro na sala fazendo com que o corpo de Sanders derrube e quebre alguns objetos na sala. Com um Sanders quase desacordado Nolan aproveita e… ALL HAIL NOLAN EM UMA MESA DE CENTRO!!! ele cospe em Sanders dizendo: “Eu posso subir até você…” enquanto na arena, Lozzer bate palmas e sorri ao som de sua theme song.

.

Kevin Slayers: Foi-se o tempo em que Sanders podia fazer suas bizarrices sem que ninguém se atrevesse a atravessar seu caminho, Dean Nolan mostra que não tem medo do Death Machine.

Mike Tenay: Não que isso seja bom, o medo as vezes nos protege de certos perigos, e se tem uma palavra que define bem Stuat Sanders, essa palavra é perigo.

 Kevin Slayer: POÉTICO! Então já que estamos falando de loucos, agora o transtornado Perfecto Aries enfrenta por pedido próprio o novato Tyler Breeze.

 Mike Tenay: Perfecto já foi mais ambicioso.

 .

Toca “Born of a Broken Man” e Perfecto Aries vem fazendo seu caminho ao ringue sobre vaias ensurdecedoras. Ele tem o microfone em mãos e toma a palavra.

Perfecto: Talvez eu deva explicações sobre meu comportamento na semana passada e ainda mais explicações sobre querer uma luta contra Tyler Breeze, ou talvez eu não deva nada a ninguém. Eu fiz o que fiz por que quis, e a quem não gostou eu só posso lamentar, e no show de hoje eu apenas quero lhes dar uma demonstração do que um veterano como eu pode fazer a um novato, considerem uma prévia do que acontecerá com Gabriel Hardy.

Então toca “#MMMGORGEOUS” e Tyler Breeze faz seu caminho com seu smartphone em mãos projetando sua imagem no telão, a reação do público é quase zero.

 .

Match #1: Singles Match – Perfecto Aries vs Tyler Breeze.

Para surpresa de Perfecto, Breeze deu trabalho ao começo do combate, apesar de estar mais preocupado com sua aparência do que com o combate, aos 8 minutos Breeze tenta um “Beauty Shot” mas Perfecto se abaixa, Perfecto revida com um “Superkick” e em seguida vai ao topo para finalizar com um “450º Splash”.

Vencedor: Perfecto Aries

 .

Gabriel Hardy aparece na rampa e Perfecto o desafia a entrar no ringue, Hardy se sente tentado mas não faz e grita algo como “EU NÃO SOU VOCÊ, NOS RESOLVEREMOS NO ROYAL RUMBLE”, vira as costas e sai.

.

Kevin Slayers: Perfecto manda recado batendo em crianças enquanto Hardy adota uma postura madura, de quem quer resolver com hora e local marcados, é uma questão de não ter pressa.

Mike Tenay: Veja pelo lado bom, pelo menos o penteado do jovem Breeze continua intacto.

Kevin Slayers: Voltemos ao wrestling, pois Devin Taylor está com Valugi Barros que enfrenta o UWF Extreme Champion King Armstrong hoje no Main Event.

Mike Tenay: Taylor linda como sempre.

.

Devin Taylor: Obrigado Tenay, eu acho.. Isso mesmo Slayers, estou com o #1 contender ao UWF Championship Valugi Barros. Valugi, o que tem a dizer sobre seu combate contra King Amstrong hoje?

Valugi: O que há para ser dito? Armstrong não passa de uma farsa, os verdadeiros monstros não se mostram pelo seu exterior, uma aparência horripilante, posso tomar como exemplo a mim mesmo, um monstro de verdade, um alguém que sabe brincar com o psicológico, que sabe fazer com que as pessoas o temam mesmo tendo uma aparência amigável. O ceifador que há em mim não precisa assustar para obter qualquer tipo de vantagem, eu simplesmente preciso estar lá, com um olhar penetrante em direção ao meu oponente, para que assim ele saiba que não pode me vencer, e é isso que aguarda o Extreme Champion no Main Event deste Raw is War.

Devin Taylor: Certo. Recebo informações que Christian deverá estar nos comentários de seu combate, acha que isso influenciará em algo?

Valugi: Eu já disse, Christian está mais preocupado em presentear criancinhas do que defender seu cinturão, não me surpreenderia se ao invés de comentar o combate ele começasse a bancar a babá das crianças do público. Mas caso ele resolva se meter, o ceifador sempre estará de braços abertos para acolher mais almas perdidas..

Valugi se retira com um sorriso irônico.

Devin Taylor: É isso, Slayers, Tenay, é com vocês.

.

Kevin Slayers: Pois bem, este é Valugi, um homem que mete medo mesmo aparentando ser um bom velhinho.

 Mike Tenay: Na verdade isso é relativo Slayers, eu tenho certa fobia de maracujás e ele com certeza me lembra um.

 Kevin Slayers: Eu me esforço pra não dizer e você joga tudo na cara, pois bem. Falando em criaturas estranhas, Andreas Saint ainda não se encontrou dentro da UWF, mas oportunidades não lhe faltam, a seguir ele enfrenta o nosso bondoso herói Hurricane.

 Mike Tenay: Está claro que o ponto principal será D-Reigns, nosso mito.

 .

Ao som de “Gold-Lust” Andréas Saint vem ao ringue. Para algumas vaias de um pUblico que estava quase que “nem aí”.

Em seguida “Eye of the Hurricane” toca, e a S.H.I.T vem ao ringue, Para uma boa reação do público.

 .
Match #2 – Singles Match : Andréas Saint vs. The Hurricane (W/ D-Reigns)

A luta durou em torno de 7 minutos. No final, Andréas Saint jogou Hurricane para fora do ringue. Bruno Cold aparece pulando as barricadas e vai pra cima de Hurricane, mas D-Reigns empurra o parceiro e recebe um forte Elbow, cambaleando pra trás, Andreas Saint pergunta a Cold o que ele está fazendo, mas antes que ele possa responder D-Reigns volta a si e aplica um “Superman Punch” em Cold. Hurricane adentra ao outro lado do ringue e aproveitando a distração de Saint HURRIKICK!!!! SAINT ESTÁ VENDO ESTRELAS DOURADAS!! EYE OF THE HURRICANE!!! 1… 2… 3… !!

Vencedor: Hurricane

.
Após a luta, Hurricane comemora e ajuda D-Reigns a subir no ringue, Hurricane pega o microfone e diz: “Finalmente você está formado”, D-Reigns claramente emocionado abraça Hurricane e os dois voltam a comemorar.

.

Kevin Slayers: Mais um vitória de Hurricane, e com uma ajuda verdadeiramente heróica de D-Reigns, o garoto finalmente vira homem, parece que finalmente ele se achou dentro da empresa. ONDE ESSA CARA VAI PARAR, TENAY?

Mike Tenay: Onde o D-Reigns vai parar eu não sei, mas o pobre Saint e o azarado Cold sem dúvidas vão precisar de um psicólogo, apanhar de dois caras que usam cuecas por cima da calça deve ser humilhante.

Kevin Slayers: E já que quase tivemos uma ação em duplas agora pouco, que tal fazer o contrário, dois homens da Tag Team Diviosion em um Singles Match, depois dos comerciais teremos Scott Bigelow vs. Tomyer! O clima entre as duas equipes está quente mas o clima entre esses dois homens está fervendo!
Vamos para os comerciais e voltamos já!

.
[comerciais]
.
Na volta dos comerciais a transmissão mostra o camarim de Tanaka e Ultimate.
Tanaka está sentado com uma expressão de tédio e uma das mãos apoiada no rosto, ao estilo “O Pensador”.

Ultimate: O Félix vai enfrentar Tank hoje a noite, eu não acredito que o aquele idiota metido a soldado possa dar uma lição nele. Eu quero o Félix sem condições de competir no Royal Rumble, e nós precisamos ir lá e…

Tanaka: me deixe em paz.

Ultimate: mas… o que??

Tanaka: Eu já disse para me deixar em paz!!

Ultimate: que bicho te mor…-Tanaka joga um sapato em Ultimate, que mostrou ótimos refllexos e conseguiu escapar.

Tanaka: Saia daqui! Me deixe em paz!!! SAI P*RRA!

Ultimate sai do camarim resmungando alguma coisa. A imagem volta para a arena.

.

Kevin Slayers: Parece que alguém acordou irritadinho…

Mike Tenay: Vale a pena passar por situações como essa apenas para ser World Champion??

Kevin Slayers: Tenho uma pergunta melhor: vale a pena entrar no ringue com Scott Bigelow para TENTAR ser Tag Team Champion? O cara não perdeu uma em 2014!

Mike Tenay: O fato de estar invicto e de ser grande não o torna invencível, mas que ele vem se tornando aos poucos uma figura perigosa, é uma fato inegável.

Kevin Slayers: sem contar o carinho que não só ele como seu parceiro vêm recebendo do público. Mas vamos para a luta.

 .

“Flesh It Out” ecoa na arena, Anti-Gravity is here! A torcida vaia e grita “You Suck!”. Tomyer estará em ação.

