UWF RAW is WAR (18/12/14) – And it keeps getting stronger

jX40wmL

>> Preview:

A UWF está pronta para vocês, mas vocês estão prontos para a UWF? O início dos especiais de final de ano está simplesmente imperdível! Dois monstros batalharão com os campeões invictos. A Monster Corporation enfrenta os Daredevils em um combate estelar. E ainda teremos o sempre bom combate técnico entre Leonardo Félix e Crippler Renato Dias e a última chance de Perfecto Ziggler. Isso e muito mais no RIW!

>> Cobertura:

É rodado um vídeo com os principais momentos do último WAR, que é finalizado com o anúncio da parceria entre Yuki Nagata e King Armstrong para enfrentar os Daredevils. Então toca a abertura do RAW is WAR.

Estamos em Norfolk, Virginia, ao vivo direto da Norforlk Scope Arena. Uma câmera de fora para dentro da arena, mostrando o público erguendo suas placas, principalmente em apoio aos Daredevils e aos monstros Yuki Nagata e King Armstrong. A câmera então mostra os comentaristas, que contam com um convidado especial.

Kevin Slayers: Norfolk é o ponto de partida para nossa série de ano novo. O nosso primeiro de três RAW is WARs neste período tão especial e bonito. E O SHOW DESTA NOITE VEM COM TUDO! MEU DEUS DO CÉU! Os Daredevils precisarão defender seus cinturões contra a Monster Corporation em um momento digno de ser o ponto introdutório de um novo capítulo. Do meu lado direito, o grande Ace Steel.

Ace Steel: A mesa de comentaristas não está tão interessante esta noite, em contrapartida, o show já esquenta as turbinas com tudo. Ainda teremos o “Fallout” dos acontecimentos envolvendo Gabriel Hardy, Valugi Barros, Perfecto Aries e Christian, além de toda a repercussão da confusão do outro lado entre Tanaka, Ultimate, Crippler e Leonardo Félix. Os melhores que sobrevivam!

Kevin Slayers: Esta noite teremos além da grande defesa do cinturão de duplas uma luta anunciada agora a pouco em nossas redes sociais. Christian enfrentará Perfecto Aries novamente, porém com uma estipulação especial. Se Perfecto vencer, terá uma nova chance pelo cinturão. Caso perca, não terá mais nenhuma chance de lutar pelo ouro enquanto Christian for campeão. Além disso, mais um grande confronto entre Leonardo Félix e Crippler Renato Dias. E…bem…do meu lado esquerdo tenho WS Morrison para comentar o nosso próximo combate.

WS Morrison: Estava com saudade de mim, Ace? A noite acaba de ficar melhor para todos vocês do UWF, pois o melhor comentarista da empresa acaba de se juntar àqueles que narram toda semana. Sabe? Acho que já tenho um ramo para seguir quando terminar minha carreira dentro do ringue.

Ace Steel: Mike Tenay deve estar morrendo em breve…Daí você toma o lugar dele no WAR assim que o Phil acabar com você.

Kevin Slayers: Calma rapazes, calma…Vamos para o nosso primeiro combate da noite. O próprio Phil Cavanagh lutará contra Tank!

.

Toca “Catatonic” e Tank faz seu retorno aos shows semanais da empresa para pouca reação do público. Logo depois toca “Reach for the Sky” e Phil Cavanagh vem ao ringue para a luta.

.

Match #1: Singles Match – Tank vs. Phil Cavanagh (w/WS Morrison nos comentários)

A primeira luta do show teve seis minutos e contou com um impressionante e demolidor “Somersault Plancha” de Phil Cavanagh direto em WS Morrison, que subiu na mesa de comentaristas na tentativa de o distrair. Ele derrubou não só Morrison, mas também Slayers e Steel. Tank, aproveitando-se desta vantagem, desceu do ringue, buscou seu companheiro de trabalho, aplicou-lhe um “Lifting DDT” e fez o pinfall

Vencedor: Tank

.

No meio de todo o caos, levanta-se Kevin Slayers com o fone de ouvido todo torto.