 .

Eles caminham para o ringue mas os Daredevils entram pela stage e atacam os Anti-Gravity com cadeiradas. Bigelow arrasta Tomyer pelos cabelos enquanto Dragon continua atacando PD com pisões e cadeiradas. Bigelow leva Tomyer até a mesa dos comentaristas e bate com a cabeça do mesmo várias vezes na mesa, ele o coloca em cima da mesa, pega outra cadeira e desfere vários Chairshots. Enquanto isso, Dragon rola PD para o ringue, pega impulso nas cordas e… BOMA YEEEEE!! Goodnight for PD – o público vibra, porém algumas pessoas vaiam a atitude dos Daredevils. Bigelow continua massacrando Tomyer com a cadeira, ele sobe na mesa, agarra Tomyer e… BAAAAAAAM!! TOMYER IS DEAD! Os oficias correm para checar se Tomyer está bem, mas Bigelow acerta um Clothesline em um deles e manda os outros irem embora -algumas crianças estão em choque. Bigelow puxa Tomyer pelos cabelos, enquanto Crazy Dragon apenas observa, PD já está no seu décimo sono. Bigelow coloca Tomyer em cima de uma maca que os oficiais haviam trazido e ele está subindo a rampa empurrando a maca!! Dragon começa a parecer preocupado e desce do ringue. Bigelow chega na stage e… NÃO! ELE NÃO VAI JOGAR TOMYER DE LÁ!! ELE NÃO VAI!! ELE JOGOU!! Bigelow empurrou a maca no vão que havia na lateral do topo da rampa! Foi uma queda de mais de quatro metros, ele fica na beirada… BIGELOW VAI SALTAR!! NÃO! Crazy Dragon chega e começa a discutir com Scott e perguntar se ele está louco, os dois começam a gritar um com outro e Dragon acerta um tapa em Bigelow. O gigante olha furioso para Dragon e o segundo começa a andar para trás dizendo: “calma, grandão. Somos amigos.” Dragon continua andando para trás e tropeça no próprio pé. Bigelow se aproxima com um olhar furioso” Dragon está no chão protegendo o rosto com as mão e gritando: “pare!”. Bigelow respira fundo – o torcida está muda – e estende a mão para Dragon levantar e o mesmo aceita. Bigelow faz um gesto e pede para Dragon subir em suas costas, ele atende o pedido e eles comemoram ao som de “Psycho” -eles recebem um ótimo pop, porém algumas crianças ainda olham assustadas para Bigelow.

.
[Comerciais]

.

Na volta dos comerciais temos Devin Taylor direto dos backstages.

Devin Taylor: Senhoras e Senhores, recebam o UWF Extreme Champion, King Armstrong.

 Armstrong apenas da uma respirada profunda e olha para o cinturão em seu ombro.

 Devin Taylor: Pois bem, você deve ter visto o que Valugi disse sobre o combate de vocês de logo mais, tem algo a comentar a respeito?

 King Armstrong: Na verdade não vi, eu não dou a mínima para aquele velhote. Seja ele #1 Contender ao UWF Championship ou um palhaço de circo, eu realmente não me importo com o que ele fala, mas posso imaginar que tenha algo a ver com aquela babaquice de “Ceifador”. Ceifador de c* é rol*. Eu já ouvi coisas ridículas, mas isso fere meus ouvidos. A única coisa que me interessa sobre Valugi é nosso combate de logo mais, onde eu mostrarei que pode ser o desafiante ao UWF Championship, um herói de meia tigela, ou um gordo ridículo que se acha o máximo e se auto proclama o Mastodonte demoníaco, derrubarei todos, um por um até que não reste mais ninguém..

 Nagata surge as costas de Taylor que se retira com certo medo.

 Yuki Nagata: Você fala demais Armstrong, e faz de menos, quero ver se é tão bom quanto fala, derrote o velho e depois conversaremos.

  King Armstrong: Isso é uma ameaça?

 Yuki Nagata: Se eu fosse você rezaria para ser somente isso.

.

 Kevin Slayers: Eu me pergunto porque todo mundo nesta empresa faz um ar de sombrio ou de destruidor?! Quero mais Hurricanes, mais Christians, mais Hardys, o que há com essa geração?

 Mike Tenay: Ninguém quer pagar pra ver homens apertando as mãos antes dos combates, o público quer sangue, esses tais que você citou estão aí pra quebrar o gelo de vez em quando, e alguns obtém sucesso como Christian, já outros…

 Kevin Slayers: Bom, quem somos nós para julgarmos não? E agora temos um embate de aspirantes a promessas, não direi promessas ainda porque é muito cedo, mas logo logo poderei dizer, CaíqueSH enfrenta o marrento Joe.

 Mike Tenay: É bom mesmo não usar o termo promessa, faziam isso com Nolan e olha aí o que virou…

 .

Toca “Day of Rage” e Joe surge pela rampa, de cara fechada ele não parece se importar com as poucas vaias. São mostradas mensagens no twitter trocadas entre Joe e Tank, onde os dois mostraram certa rixa. Em seguida toca “Slay Me” e CaiqueSH surge desta vez com uma pintura facial mais tímida, apenas pegando a parte dos olhos, o público tem boa reação, e vamos para a ação.

.

 Match #3: Singles Match: Joe vs. Caique SH

 A luta durou 10 minutos, o fim Caique lutava para travar um “Scorpion Death Lock” mas Joe o empurra nas cordas com um impulso de perna e na volta conecta um rápido “F5” seguido do pinfall.

 Vencedor: Joe

 .

Joe comemora timidamente, e assim que o mesmo desce do ringue, Tank aparece do outro lado e adentra ao ringue, Joe observa enquanto Tank levanta Caique e OH MY GOD!! UM “LIFTING DDT” TOTALMENTE BRUTAL!! Tank olha diretamente pra Joe que sussurra alguns insultos.

 .

A imagem corta para a sala de Gustavo Lozzer, ele está lendo alguns papéis até que Nolan entra.

Lozzer: Bom trabalho, Dean. Você deu uma lição naquele idiota. Ninguém aqui cai mais nos truques dele. Quem sabe dessa vez ele some pra sempre. Agora vamos falar de negóc….- As luzes da sala começam a piscar e a risada de Sanders pode ser ouvida como se o mesmo estivesse na sala.

Nolan: Filho da p*ta…

Lozzer: Solta um grito enlouquecido e arremessa um vaso na parede enquanto as luzes piscando e a risada de Sanders continuam.

.

Kevin Slayers: Parece que Sanders é um demônio que não foge da cruz. Isso vai ficando mais sério a cada instante. Atropelamentos, ataques em salas escuras, quanto tempo vai demorar até alguém matar alguém aqui??

Mike Tenay: Sanders já matou Eric Loockwood… Duas vezes.

Kevin Slayers: Tem razão, mas chega de pensar no obituário da UWF, vamos para a próxima luta: Tank enfrenta Félix…

Mike Tenay: e vice-versa – Slayers olha para Tenay com uma expressão de quem está chingando a Sra. Tenay mentalmente.

Kevin Slayers: Tank vem em uma ótima fase, Félix também. Isso será algo muito bom de se ver.

.

Toca “Catatonic” e Tank vem ao ringue, para uma reação boa por parte do público.

Em seguida toca “Enough is Enough” e Leonardo Félix vem ao ringue para um ótimo pop.

 .

Co-Main Event – Singles Match: Tank vs. Leonardo Félix

A luta durou incríveis 15 minutos, Tank se mostrou um desafiante a altura do #1 Contender ao WH Championship. No final, Félix trancou um “Sharpshooter”, porém, Ultimate aparece e acerta um “Nothern Lariat” em Félix. Causando o DQ.

Vencedor via DQ: Leonardo Félix.

.

 Ultimate tente levantar Félix mas… “Drop Toe Hold!!!!” Ultimate rola para fora, Félix vai atrás e eles começam uma briga no meio do público. Eles vão até a parte mais alta da Arena onde há um senhor com pipocas e refrigerantes. Ultimate aproveita e joga um copo de refri no rosto de Félix, ele o agarra em um Suplex Hold, ELE VAI LANÇAR FÉLIX DE LÁ DE CIMA! Porém Félix reverte e… “Front Suplex” na mureta de proteção!!!!! Ultimate tenta se segurar na mureta para não cair na parte mais baixa do estádio, o público sai debaixo e… SUPERKICK BY FÉLIX Ultimate cai da parte alta do estádio em cima de várias cadeiras do público que preferiu não servir de “colchão” para Ultimate.
Tank ainda está tentando se levantar com fortes dores nas costas por conta do golpe de Félix, de repente toca “Day of Rage” e Joe vem correndo para o ringue. Ele entra no ringue e começa a dar vários stomps nas costas de Tank, ele agarra o guerrilheiro e… F5!! Ele coloca Tank nas costas como um caçador que leva sua caça e vai embora pela stage ao som de sua theme song. E Vamos aos comerciais…

 .

[Comerciais]

.

 Kevin Slayers está com a cadeira posta no centro do ringue, ele toma o microfone em mãos.

 Kevin Slayers: Senhoras e senhores, agora via satélite diretamente de sua residência em Montreal, o Former World Heavyweight Champion Crippler Renato Dias.

 Crippler (Via Satélite): Boa noite Slayers, Boa Noite UWF Universe.

 Kevin Slayers: Bom Crippler, recebemos uma triste informação de que você terá de se afastar dos ringues novamente, conte-nos mais sobre isso.

 Crippler: É isso mesmo, infelizmente terei de operar meu joelho e não estarei em condições de lutar, portanto me afastarei da UWF – Slayers tenta tomar a palavra mas Crippler continua – É muito triste pra mim que isso aconteça, já me ausentei algumas vezes e só eu sei quanto isso é ruim, ficar sem o calor deste público, ficar sem a adrenalina de um combate, é tudo que eu mais detesto. Mas é de minha saúde que estamos falando, não vou simplesmente me acabar todo por pura birra, por uma insistência desnecessária, eu esperei tanto para ser World Champion, e no dia que consegui foi algo simplesmente fantástico, eu posso esperar mais, e quando eu voltar será pra marcar novamente e… – Daniel Dias surge na filmagem e se senta no colo do pai, ele vira para Crippler, lhe dá um abraço e diz: Você é meu campeão. O público entoa um sonoro “AWWWWWNSSS”, mas a transmissão começa a chuviscar e ninguém entende mais nada, eis que de repente a câmera corta pra outra casa e uma sombra surge longe e caminha até a câmera… É Chris Lotter. O público desaba em vaias..

 Chris Lotter: Comovente esse tal de Clips, mas agora vamos falar de algo realmente importante… EU. Infelizmente não pude comparecer ao show, meu fusquinha morreu ao sair da garagem, foi então que descobri que a UWF não tem um Disk Limosine, isso é uma vergonha, até quando eu estava “morto” tinha mais mordomias. Pois bem, eu não estarei por aí hoje, mas semana que vem eu com toda certeza estarei. Ah é, e se há um lugar que com certeza me verão é na Royal Rumble Match, porque eu decidi agora: Vou vencer esse troço e ir para a Wrestlemania chutar Ultimate, Christian, ou qualquer outro mané que carregue um World Title até lá. Isso é uma promessa, pra mim mesmo, e se eu não conseguir talvez morra de novo afinal estava em melhores condiçõ… – A transmissão é cortada e o público vaia ensurdecedoramente.

 Slayers retoma seu lugar ao lado de Tenay.

.

 Kevin Slayers (ajeitando os fones): Esse Lotter não presta, não é a toa essa chuva de vaias, sem noção alguma.

 Mike Tenay: Não sei se foi Lozzer ou outro que cortou o barato do nossa Morto-Vivo mas fez bem.

 Kevin Slayers: Com certeza, estávamos nos matando de fofura com Crippler e seu filho em uma cena tão linda que chegou a encher meus olhos de lágrimas, tomara que ele volte logo, é um carisma que faz falta.

 Mike Tenay: Chega Slayers, ta ficando meloso demais, não foi nada demais, o público de derreteria até se uma criança beijasse o Ultimate – Os dois se encaram e soltam uma pequena gargalhada.

 Kevin Slayers: Ai ai, que hilário. Pois bem, chega de palhaçada, é hora de Main Event, é hora da Máquina de Destruição Irlandesa encarar o Ceifador. É hora de Armstrong vs Valugi.

 Mike Tenay: Mas antes para nos acompanhar nos comentários recebam o UWF Champion Christian..

.

Toca “Just Close Your Eyes” e o UWF Champion se encaminha a mesa de comentários sobre uma grande ovação.

 Christian: Boa Noite Slayers, Tenay e a todos os telespectadores, estou louco pra ver Valugi ser surrado, espero que vocês também.

.

Toca “Villain” e Valugi “Angelripper” Barros faz seu caminho ao ringue ao som de vaias, ele ostenta uma face de psicopata e parece não tirar os olhos de Christian.

 Em seguida toca “Down in the Catacombs” e o UWF Extreme Champion King Armstrong aparece para uma grande vibração do público, antes de adentrar ao ringue ele ergue seu cinturão o mostrando para Valugi.

 Vamos ao combate.

.

 Main Event: Singles Match – Valugi “Angelripper” Barros vs. King Armstrong

 Tanto Valugi quanto Armstrong mostravam grande vontade de vencer, Valugi em certos momentos usava de golpes mais sujos mas nada que Amstrong não devolvesse na base da violência. Aos 19 minutos enquanto Armstrong estava no chão Valugi trocou insultos com Christian que ameaçou entrar no ringue, Armstrong surpreende Valugi com um “German Suplex” e se volta contra Christian o mandando sentar no seu lugar, quando volta suas atenções ao combate é pego por um Roll-Up de Valugi que põe os pés na corda sem que o referee veja e consegue a contagem.

 Vencedor: Valugi “Angelripper” Barros.

.

 Christian entra no ringue e tenta pegar Valugi mas ele desce antes, Armstrong chama a atenção de Christian e.. BLAAACK HOOOLE SLAAAM, CHRISTIAN IS OUT. Eis que surge Nagata correndo como um verdadeiro Mastodonte pela rampa, Valugi retira Christian do ringue, o pega nos ombros e vai se retirando enquanto explode uma brawl dentro do ringue, algo que lembrou muito MMA com um clinche bem trancado e cotoveladas e socos rolando dos dois lados. Mas então as luzes começam a piscar e se apagam de repente, é ouvida uma gargalhada conhecida… É STUART SANDERS. O silêncio se estabelece por alguns segundo e quando as luzes se acendem Sanders está com a corda que Nolan usou para enforcá-lo.. em uma ponta amarrada ao pescoço de Nagata e na outra amarrada ao pescoço de Armstrong, ambos derrubados. Dean Nolan e Gustavo Lozzer surgem na rampa, Nolan corre para pegar Sanders, mas as luzes se apagam novamente e quando se acendem não a mais sinal do mesmo, o show se encerra com Lozzer observando chocado da rampa enquanto Nolan faz o mesmo de cima do ringue.

 [FIM DO SHOW/ COBERTURA]

Sobre Sanders

Come to the Darkside, we have cookies.

Publicado em 29/01/2015, em Coberturas e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 43 Comentários.

  1. “Come to the Darkside, we have cookies.” Mas vá ver se toma vergonha nessa cara. “trocentos dias” sumido e quando volta ainda depende de aparecer feito um parasita nas lutas dos outros e ter destaque justamente as custas das barrigas alheias e ainda por cima temos que escutar essas suas frases grotescas de humor. Isso é o que? Merchandise para o pessoal do sanatório? Vai usar de camisetas de presente para a o resto da sua galera que rasga dinheiro e come merda seu retardado? Oh não, espere, vivemos na época do politicamente correto, Sutard Sanders não é retardado, é “especial”…

    Especialmente feito para comer a minha bota quando eu o encontrar no ringue. Quem é que está financiando esse otário? Ou vocês acham mesmo que numa empresa em que todo mundo que morre em cadeia nacional volta a vida, alguém vai acreditar que isso de luzes piscarem e ele aparecer do nada? Sério Lozzer, você fica cada show rosnando para ele feito um indigente pisoteado na 25 de março e ainda permite que sua própria equipe de efeitos especiais dêem ganja para essa múmia?? Ou será que está do lado dele, porque pensa que vai te dar lucro?

    E tu Armstrong, pode me dizer que tipo de podridão tinha na cabeça quando o Valugi se distraíu, você meteu uma merda de um trivial German Suplex ao invés de fazer seu finisher e mandar o senhor quarta e quinta idades direto para um asilo? Mesmo que nem serve para despachar uma caveira que ainda não se tocou que morreu e ainda anda? É isso suposto monstro irlandês? Não é a toa que Inglaterra mandou e desmandou no país de vocês por tantos anos, pois se todos os supostos monstros de segunda mão de lá forem assim é porque não tem homem com “culhão” para resolver as coisas!

    Estou de saco cheio de tudo. É Filhote de cruz credo feito o Armstrong achando que é gente grande…. É ator de filme preto e branco que ninguém lembrava tipo o Stuard se achando importante… E todos agindo como se não lembram que no final tudo o que vai restar é o rugido do Mastodonte ocupando o título de senhor dos monstros que lhe é de direito!

    Mas acabou a educação mesmo. Eu vou descer o cacete geral em todo mundo, a porrada vai cantar bonito no lombo de todos! Não quero mais saber de ter esperança nesse novato da cabeça oca que é o King “de porra nenhuma” Armstrong, que só sabe se virar se tiver lixo no ringue para bater nos outros. Nem quero saber se tem por ai assombrando os corredores um demente completo, alma penada feito o Sanders que já não se tocou que LUGAR DE DESPACHO é tomando porrada do pessoal do CANDOBLÊ!