Kevin Slayers: Enquanto a gente se recompõe por aqui, vamos para a área de entrevistas com Devin Taylor…

Devin Taylor: UAU! O negócio perdeu um pouco da gravidade no meio daquele caos com Phil Cavanagh. O começo do RAW is WAR foi simplesmente insano! E por falar em insanidade, tenho ao meu lado os dois possíveis próximos desafiantes ao UWF Tag Team Championship. PD Lopes e Tomyer…A Anti-Gravity. – Eles aparecem em cena e o público vaia – Como vocês enxergam o combate de monstros do Main Event desta noite.

PD Lopes: Primeiro de tudo, vou voltar a bater nessa tecla. Eu não entendo as vaias para conosco, mas respeito…Cada um tem o direito de gostar do que quiser.

Tomyer: No domingo enviamos com sucesso a mensagem e espero que tenha sido bem recebida. Não somos merecedores de suas vaias, pois não somos arrogantes, não somos metidos, somos apenas dois homens em busca de sucesso. Somos duas bombas prontas para explodir na cabeça de qualquer que seja o monstro, pois não se fazem mais equipes como antigamente. A cada passo chegamos mais perto da honra e não vamos decepcionar…Que venha Nagata, que venha Armstrong, que venha Crazy, que venha Bigelow…Que venha o mundo! Lutem contra uma salvação invisível.

PD Lopes: A única coisa que precisamos provar é que quem quer sejam os campeões, serão apenas o fator transitório para a nossa glória. Acredite nisso – PD e Tomyer se retiram e o show vai para os comerciais.

.

O show volta e estamos em uma sala de camarim, com Luiz Tanaka sentado em uma poltrona e The Ultimate Opportunist dando um brilho no cinturão

Luiz Tanaka: Não precisa trabalhar em dar brilho neste cinturão, ele jamais ficará tão radiante do que quando estiver em cima dos meus ombros. Agora olhe para mim! – Ultimate ergue a cabeça.

The Ultimate Opportunist: O que anda a acontecer conosco?

Luiz Tanaka: Temos um alvo pintado em nossas costas. Apesar da pouca incidência dos raios luminosos dos holofotes em nossa parte de trás, as pessoas insistem em querer se manter na nossa cola por puro ego. Eles tentam aparecer diante de todas as circunstâncias na tentativa desesperada de parecerem pessoas superiores. Mas não existe nada nem ninguém melhor do que Ultimate e Tanaka para a UWF…E na UWF! Independentemente do que vier a acontecer em um futuro próximo, a sua próxima defesa deve ser no Royal Rumble. E você sabe o que acontece no Royal Rumble?

Ultimate: Vários homens batalharão pela chance de ser Main Eventers da Wrestlemania e enfrentar Ultimate pelo cinturão, pois todos odeiam Ultimate e ninguém liga para Christian.

Luiz Tanaka: Basicamente isso…Em Janeiro eu não quero saber quem será o seu adversário. Pode enfrentar até o diabo do Sanders no meio daquele ringue, você não pode perder! SE VOCÊ PERDER…VOCÊ ESTÁ MUITO FERRADO COMIGO! – Ele segura violentamente os cabelos de Ultimate. – E por mais irônico que possa parecer, eu estarei na Royal Rumble Match. Eu não hesitarei se precisar te enfrentar para, além de ter um cinturão, ser considerado o campeão. E se eu for o seu adversário? Não importa…A única coisa que você não deve fazer é pisar na bola, pois eu posso te fazer minha cadela pior do que a Daena fez…E você sabe disso, Ultimate…Você sabe disso! – Tanaka solta os cabelos de Ultimate e se retira do vestiário.

.

Kevin Slayers: Intenso…E bem…Conseguimos nos reerguer aqui depois de um momento bem insano acontecido agora a pouco – É mostrado o replay de Phil Cavanagh voando contra WS Morrison e fazendo um boliche humano com os comentaristas – e já vamos para nosso próximo combate. Tanaka já deixou um aviso para Ultimate que, se preciso, lutará com ele para ser além de dono do cinturão, campeão. Mas existem outras pessoas que também andam a almejar isso e teremos um combate decisivo para isso. Leonardo Félix enfrenta Crippler Renato Dias.