    Vai de redo seu encosto! E vai sem oferenda, porque a galinha com farofa eu já comi até sobrar apenas osso, e suma antes que eu possa por as mãos no teu pescoço e apertar bem e duvido que queda de luz alguma que seja vá me impedir de segurar até eu ver como você vai comer seus Cookies se não estiver mais respirando.

    Vocês vão conhecer o que resume tudo que já lhes deu medo. O que representa tudo que simplesmente não podem vencer. Morte? Todos nós algum dia vamos conhecer isso, mas o terror e o nível de dor que vão passar antes de deixarem essa plano, não pode ser pior do que o fator Mastodon de crueldade! Estejam todos avisados!

    IT’S TIME… IT’S TIME… IT’S NAGATA TIME!

    • Abdul Jaba

      [Vídeo gravado após o Raw is War. King está de pé, com o cinturão em seu ombro direito e sem máscara. O lugar é uma espécie de galpão empoeirado. Pode-se perceber alguns equipamentos de costura, armários, cadeiras e mesas de madeira repletas de pó. Ele usa uma camisa verde da seleção irlandesa de rúgbi. Ele sorri para câmera e começa a falar, andando de um lado para o outro bem devagar]:

      O que falar sobre o show de hoje, após um período de hiato? Matei saudades do ringue, pude me divertir bastante diante de um ser que conheço de outros carnavais; perdi. Nossa, eu perdi pessoal! Devia estar chorando copiosamente, ouvindo Pablo, tomando cachaça e sem razão para prosseguir minha jornada na UWF, só que não faço aquilo que a lógica mundana induz. De forma alguma. Poderia sim, Nagata, ter acabado com aquele que tu chamas de velhote facilmente, porém não o quis por não ver motivo substancial para uma simples vitória. Resisti por 19 minutos, isso é fantástico para alguém que almeja voos maiores de agora em diante. Se a vitória do Valugi valeu para ele, trapaceando ou não, comemore porque minha suposta derrota só serviu para mostrar que não me abalo com o trivial, senhor Christian. Quem lhe deu ordens para interromper o combate? Foi banal tua atitude de cair nas provocações do Valugi, ciente de quem ele é realmente. Peeps Champion, abra teu olho diante as artimanhas do ceifador, para que não seja tu a ser ceifado.
      Sobre o fato pós a luta, este foi deveras previsível. Stuart está atirando para todos os lados, chamando a atenção de quem lhe convém, o problema é que está mexendo com fogo e será literalmente queimado muito em breve e candidatos para isso não faltam: Eu Nolan ou Nagata. Por que perturbas seres mais fortes do que tu? Por que flerta deste jeito com a morte, pequeno Sanders? Acha que uma corda no pescoço e meu corpo, aparentemente, caído no ringue demonstram superioridade? Você pode fazer isso com o Mastodonte, porém comigo e pelo visto o Nolan, o abismo é mais embaixo. Por falar em coisas baixas, só um instante.

      [King faz um gesto com as mãos e algumas pessoas aparecem. Quatro carregam um caixão de madeira mogno, outras se colocam atrás do irlandês e começam a cantarolar. King fica sentado em cima do caixão, de olhos fechados e começa a falar]:

      “Sweet dreams are made of these
      Who am I to disagree?
      Travel the world and the seven seas
      Everybody’s looking for something”

      Meus pássaros estão cantando, que melodia extraordinária ainda mais ao se falar da pessoa em questão: Yuki Nagata. Eu havia reservado este caixão para o Inferno na Terra, porém o fantasmagórico Sanders surgiu e estragou minha surpresa, porém o tempo está propicio para usá-lo e o no Royal Rumble tua nova morada será por minha conta Mastodonte!

      Não precisa agradecer a minha cordialidade, aliás, por qual motivo saiu correndo em direção ao ringue? Lhe devo algo? Por que se for cobrar, acho que estará cometendo um severo engano. Agora falando sério, eu vou lhe enterrar dentro desta magnifica obra de arte, feita sob medida para vossa senhoria ou realmente acha que ficarei na zona de conforto, ao invés de enaltecer meu cinturão que é infinitamente superior ao teu? Aliás, não acha que passou da hora de acabar com a Pride Division e transformá-la em algo realmente EXTREMO? Pois afinal, quem se importa com tua existência a não ser teu próprio EGO? Sou o único ser vivente que dá alguma importância para tua significância, e olha que o senhor teu uma história de respeito por aqui, porém ultimamente tem menos ibope do que esperado.

      Não quero tua esperança de que eu seja o que você espera, pois outros já tentaram e falharam feio. King de “porra nenhuma” Armstrong, vindo de alguém que NÃO TEVE COMPETÊNCIA para me destruir, demonstra qual mente é dominante entre nós dois, e corre o risco enorme do Sanders ser mais inteligente que você!

      Agora deu para falar de TERROR? Caiu como um pato obeso no jogo mental do Sanders, que feio! Nunca poderia esperar isso de vossa pessoa, apesar do enorme tamanho de massa corpórea adiposa; a gordura deve ter subido ao cérebro em escalas abissais. Eu tenho MEDO de apenas uma pessoa: King “Immortal” Armstrong. Ele pode me matar a qualquer momento e das piores formas possíveis, você só fala e pouco faz para o crescimento desta companhia ainda mais deste lixo de cinturão que tens. Estou mentindo? Duas lutas, uma vitória graças ao Sanders e um empate; quando me derrotou mano a mano sem interrupções? NUN-CA! Porque você só é uma massa descontrolada sem propósito na vida. Eu sou EXTREMO, eu sou O HARDCORE, eu vou além do limite para conseguir o que quero e vou colocar teu corpo, junto com o colan de balé, dentro deste caixão e lhe enterrar da UWF.

      “I wanna use you
      And abuse you
      I wanna know what’s inside”

      Os corvos anunciam a morte do mastodonte e o renascimento de uma era Brutal na UWF, celebre teus últimos dias Yuki Nagata, porque irei escalpelar você e obter a vitória que tanto almejo para lhe provar eternamente que o termo Immortal, não significa: porra nenhuma.

      The final Warfare is comming.

      [King estende os braços e o coral atrás dele canta:

      “I wanna use you
      And abuse you
      I wanna know what’s inside”

      A imagem se escure com Armstrong de pé em cima do caixão e um clima de êxtase naquele lugar, ao som da melodia entoada pelas pessoas ali].

    • E la vem o pato patati patacolá… Lá vem o pato que o Sanders adora “depená”… La vem o pato patati patacolá… Lá vem o pato cuja a cabeça o Nagata vai decepar!

      Cada vez é mais rídiculo a maneira como um “idiota útil” feito você vem aqui tentar bancar o ameaçador para o meu lado! Mas adivinhem, não passa de um joguete que está dançando nas mãos do fantasminha camarada que é o Sanders desde que ele voltou, comendo na mão dele como um passarinho inocente pedindo para ser esmagado! Ou eu tenho que lembrar de todas as vezes que bastou o Sander falar “pega Rex” e o retardado do Hardcore avançou em mim caindo bonito na conversa de superior do dito cujo? Abismo mais em baixo só se for o tamanho na queda da sua produção fazendo o joginho agora não só do Sanders, mas até do Vallugi, afina graças a você o velhote que te passou a perna como se tu fosse um caipira na cidade conseguiu o grande momento da carreira dele espancando o campeão falsificado da empresa.

      Não basta uma pessoa, mas duas te fazendo de otário, e isso é patético. Entenda, eu sou mais gordo que você sim, mas não estou servindo de “brinquedo trampolim” para os outros chegarem onde quer. Você não se toca que toda essa sua pose cheia de obscuridade só está virando é degrau dos desejos dos outros? Seu pato.

      “Se eu fosse você rezaria para ser somente isso.” Qual a parte disso não entendeu moleque? Acho que fui bem claro quando disse que se perdesse para aquela relíquia do passado, que você ia tomar a surra da sua vida. O que foi? O todo poderoso monstro que se acha o cara mais durão do UWF está dispensando uma briga? Não era tu que agora pouco disse que não tem medo de ninguém mas agora ficou todo assustado de eu vir ao ringue atrás de torcer seu pescoço? Que foi? Sujou a fralda pivete? O fato de eu perder algum tempo contigo é problema meu e só a mim diz respeito, e essa história só vai acabar quando eu por um ponto final nela… E esse ponto final vai ser redondo e oco por dentro, igual a tua cabeça arrancada!

      Não tem vergonha na cara não de ficar se gabando com uma moral que tem evaporado sem deixar rastro a tempos? “não tive competência para lhe destruir” Mas olha só, eu estou inteiro aqui também, você falhou igual, então pare de comemorar feito uma criança porque tem escapado da Ira do Mastodonte por mais alguns dias. Aliás, quando foi que eu te venci limpo? Realmente, até agora esse sabor tem escapado de mim… Mas você? Me venceu? Fica por ai tagarelando sobre caixões e todo tipo de estupidez, mas faz toda vida que não vence um único combate, tudo o que você tinha dito para mim vale para ti também, então vê se vira homem e admite que quer sair dessa rivalidade inteiro enquanto ainda pode. O problema é que já te marquei para sofrer. Vou fazer o que eu quiser da minha vida e da SUA vida também, e se não gostar vai apanhar mais ainda, ninguém pode impedir a tirania do Mastodonte.

      Entendeu seu monte de diarréia mental ambulante?

      Eu achei que você tinha talento. Errei, é só outra peste Hardcore. Achei que era monstro. Mordi a língua, é só uma criança num corpo crescido. Pensei que tinha futuro… Mas não, pois eu vou condenar ele… E entenda de uma vez, PRIDE Belt, Extreme Belt… UWF Belt… Não importa o belt, e sim o campeão. E infelizmente para o seu cinturão, o campeão dele não sou eu.

      IT’S NAGATA TIME.

      • Abdul Jaba

        Pois bem, como o senhor citou uma cantiga para iniciar tua patética argumentação, farei algo melhor antes de lhe dirigir a palavra: Yuki Nagata.

        O mamute pequenino queria voar
        tentava e tentava e não podia voar
        Stuart Sanders, seu E.V.I.L. amigo
        tentou lhe ajudar e do quinto andar
        fez ele pular.
        (o que aconteceu)
        Merdaaa, o mamute virou merda
        Merdaaa, o mamute virou merda

        Parece ridículo isso, um homem cantando com a voz grossa certos versos, porém retratam o que tenho vivido ao conviver com Nagata. Todas as vezes que você argumenta, sempre me acusa, culpa ou me torna inferior ao que sou: Homem. Não tenho lutado ultimamente como deveria, porém isso denigre minha vida? De forma alguma, senhor dono da razão. Para começar, não sou galinha para ser depenado e está para nascer um homem que chegue perto de tamanha audácia; o que ti faz acreditar que serei decapitado pelo senhor sendo que teve DUAS oportunidades e foi incompetente para cumprir o que disse anteriormente? Os tempos são outros Nagata, o período de ter respeito por você já passou e agora ou lhe mato ou morro!

        Você tem colocado diretamente no Sanders, todos os inconvenientes que tenho feito em vossa carreira ultimamente, já que nenhum outro lutador se importa contigo, e isso demonstra teu fascínio por ser tão fantasmagórico; chega cara, já está chato isso! Assuma você as merdas que tem feito desde que ganhou o cinturão do Peeps Champion, e pronto. Sanders manipula o FETINHO! Sanders controla o King! Sanders isso, Sanders aquilo; ridículo é você! Deveria ter resolvido teus assuntos do passado há muito tempo e fica agora pondo a culpa no único HOMEM que bate de frente contigo, ainda achando que sou manipulado por Sanders.

        Enfim, Yuki Nagata, acaba no Royal Rumble nossa rivalidade e juntarei teus cacos para o Sanders fritar na panela o que deixarei para ele, caso ele queira. Na realidade, caso alguém realmente se importe em lhe enfrentar, mano a mano, fora minha pessoa insana.

        Desde o dia que coloquei meus pés por aqui, tive em você uma referência. O homem que falava o que pensava, intimidava a todos e era admirado por esta veracidade; hoje você é um ser perdido no Mid-Card, acomodado em seu tecido adiposo que não tem conquistado nada além do que o trivial; teve duas grandes lutas em recentes PPV’s, mas não por méritos próprios. Banal, você se tornou. E sério, tenho pena do que tem se tornado para esta companhia. Um salário alto, que não sai do lugar, ocupa o espaço de quem realmente deseja crescer e acredita ser o cara que incomoda todo o Roster; acorda Nagata! Teu período de glórias já se passou lá no Japão, aqui você só compõe o elenco e nada além disso.

        Da minha vida, cuido eu e não preciso de um idoso para me dar conselhos, obrigado.
        O que preciso é ter uma luta MANO A MANO, dentro dos meus domínios contra o senhor arrogância e dar entrada no auxilio doença em teu nome, porque farei o que
        EU desejar contra tua, atualmente, insignificante existência. Tuas difamações só alegram os tolos, não me afetam. Aproveite teus últimos dias como filial do Puroresu na UWF, porque o IMORTAL vai matar o mastodonte com requintes nunca vistos por aqui, e não falo isso para ti assustar, falo porque tu não mandas em mim e já cansei da tua existência diante dos meus olhos.

        No Royal Rumble, o Mastodonte irá sucumbir diante a loucura irlandesa.

        KILL! KILL! KILL! KILL!

        King Immortal Armstrong

        The Real Extreme Champion

    • Engraçado já derrotei os 2 dito monstros da UWF, para mim como disse no show o monstro não e esse de aparência, mas os que aparecem mais inofensivos, são bem mais perigosos, e com simples tática e momentos conseguir derrotar o Mastodonte e o monstro, sabendo o meu lugar, ainda vem os dois me desprezar como se não fosse nada, o “nada” aqui derrotou os dois.

  2. Andréas Saint

    Estou muito zangado após essa luta.ela estava na minha mão e não consegui a vitória.
    Agora só me resta falar mais uma coisa:Cold o quê você estava fazendo lá?

  3. Uma obra de arte, minha coleção de cadáveres pútridos e almas desoladas. Meu método sórdido de colher corpos é mentalmente degradante e socialmente perverso à sete palmos preliminares em relação às minhas necessidades de causar dor e disseminar fatias de morte por toda parte arquivando a decadência em um manifesto necrótico. Eu celebro a vossa carne rasgada e vossos ossos quebrados, meu fascínio é satisfazer minha ira colocando nomes nos obtuários. Fazendo os corpos sentirem o caminho enigmático do rigor mortis.
    Membros oblíterados são desalojados ao tecido violentamente devorado pelo calor frio dos meus punhos. E enquanto muitos aguardam a vida após a morte, eu sou o criador da morte após a vida seguindo meu trabalho em uma destruíção necrótica surreal. Um jogo prolífico de choque e pavor, meticulosamente
    orquestrado. Macas não podem voar, homens não podem voar, a gravidade é uma realidade e a dor também.
    Eu sou a prática que põe a teoria abaixo, mas a degradação da humanidade está na jaula agora. Esperando a hora de sair e devastar tudo como uma nuvem de gafanhotos destrói uma plantação. Mas até quando? até quando a razão vai conseguir deixar o monstro dentro de mim? Até quando a fita que envolve essa máscara no meu rosto vai suportar a pressão de esconder uma face desperada por cultivar a dor e reabrir o matadouro.
    Minha faca recebeu somente respingos do sangue de uma criatura insignificante. Mas de que adianta? de que adianta eu destruír um simples frango quando eu tenho uma corrente no meu calcanhar me prendendo em uma pessoa que não sou?

    Até quando? até quando as cadeias vão segurar o monstro dentro de mim??

    Há algo aqui dentro. E esse algo quer sair, pois a raiva criou raízes no meu córtex. A violência é meu apetite e brutalidade é meu estilo de vida. Mas no que eu me tornei? onde eu joguei essa alma violenta e raivosa? quando ela vai se libertar denovo? Onde eu escondi o martelo que um dia fez cerébros escoarem entre fendas mesclando com o vermelho do sangue em uma beleza catastrófica? Não! não posso mais negar a mim mesmo! no que eu me tornei? me tornei um deles, apenas mais uma marionete controlada por pessoas que não têm capacidade de estar no mesmo lugar que eu.
    Mas chegou a hora de dizer um “basta”, já chega! É a hora de abrir as portas do necrotério e começar meus trabalhos, rasgando brutalmente o tecido facial de quem ser pôr no meu caminho.

    é hora de manifestar a minha verdadeira existência…

  4. Teve uma época em que o público era tudo pra mim, não tinha sentido entrar no ringue se não pra ver eles sorrindo e me aplaudindo, mas isso mudou, no meu tempo morto eu parei pra pensar no que eu realmente queria, no que seria melhor para mim, e isso não tem nada a ver com o público.
    Meu desejo agora é pessoal, só pra mim, não pra mais outras milhões, desejo conquistar tudo aquilo que eu não consegui na minha primeira passagem por aqui, incluindo vencer outros 29 caras e estar no maior evento do ano chutando a cara de algum desses que se chamam de campeões, aliás, com o atual roster da UWF, se esses caras não fosses algo do tipo eu sentiria vergonha.

    Vou explicar porque cheguei bem na hora em que Crippler estava falando, porque em fico com nojo de quem fala de amor ao público e de cenas de amor entre pai e filho num local onde era pra ter lutas e discussões, aquilo não é um local pra amor, e sim pra ódio.
    Eu também queria ouvir as vaias daqueles hipócritas que viviam me aplaudindo, realmente, acho que o público é manipulado por aquele que fala “eu não sou nada sem o público” ou por uma criança mimada que fez a carreira do pai.
    Fico imaginando como seria o Crippler se eu não tivesse ajudado a salvar aquela criança que eu gostava, e que hoje acho insuportável.

    Meu último recado é para todos da UWF, mas principalmente para os campeões atuais, eu voltei e não saio mais, não vou desistir de perseguir vocês até eu pegar o que vocês têm em mãos, não vou deixar ninguém sossegado, e vou conquistar tudo isso sem a ajuda desse público que diz estar do seu lado.