Ace Steel: Na semana passada, Crippler tentou ser amiguinho do Félix e ele não quis. O código de respeito aqui dentro não é muito interessante, mas nunca negue um aperto de mão para alguém que não lhe fez nada. Mesmo assim, Félix acabou sendo o último homem de pé no RAW após seu combate contra Luiz Tanaka. Bem…Vamos ver no que vai dar isso aqui!

.

Toca “Enough is Enough” e, ao som de vaias, Leonardo Félix vai seu caminho ao ringue. Logo depois toca “Whatever” e Crippler Renato Dias, para a tradicional ovação, vem ao ringue.

Match #2: Singles Match – Leonardo Félix vs. Crippler Renato Dias

A luta ia para seu décimo minuto no que estava a ser um excelente combate técnico. Leonardo conseguiu trancar um “Sharpshooter” e tentou segurar a chave enquanto pôde. Crippler alcançou as cordas e o árbitro começou a contagem. 1…2…3…4…5! O árbitro manda soar o gongo.

Vencedor: Crippler Renato Dias por DQ

Leonardo Félix tenta atacar o árbitro por sua decisão, parte para cima dele e lhe derruba com uma cotovelada. Ele tenta levantar Crippler, porém Renato responde com 1,2,3,4 cabeçadas e…GERMAN SUPLEX QUE VIRA LEONARDO AO AVESSO E LHE JOGA NA LUA! OHOHOHOHOW! Leonardo acaba por sair do ringue e tenta reagrupar os sentidos do lado de fora, enquanto Crippler lhe chama ao ringue com um sangramento na testa proveniente das cabeçadas. Félix vai embora.

.

Kevin Slayers: Vai brincar com o Crippler, vai…

Ace Steel: Pode ter certeza que isso ainda vai render maus bocados para ambos.

Kevin Slayers: Mas enfim…Vamos agora para um vídeo muito especial gravado por The Hurricane em uma recente vista ao Shopping.

.

Em certo Shopping de localidade desconhecida, Hurricane está a se lamentar, sentado no colo do Papai Noel, enquanto uma enorme fila espera, com pais fazendo xingamentos não próprios nem para os filhos, nem para nossa programação.

The Hurricane: E é isso cidadanês Noel, eu não estou aqui pedindo por um videogame ou por um carro, eu apenas quero uma vitória neste natal.

Papai Noel: Pela última vez, você está atrapalhando o resto da fila, não acha que está velho demais para andar num Shopping fantasiado de super-herói e pedindo coisas no colo do Papai Noel?

The Hurricane: Quando criei a S.H.I.T. eu tinha em mente um grupo de guerreiros protetores que iriam libertar a UWF do crime organizado, iríamos afastar a escuridão, eu e o meu fiel ajudante “Tufãozinho” D-Reigns, mas logo as coisas começaram correndo mal, as derrotas foram se acumulando e nós deixamos de aparecer nos shows, isto até ao último onde voltamos a entrar, mas perdemos para os recém formados Anti Gro…Gre… Coiso.

Papai Noel: Aff…

The Hurricane: Não estou falando que sou melhor que eles, afinal o Tomyer é um ex-campeão mundial, mas por isso que estou aqui pedindo uma vitória este Natal, pode fazer isso por mim?

Papai Noel: Se eu disser que você vai vencer no show de natal, você vai embora e deixa-me trabalhar?

The Hurricane: Sim!

Papai Noel: Meu garoto, seu presente está a caminho ho ho ho, vá ser feliz e vença o seu próximo combate, eu irei estar apoiando e você vencerá.

The Hurricane: Sério? Obrigado cidadanês Noel, eu sabia que podia contar contigo, o senhor nunca me desiludiu, eu deveria salvar o mundo, mas o senhor salvou o meu Natal.

The Hurricane dá um beijo no Papai Noel e sai correndo, desaparecendo no horizonte, para alegria das muitas pessoas que esperavam que ele fosse embora.

.

Kevin Slayers: Feliz Natal, UWF Universe. Feliz Natal, Hurricane. Será que ele conseguirá a tão almejada vitória?

Ace Steel: Eu estarei, bem como o Papai Noel, torcendo por ele!