  5. Palavras duras? Mas apenas palavras. Adoro a forma como a Daredevils tem capacidade de se destruir sozinhos. O momento que me atacaram fizeram simplesmente duas atitudes completamente péssimas. As dores são meu combustível e querer o cinturão, querer que 2015 seja meu ano é o que me faz diferente.

    Você me provou que por mais quie seja um grande lutador, é um covarde. Mas eu sempre lidei com covarde em toda minha vida, Bigelow. Eu sempre quebrei eles como se fossem apenas pedaços de um brinquedo qualquer.

    Se você queria respeito você não conseguiu, você conseguiu me deixar enfurecido, e não se deixa um dos melhores lutadores do mundo irritado, não deixa ele pronto de destruição.

    O fim do mundo vai acontecer. No Royal Rumble teremos 4 guerreiros por um objetivo e pode ter certeza que vocês vão me respeitar.

    Eu sou Tomyer, o homem inquebrável, o homem sem medo, o homem que vai conquistar a Daredevils e mostrar como é estar na Big League!

    • Você pode odiá-lo? Sim, você pode odiá-lo, pode odiá-lo com todas as suas forças! Odiar alguém não é errado. Mas odiar alguém não significa que vai machucar alguém. Quer não é poder! E os Daredevils podem, por isso nós fizemos o que foi feito no último show. E se os Daredevils quiserem, ele vão fazer de novo e de novo! Até que você e PD morram e outros entrem em seus lugares!

      O mundo não vai acabar, o Império dos Gritos e Gargarejos vai continuar, e os imperadores vão torturar dois escravos rebeldes no Royal Rumble.

      E pra finalizar, é muito irônico ver falar que é um homem inquebrável sendo quebrado daquele jeito. Espero que você se recupere logo para poder ser quebrado de novo.

      E o PD Lopes, ele já despertou depois daquela surra que ele levou?

  6. Que merda foi aquela BIgelow?! Por acaso você esqueceu que o Dragão Louco é o doido dos Daredevils? Eu sei você quer mudança, mas analise mais a situação! Por sua culpa talvez o porco do Tomyer não estará pronto pra senti os gritos e gargarejos em seu nível mais alto, e que toda essa road to redeption que ele tanto fala não se passa de um sonho. Bigelow, porque você se importa tanto com Tomyer? O Tomyer só é a ovelha negra da Anti-Gravity! Quem tem valor nessa dupla, mesmo que baixo é o PD Lopes! Ele é o único que tem o potencial para fazer algum tipo de sucesso aqui na UWF! Mas Bigelow, quando eu digo que PD Lopes tem valor e Tomyer não, isso não quer dizer que você deve perseguir PD ao invés de Tomyer. Você tem perseguir a Anti-Gravity como um todo! Mas você não deve fazer isso sozinho, o Dragão Louco está junto com você, e por os Daredevils tem que destruir os Anti-Gravity juntos! Mas se você Bigelow quiser fazer aquilo que você fez no último show, pelo menos me avise, eu não quero pego de surpresa daquela forma. Me avise Bigelow, porque eu também eu quero matar! Seja Tomyer, PD, ou qualquer outro verme, mas eu quero matar!

    E sobre aquele ataque, sim não fomos covardes! Nós somos covardes! Nós somos dois FDP’s quem só pensam em si mesmo e fazem o que quiser se preocupar com as consequências! Nós somos os Daredevils! Os demolidores! Os demônios ousados! Nós somos o Bakemono Bigelow e o Dragão Louco! Nós somos a mistura perfeitas de brutalidade e insanidade! Eu tenho que agradecer a Bigelow, eu devo agradece-lo por me lembrar que eu sigo a Lei de Thelema, a Lei do Faze o que o tu queres! E f**a-se as vaias! Porque eu deveria agradar a todos? Pelo dinheiro? Nós tenhos todo o dinheiro do mundo! Nós somos os reis, cara! Nós conduzimos conduzo o submundo, cara! Nós decidimos quem faz o quê e onde faz, por que nós agiríamos como umas garotinhas por aí, só pelo dinheiro de alguém? Nós fazemos o dinheiro, cara! Nós fazemos rodar as moedas! O jogo é nosso! Nós damos as cartas.

    Nós não ligamos se somos chamados de covardes ou de fracos! Podem nos chamar de do que quiserem! Nós somos ninguém! Nós somos tudo! Nós somos mendigos, nós somos aristocratas! Nós bêbados, nós somos sóbrios! Nós somos vagabundos, nós somos trabalhadores! Nós somos umas garrafas de vidro, nós somos umas marretas! Nós somo o o tudo e o nada! E vamos prova isso nem que seja a força! E os primeiro que vão sofrer com isso são PD Lopes e Tomyer!

  7. Leonardo Felix

    Ultimate entrou em desespero. Isso é perceptível pelas suas ações. Ele finalmente percebeu que não tem capacidade para me derrotar limpamente e que precisa achar outro meio para atingir o que quer e manter o título. De começo,achou que a presença de Tanaka ao lado dele seria o suficiente. Tanaka era pra ser o seu “mentor”,seu “heroi”. Só que era claro que ele não aguentaria essa situação por muito tempo. Usar outra pessoa pra fazer o que ele queria não o deixa feliz. E parece que está tudo desmoronando para a dupla dinâmica.

    Eu sabia que a luta contra o Tank não acabaria da forma que deveria. Eu ganharia a luta se ela tivesse continuado,mas isso é um detalhe irrelevante. Ultimate apareceu sozinho para tentar arquitetar seu plano maligno de me tirar do Royal Rumble,só que sozinho não tem como o bebê gigante conseguir alguma coisa. Toda essa situação foi uma belíssima piada. Eu amo ver um oponente nessa condição. Agora ele não tem a mínima chance,pois está derrotado no campo físico e mental. Mas não farei brincadeiras pedindo que ele desista da luta e me dê o cinturão. Quero fazê-lo sofrer. Quero ver o Ultimate me pedindo para que eu pare de espanca-lo e acabe logo com esse reinado tão feio e sem graça.

    A UWF acabou tendo um período de problemas e dúvidas,mas isso deve ficar no passado. Eu não deixarei que tudo acabe enquanto meu nome não for colocado de uma vez por todas na história. Na verdade,o WH Championship já deveria estar em minhas mãos. Parece até que querem prolongar o calvário do pobre coitado que não é amado nem pela própria mãe. Alias,que engraçado ver o público me apoiando depois de tudo…Não que isso me importe,só é realmente algo de dar risadas.

  8. [Uma câmera se liga, aparentemente a de um celular, já que a qualidade da imagem não é das melhores. É possível ver um monte de árvores congeladas pela neve, sem nenhuma folha. Elas se dividem em uma pequena estrada, também coberta de neve. Mais ao fundo, é possível notar aquilo que parece ser um rinque de patinação no gelo. A câmera se vira e podemos ver o UWF Champion Christian a segurando. Ele aparentemente está congelando ali, já que é possível ver que ele está apenas com uma camiseta regata branca, tremendo, com uma fina camada de gelo nas sobrancelhas e no cabelo.]

    —Viiinteee eeee oooitooo deee seeeetemmmbroooo…Athim! OOOOOOsss moooonnnstrooos toomaaaraaam….ah eu sempre quis dizer isso mas não dá, tá muito frio…Athim!

    [Ele respira fundo, provavelmente procurando algum calor de dentro do seu corpo que tenha esquecido de congelar, e voltar a falar.]

    —Ok, não sei se aquele sol ali no céu está servindo para esquentar ou esfriar. Não sei que dia é hoje nem em que lugar que estou. Pensei que estivesse no Central Park em Nova York, mas não existem rios congelados no meio dele, nem uma ponte quase tão estilosa como a Golden Gate por lá. Por isso creio que ainda estou na cidade do último Raw is WAR…que não faço a mínima ideia de qual seja o nome, ou seja, achar a arena onde eu estava comentando ontem será complicado…espere um pouco.

    A última coisa é que me lembro é de ter sido atacado pelo King Armstrong depois do Valugi tentar fujir de um cumprimento meu. Isso explica porque acordei ao pé de uma árvore, só com essa camiseta, sem meus sapatos e com a boca cheia de neve. Bem, eu disse que ajudei as crianças no Natal e que era o Papai Noel, mais isso foi o cumulo, sr. Valugi Barros!…Athim!

    Bem, não me admiro pela sua inveja. Está a quase a meio ano tentando se tornar em alguém minimamente respeitável no qual os outros realmente se importam. Pode ter derrubado alguns cavalos paraguaios da vida e isso fez seu ego inflar mais do que corresponde a realidade. Falta de competência destes? Sim, muito provável. Mas a partir do momento que cruza comigo, a pessoa mais popular na UWF em 2014, todos esquecem dos seus “feitos importantes” e passam a ignora-lo. Acha que as vaias são pelo seu nível alto de “malvadeza”? NÃO! É porque tu consegue ser mais boring que o Murphy! Você fez impossível, meus parabéns! Ai bate o desespero na pessoa e você faz coisas como estas…me arrastar para um meio de um parque no inverno.

    Não espere que eu retribua da mesma forma, mas pode esperar que isso vai ter volta no próximo Raw is WAR, senhor Valugi Barros. Me jogou no meio do nada, mas o UWF Champion aqui não é daqueles que fica com a cara na neve por muito tempo e já está se mexendo para sair do Canadá e preparar o seu contra-ataque. E eu já lhe disse. Fique de joguinhos que eu não terei pena em fazer da nossa luta no Royal Rumble a última luta da sua carreira.

    Ah, deixo o recado para o amigo Armstrong também. Já chutei seu traseiro uma vez, espero poder ter uma segunda chance para provar que você é Rei de absolutamente nada, a não ser da Associação em Defesa da Obesidade. E Jake, não me decepcione, garoto. Eu dependo de você para que os outros saibam que ainda estou vivo, embora quase tenha virado um picolé. Mostre isso para alguém na sede da UWF ai e peça para divulga-lo… Athim! Maldito 3G da Tim… Athim!

    [A câmera é desligada e transmissão se encerra.]

    • Abdul Jaba

      Recado lido senhor Christian, porém o que significou aquele derrota? Minha bunda é grande, não tem como errar então me diga você Peeps Champion, o que pretende ao me blasfemar desta forma? Tua criatividade não tem limites, gosto dessa irreverência, mas vejo que teu cinturão será entregue para outra pessoa, então veremos quem chutará o rabo de quem?

      King Armstrong

      • O que eu pretendo? Te desafiar para outra luta e mostrar que existem meios ortodoxos de derrubar um gigante duas vezes sem a ajuda de um UWF Champion na mesa de comentários.

        Sobre o cinturão, a única pessoa que terá ele em mãos sou eu e os referees das minhas lutas…

    • E engraçado Christian que show após show você vem saindo por baixo, se mostrando uma pessoa fraca psicologicamente, assim como na parte estratégica, eu percebi que você iria me atacar de surpresa e sair do ringue para o King Armstrong fazer o trabalho sujo, já que sabia que ele não estaria feliz com a derrota que eu impus a ele, então foi o simples e rápido a se fazer.

      Você deve está querendo se fazer de vítima nesse momento, eu não fiz tal ato, novamente querendo dar uma de popular, simplesmente joguei você na enfermaria, se você foi idiota de ir até o meio da neve para se fazer de coitadinho a culpa não é minha, só querendo ganhar apoio da massa burra da UWF, que adora as vítimas nessa empresa e eu não caio nesse jogo, somente aqueles neardentais que se fazem de vítima.

      • O que posso dizer…você fez o de sempre e eu também. Não te odeio nem tenho vontade de te matar como tive com o Steen, mas se conseguir parabéns, é um progresso! Mas até o momento o que vejo é um Valugi que não sabe por onde começar a se preparar para enfrentar um campeão de verdade e nem ao menos sabe como atingi-lo em cheio. Em outras palavras, já sinto um cheirinho de desespero, nada muito fora do normal, afinal o seu oponente sou eu.

        E enfermaria? Sério? Que fofo! Vai dizer que foi a Fada do Dente que me levou para um parque sendo que todos viram que foi você quem me tirou da arena?

      • Christian eu não sei de onde você tirou essa história, que eu saiba não fiz nada para chegar a esse ponto, você fica inventando essa história que te joguei no frio, isso é ideia de mentes pequenas como a sua e está tentando se pagar de vítima, essa história que você diz que todo mundo viu, se resume a sua imaginação.

  9. Todo humano vivo sangra. Essa é uma das verdades inquestionáveis do universo, até mesmo o ser que nega tudo o que eu falo é obrigado a concordar com isso. O sangue é o líquido da vida, ao mesmo tempo que é um dos símbolos da dor. Se você está sangrando, significa que algo está machucado, gerando de uma forma ou de outra tal sofrimento.
    Ver o sangue escorrendo pelas suas mãos e escorrendo entre seus dedos para muitos é uma sensação desesperadora. O terror e o medo que cercam este precioso líquido é algo lindo para de apreciar e sendo bem franco, eu tive o prazer de presenciar esse sentimento logo após este RAW is WAR.
    Admito que interferir na confusão que ocorreu após a luta entre Tank e Felix não era meu plano principal, porém fui forçado a isto pelo nobre guerrilheiro. Nossa luta não envolve estas presas menores. Quem é Caique SH? Um jovem medíocre que jamais irá se elevar, aplicar a ideologia da dor nele nada mais é do que gastar tempo. Fui obrigado a tomar uma providência logo, pois vi que Tank estava se perdendo, o desespero que estava sendo formado era evidente e tal sentimento iria atrapalhar totalmente a sua transformação. O que de fato ocorreu? Bom, creio que em breve ficará bem claro. Mas de prévia apenas garanto que o sangue presente em minhas mãos não é meu.

    A filosofia da dor nunca falha. Ela é plena e perfeita. Mas muitos devem estar se perguntando… No que ela interfere no wrestling? Afinal, todos que lutam aplicam e recebem dor, por mais que não sigam minha ideologia… Mas pense no seguinte, qualquer pessoa pode desenhar, mas nem todos podem chegar ao nível e DaVince. É exatamente como as estrelas. Elas sempre estão lá, mas só são visíveis durante a noite. É assim que a dor se aplica no wrestling. A dor sempre vai estar lá, mas somente sendo aplicada da maneira correta ela se tornará uma arte que nem a de DaVince, ou visível como uma estrela na noite.

    A dor, seja no wrestling ou no restante da vida, sempre irá aparecer com diversas facetas. Algumas servem para elevar sua força, outras para impedir o seu avanço. A dor funciona como um selo para o nosso ser real; Nosso “demônio” interior que muitos de vocês vivem citando. Sim, é aquele monstro que cria a sua vontade de massacrar o adversário no ringue. Aquela voz que fica falando nos confins de sua mente a mesma coisa em toda a luta… “Pra que apenas derrotar o seu oponente, se você pode acabar com a vida desta pobre alma?” Mas o medo de sentir dor sempre o impede de realizar os atos que essa voz te indica. Esse é o selo da dor, a barreira que impede o uso total de nossa força… Assumir a ideologia da dor é a mesma coisa que destruir este lacre e liberar sua força total.

    A vida só nos dá duas escolhas: Aceite a dor e se transforme em um ser imparável, ou a ignore e seja destruído pelos que aceitaram. Basta saber qual você escolhe. Até mais.

  10. Andréas Saint

    Hurricane & D-Reigns vocês são uns fracos ainda acho que vocês é mais fraco que minha vó de 94 anos a nossa luta estava na minha mão se não fosse o Cold você estaria vendo estrelinhas por isso quero uma revanche. A luta entre eu Hurricane estava na minha mão se não fosse o Cold você estaria vendo Estrelinhas.

    Quero uma Revanche com você e se entrar alguém para interferir eu vou dar um chute na bunda dele e depois em você e aí aceita?

    • Bem vindo cidadanês Andreas Saint, primeiramente quero pedir desculpas ao UWF universe pela minha ausencia nos últimos dias, mas como sabem o trabalho de um super herói não tem fim e o recém graduado D-Reigns teve o seu primeiro grande trabalho como super herói ao salvar um gatinho de cima de uma árvore. Sim, este salvamento só foi possível devido ao treinamento intensivo que o novo graduado D-Reigns obteve na sociedade internacionalmente conhecida por Super Heroes In Training, ou S.H.I.T.

      Agora irei falar daquele som que sai da sua boca que você nos quer fazer crer que são palavras, quando na verdade não passam de delirios vilaneses de um projeto falhado de vilão que não consegue distinguir plural do singular, recomendo vivamente que aproveite a promoção de verão da Anão Fodão Inc. que irá distribuir livros nas escolas, tenho a certeza que ele conseguirá guardar um para si. Mas falemos de outra coisa que você falou que me deixou hurrintrigado, suas palavras me chamaram a atenção em um ponto que eu tenho a certeza que merece ser explorado com mais atenção e cuidado, este assunto é claro a sua vó de 94 anos ser capaz de combater, se você quiser eu estou disposto a fazer dela membro honorário da sociedade de super heróis conhecida internacionalmente por S.H.I.T. até tenho o nome ideal, seria a Supah Vó.

      Sobre o seu pedido de revanche, esse é um pedido complicado de atender, mas eu lhe farei uma oferta melhor, você poderia ser o coadjuvante de D-Reigns e o ajudar na sua luta contra o crime, até tenho o nome ideal para si, um nome que transcende as galáxias, um nome que combina com o seu rosto e talento, tanto no ringue como no microfone… Poop!

      Não fique ai de mal com o mundo querendo chutar as bundas todas que encontra pelo caminho, se junte á S.H.I.T. e seja conhecido por todo o mundo como Poop.