Kevin Slayers: Espere, espere, temos confusão nos bastidores – A câmera corta para lá e já vemos WS Morrison pulando de cima de um armário e aplicando um “Tornado DDT” em Phil Cavanagh direto no concreto. Ele foge e deixa seu rival caído, enquanto vários oficiais surgem para lhe atender e perguntar se ele está bem. Ele parece meio zonzo.

Ace Steel: Rapaz, isso vai ficar meio explosivo. É lá e cá!

Kevin Slayers: Sabe outra coisa que está prestes a explodir? Nosso ringue! Vamos para uma luta decisiva…Christian, nosso UWF Champion, enfrenta Perfecto Aries. Se Aries perder, não mais receberá Title Shots enquanto Christian for o campeão. Se vencer, será seu próximo adversário.

Ace Steel: É momento de recomeço para Perfecto. Esta é sua chance de calar algumas bocas!

.

Toca “Just Close Your Eyes” e o campeão Christian faz seu caminho ao ringue. O público parece ainda não ter uma opinião formada, então divide-se entre apoio e vaias. Logo depois toca “Born of a Broken Man” e Perfecto Aries faz seu caminho ao ringue, compenetrado, ao som de cânticos de “Aries, Aries, Aries”.

.

Match #3: No-DQ Match – UWF Champion Christian vs. Perfecto Aries– Se Perfecto vencer, terá uma nova chance pelo cinturão. Se perder, não mais poderá lutar pelo cinturão enquanto Christian for campeão

No 13º minuto de um excelente combate “Back & Forth” e com ótimo uso de todas as ferramentas do ringside, até mesmo os monitores da mesa de comentaristas, surgiu Valugi Barros durante uma troca de cotoveladas no centro do ringue e partiu para cima de Perfecto, lhe jogando para fora do ringue. Valugi descarrega uma sequência de socos em Perfecto e lhe deixa caído. Valugi fica a encarar Christian, que está no meio do ringue imóvel. Do meio do nada, Gabriel adentra ao ringue e prepara seu “Suicide Dive”, porém Valugi levanta Perfecto e coloca na direção do golpe. Gabriel acerta Perfecto e, ao tentar se levantar, é atingido com um “Knee Trembler” de Valugi. Olhando de volta ao ringue, Christian começa a ir ao topo e…DROPKICK EM VALUGI! Todos na lona! Christian aproveita-se, pega Perfecto, rola ao ringue e…KILLSWITCH! 1……2…….3! SHIT!

Vencedor: Christian ~~ Perfecto não poderá mais receber Title Shots enquanto Christian for campeão

Perfecto demora algum tempo para se levantar e parece completamente abismado. Valugi Barros já se foi e Gabriel Hardy tenta consolar Aries, que pede que ele vá embora. Christian dá passa um “Headlock Hug” em Perfecto em cumprimento e vai embora.

.

Kevin Slayers: O drama de um ex-campeão mundial que acabou sendo prejudicado por alguém que não queria lhe prejudicar.

Ace Steel: Valugi foi esperto e acabou criando mais confusão do que o que era necessário.

Kevin Slayers: O nosso “Troublemaker Angelripper” parece ter prazer na discórdia não somente dos fãs, mas entre os lutadores. Quero apenas ver como irá reagir Perfecto depois dessa nos próximos shows.

Ace Steel: Ele definitivamente não terá um Feliz Natal.

Kevin Slayers: E vamos para a área de entrevistas! Devin Taylor, nossa amável repórter, está com dois gigantes por lá.

.

Devin Taylor: Isso mesmo Slayers! Daqui a pouquinho, logo após os comerciais, teremos um combate muito esperado por todos. Pela primeira vez na história King Armstrong & Yuki Nagata enfrentarão os Daredevils e isso promete ser genial. Acabam de libertar, após 24 horas presos, todos os quatro homens. E Deus do céu! Olhe como vocês estão.

King Armstrong: Está assustada?

Devin Taylor: Não muito…

Yuki Nagata: Você não precisa ter medo da gente. Apenas aqueles dois idiotas. O Pride Champion e o Extreme Champion irão adicionar um pouco mais de metal em suas coleções.

King Armstrong: Metal e cabeças… – Eles se retiram e vamos para os comerciais.

.

Toca “Psycho” e vemos um grande muro erguido na frente da rampa. Nos bastidores, repetindo a entrada dos Gold Devils no último pay-per-view, seguranças abrem a porta e, como um trem desgovernado, Crazy e Scott correm em direção da rampa, derrubando o muro e fazendo caminho ao ringue, para excelente reação do público.

Logo depois toca a música “Monster”, da Imagine Dragons, e Yuki Nagata, com sua tradicional máscara de mastodonte, acompanhado de King Armstrong, com sua Leatherface, vem ao ringue. O público simplesmente delira!

Temos as tradicionais introduções e vamos para um dos maiores combates da história da UWF!

.

Main Event: UWF Tag Team Championship Monster’s Ball Match – Daredevils vs. Yuki Nagata & King Armstrong

Aos 20 minutos de um combate excepcional, tudo veio ao fim. Crazy Dragon, apesar de ser o menor entre os quatro, não se mostrou tímido e sempre neutralizava as ofensivas de Nagata e Armstrong. Houve o primeiro encontro da história em um ringue da empresa entre Scott Bigelow e Yuki Nagata, porém eles se resumiram em tentativas falhadas de mostrar quem era mais forte e uma grande troca de cotoveladas. King Armstrong mostrou-se demolidor ao usar novamente um “Piledriver” do topo das cordas em Dragon. King fez a tag com Nagata, colocou Crazy em cima de uma mesa de madeira e mandou-lhe preparar o Nagatasault. Porém surgiu uma imagem nos telões e Nagata começou a prestar atenção. Estava Stuart Sanders amarrado pés e mãos em uma cama antiga de madeira, com vários arranhões e lençóis manchados de sangue. Ele gritava desesperado “Eu acredito…Eu acredito…Eu acredito em mim”. Então ele forçou a saiu das cordas, começando a levitar com o pescoço inclinado para trás e a girar descontrolado, dizendo “O Natal começará a marcar o nascimento de alguém…mas o renascimento de um monstro…SANDERS ESTÁ AQUI OU NÃO ESTÁ?”. Nagata, apesar de não parecer tão abalado, se distraiu, e ao apagar das imagens, Scott Bigelow surgiu pegando Nagata com um “BAM!” em cima da mesa de madeira, logo depois derrubando King Armstrong do Apron, levantando Crazy Dragon, esperando Nagata ficar de pé e…MAIN EVENT OF THE EVENIIIIIING! VAI ACABAR! DRAGON É O HOMEM LEGAL! 1……..2………3! ELES RETERAM! SENSACIONAL!

Vencedores e Ainda UWF Tag Team Champions: Daredevils

Os Daredevils celebram como se não houvesse amanhã, King Armstrong retorna inconformado ao ringue e espera que Yuki Nagata se levante. “Você disse que ia me ajudar! Você disse que ia me ajudar!”. King Armstrong grita e gotículas de saliva e sangue vão em direção de Nagata. Yuki parece inconformado consigo mesmo. Os Daredevils já comemoram do lado de fora do ringue, enquanto Armstrong parece fora de si. Ele dá um tapa no rosto de Yuki Nagata e o público simplesmente delira. Nagata e King começam a trocar cotoveladas e o público já vai para o “Holy Shit”. Nagata consegue um “Lariat” em King, que levanta-se e também consegue um “Lariat”. Eles estão de pé novamente e ouvimos a macabra risada de Stuart Sanders a ecoar pela arena. King e Nagata se encaram com violência e assim termina o show.

 

FIM DO SHOW/COBERTURA

 

 

Sobre "Canadian Wrestling God" Luiz Tanaka

16 anos, capricorniano, cursando atualmente o 3º Ano do Ensino Médio. Fui aprovado em Jornalismo na UFAL no ano passado, mas decidi não cursar. Atualmente mantenho o UOW, blog que tenho um apego grande, mas sem qualquer pretensão de torná-lo grande. Sou figura reconhecida principalmente por conta da UWF. Odeio o estereótipo de nerd. Sou apenas um rapaz latinoamericano, sem dinheiro no banco. Sem primos importantes e vindo do interior! O tipo estranho de se conviver, que curte doidamente um Forró Pé-de-Serra ao mesmo tempo que admira muito a cultura estrangeira.

Publicado em 18/12/2014, em RAW IS WAR. Adicione o link aos favoritos. 36 Comentários.

  1. Na, Na, Na, Na, Hey, Hey, Hey, Goodbye! Não confiou na minha amistosidade com a sua pessoa e agora vai acabar o ano chorando suas mágoas, Perfecto. O que posso dizer a respeito? Bem, só lamentos. Minha parte eu fiz, mas se quer ficar esquentadinho e escrever uma carta contra a humanidade culpando meio mundo de pessoas pelo seu fracasso na noite de hoje, fique a vontade. Melhor ser meu amigo e ter livre acesso ao main event do que ser meu inimigo e ser recluso a uma luta contra um senhor de 4º idade com uma foice de carpinteiro na mão, embora isso não seja tão ruim quanto ficar preso em uma Prisão de Segurança Máxima na sua cidade natal… Mas a questão é: me esforcei e tentei ver algo positivo em você de verdade para que pudêssemos zoar Tanaka e Ultimate, mas seu ego falou mais alto e não pode ver isso.

    Agora, aguente as consequências, Aries. Teve sua “revanche” de não sei o que, pois da mesma forma que perdeu o UWF Championship de uma maneira limpa, eu o conquistei legalmente. Pela segunda vez seguida, me mostrei melhor que você. E não me venha com desculpas de que “Valugi blá blá blá”, “Valugi isso”, “Valugi aquilo”. Mesmo com aquela múmia egípcia ali no ringue, eu permaneci de pé, a derrubei quebrando certamente alguns de seus ossos milenares com osteoporose e ainda finalizei meu trabalho conseguindo a contagem em cima de você. Tente me dizer aonde minha vitória foi injusta! Apenas fui o mais forte no combate e isso me levou a vitória e isso me leva a ser o UWF Champion. E claro, sua grande distração o leva a ser apenas sombras hoje.

    Tudo na vida vai e volta, Perfecto. Um dia, você vence ilegalmente um garotinho marginal aspirante a contender ao UWF Title, no outro, é esse garotinho que acaba sendo engolido por um furacão chamado Oldlugi Barros. Mas é assim mesmo. Mas boa sorte na próxima vez que tentar ser contender ao UWF Championship, que deve acontecer lá por volta de 2016, 2017… E por falar em indas e vindas, tem alguém que parece-me não querer sair do meu pé.

    Valugi Barros. Sinceramente, você me lembra Cronos, o Senhor dos Titãs, Mestre do Tempo. Essas rugas na sua testa parecem ser mais velhas que o próprio Universo, como se o tempo passasse muito mais devagar para você; Assim como o titã, você sabe que não pode competir contra os mais jovens e pelo medo, tenta devora-los a fim de que só tu reste como o soberano (pobre Gabriel). Mas lhe digo uma coisa: se ousar entrar no meu caminho por uma terceira vez, vai acabar como Cronos: cortado em um milhão de pedaços e jogado nas profundezas do Tártaro!

    Não tenho nada a tratar com você, se ainda acha que Gabriel mesmo tendo perdido é mais relevante que a sua pessoa, não me interessa. Já disse que não gosto de bater em idosos, mas se for preciso, faço você usar essa sua “foice” que julga ter em mãos para cortar trigo em alguma fazenda da Inglaterra, e isso em uma cadeira de rodas. Não estou achando divertido essa história de querer destaque as custas de main eventers, em especial, as minhas custas. Se intrometa de novo naquilo que ando fazendo que terá uma briga comprada com a pessoa errada. Eu não sou o Hardy que ainda não tem toda uma maturidade, portanto posso acabar com a sua graça num instante. Se cuide, vovô. Meus peeps adoram algumas videocassetadas com gente velha.

    Do seu UWF e Peeps Champion, Christian.

    • Christian e sua verborragia típica, sempre tentando humilhar os seus adversários, e apesar de alguma criatividade, chega a ser ridículo, o modo que se refere a minha pessoa, na verdade você devia agradecer a mim por sua vitória, eu acabei com Perfecto, deixei ele desestabilizado e dei de graça essa vitória, mas claro que seu ego nunca vai reconhecer isso, e modo que você achou para ter algo relevante a falar sobre a luta, foi tentar me desvalorizar como lutador, falando da minha idade, na verdade é coisa bem previsível