      • Andréas Saint

        Hurricane você me fez repercutir que estou indo ao lado Maligno.Por isso aceito sua proposta mas com uma condição:
        Quero lutar também não só quero ficar no Manager junto com o Reigns.E aí o que me diz?

      • Abdul Jaba

        The S.H.I.T. tendo mais um membro? Teu poder de sedução está gigantesco, hein Hurricane? Surge o grupo que tirará a UWF do ostracismo, levando-a até os mais altos céus? Será produção? Vamos aguardar os próximos, insanos, capítulos.

        King Armstrong – The Real Extreme Champion

      • MASOQ? O pessoal não presta sentido no que lê e escreve, só pode ‘-.-

      • Erm… claro que vai lutar, eu já estou imaginando nós dois entrando no ringue e vencendo os Tag Team Championships com coragem e bravura, chutando o crime para o escanteio.

  11. “Achei! Bigelow?! Achei, achei! Guarapari e búzios é minha ARTE! Travesti, rave?! RAVE? Nagata e Armstrong? Pô, eu já falei que vai duê pra caraio! Meu! Seu cu! O meu braço dá doendo pra caralho! Eu vou chorar mas vô dá o cu a matar todo mundo! MInha vida cabô! Monstros? Seu cú! Mata o Dragaum aqui ó! V de Vingança! PD Lopiz? Toumier? Eu já falei que eu quero dar o cu e comé o cu deles! Eu quero matar e amar? Quero porra! Sindromé de down, down, down! Daena! Tanto faiz, eu quero as piroca e os cu deles! Anti Gravity? Matei, matemo! Vamu matá! O meu é Leonardo Nakamura de Smith Seu cu! Meu cu! Nosso cu! pourra! Minha arte! Faze o que tu queres! Minha arte! Minha vida! Anti-Gravity? Jamais serão! Seu cu!”

    • Abdul Jaba

      Overdose de saquê, dragão louco?

      King Armstrong

    • Saudades de quando as pessoas eram banidas por falar palavrões…

      Isso já virou casa da mãe Joana…

      • Abdul Jaba

        O resultado do exame anti dopping do japonês, ainda não sai; vamos aguardar Peeps Champion……aguardar.

      • Mas é incrível como ainda existe alguém que ainda fica surpreso com o que eu falo, mesmo eu estando já há muito tempo aqui na UWF. P***a! É o Dragão Louco que tá falando aqui ó! Vocês já deveriam estar acostumado com minhas palavras! Mais eu sou foda demais, então eles continuam surpresos!

        E se o Dragão Louco e Bakemono Bigelow quiserem, isso vai se tornar a casa do Ca***ho! Mas querer não é poder, but, os Daredevils podem! E podem MUITO! E ninguém vai nos impedir!

        E quem não gostou, a gente come já!

      • E teste anti dopping não funcionam no Dragão Louco. Ele não é um simples humano.

      • Minha surpresa é você não sentir vergonha da sua demência e achar divertido falar baboseiras sem sentido nenhum para absolutamente ninguém.

        Arrume um amiguinho imaginário e quem sabe você e o Bigelow não possam aprender a amarrar o cardaço das suas botas sem a ajuda da mamãe. Depois podem discutir em transformar a UWF numa algazarra maior do que já existe.

    • Abdul Jaba

      Quanto a Guiness, eu pago a rodada desde que a Anti-Alguma Coisa seja extinta por vossa senhoria e o Bam Bam; caso contrário beberei solitariamente. Sobre o anti dopping, realmente não é um ser humano comum, parabéns por isso, até que provem o contrário.

      King “Immortal” Armstrong

  12. Mais um show semanal e mais uma vez estou saindo por cima do Christian, sinceramente isso já está ficando até chato demais, você não vai reagir não, se continuar assim, só vai chegar a sua carcaça no dia do Royal Rumble, mas não se preocupe que não facilitarei, nem muito menos lhe subestimarei, sei que você não é tão bonzinho quanto aparenta ser, por isso estarei atento a suas atitudes.

    Os seus fãs ainda verão você retirar sua verdadeira máscara, que não é o bonzinho que aparenta ser, que tudo é uma maquiagem para todos acreditarem em você como o herói da UWF, mas você é simplesmente um canalha que quer se aproveitar da burrice dos outros, mas o fim dessa mascara será no Royal Rumble, quando você perder o título, e depois vamos ter menos 1 hipócrita aqui dentro, porque herói somente em história de super herói ou quadrinhos, se alguém se acha a personificação de um herói, pode ir fazer um tratamento com algum psiquiatra.

    Continuando essa saga para o Royal Rumble, meu objetivo está claro e traçado e meus planos estão indo bem, como um jogo de xadrez com vários peões, e uma pequena foice que aos poucos vai decepando as suas cabeças, um por um, o ceifador vem agindo sempre fazendo as vítimas certas, primeiro foi Gabriel e agora será a vez de Christian, o mascarado, então se cuide meus colegas da UWF, vocês podem ser a próxima vítima.

    • ” porque herói somente em história de super herói ou quadrinhos”

      Bitch please

      ~flies away~

      • Serio que você se considera um herói?

      • Abdul Jaba

        O sarcasmo britânico superando a seriedade do herói; amo muito tudo isso.

        King “Immortal” Armstrong

      • Não me considero um herói, eu sou um super-herói, mais precisamente o super.herói residente da UWF, aquele que enfrenta tempestades de neve com sua bravura para proteger a UWF Universe do mal que se espalha por esses corredores.

        Enquanto existir crime na UWF, The Hurricane sempre irá aparecer.

  13. Andréas Saint

    Em breve Hurricane nós seremos tag team champions e vou estar com você protegendo o Crime no mundo todo.

    Acabando com o crime é acabar com todos os ladrões.
    Salvar as pessoas é salvar o mundo.
    Apartir de agora se preparem Tag Team Champions os bravos e eroicos estão a caminho.

  14. Morte, morte, morte… Morte! Um assunto bem conhecido entre todos que aparecem por aqui, encontramos trágicas histórias sobre o passado de praticamente todo wrestler. Mas por qual motivo a morte de seus entes queridos é importante ao ponto de alterar a sua vida, sendo até mesmo capaz de enviar o seu ser para a UWF? Se a morte é algo que irá ocorrer com todo ser vivo, por que a morte de quem era especial para você é mais importante do que a de um simples mendigo? Uma morte é uma morte. Não existe diferença; Assassinato, suicídio, doença, acidente ou velhice, a morte não possuí cura, não possuí volta.

    Você pode se considerar um demônio, um mastodonte, irlandês seguidor de corvos, tanque de guerra, o carisma encarnado ou até mesmo o mensageiro da dor. Nossa dança com o anjo negro da morte irá ocorrer de uma forma ou de outra. Não existe uma morte mais importante que a outra, existe apenas a forma que a dor se aplica nelas.

    Quando duas coisas que estão ligadas se partem, uma reação negativa ocorre. Pode ser o rompimento de um nervo, ou a morte de um ente querido com o qual você possuí um forte laço que é cortado pelo falecimento. Essa dor é perigosa, pois pode destruir a mente de um humano qualquer em um piscar de olhos… É o meu tipo preferido de dor. Quem possuí laços com família ou qualquer outro humano se torna fraco, pois essas pessoas podem virar armas para o seu oponente, seja em um federação de luta ou em qualquer outro lugar.

    Se eu tenho família? Huh… Minha mãe está enterrada faz um bom tempo, faleceu por conta de uma doença até hoje desconhecida. Meu pai, como o próprio Tank falou certa vez, era um fora da lei drogado, que em certo ponto da vida foi atacado por uma pessoa até hoje desconhecida que estocou sete facas pelo corpo do meu genitor. A morte deles jamais me abalou, pois em nenhum ponto da minha vida gerei afeto por algum deles. Eu já seguia a ideologia da dor antes mesmo do falecimento de ambos, modelei o meu próprio ser e a grande maioria dos acontecimentos que ocorrem ao meu redor. Diferente dos oponentes que encontrei até hoje, eu sempre soube o que buscava. Diferente de quem apenas toma uma atitude e espera suas consequências sem saber o que irá ocorrer logo em seguida, tudo que faço tende a ter um resultado que já espero…

    Medo, agonia, sofrimento… Sentimentos enfrentados por ainda se liga a morte. Sentimentos que deixei no passado para se tornar um mensageiro da dor. Mas antes que me questionem, o sofrimento não está ligado com a dor em si, mas sim com a maneira que você lida com ela. O sofrimento é necessário para o aprendizado da ideologia, como eu já expliquei para Tank, mas com o tempo ele se torna um sentimento inútil. Quem sabe apreciar a arte que é a dor não deleta o sofrimento de seu ser. Mas isso é um problema… O cérebro humano precisa desses sentimentos. Eu preciso desses sentimentos… Porém eles não precisam ser necessariamente meus. Me alimente com seu medo! Permita-me apreciar o seu sofrimento! Mostre-me que Tank não é o único ser com o qual vale a pena batalhar! Distribua a dor! Mas acima de tudo… Sinta a dor.

  15. Andréas Saint

    Me dê aula de Português então.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: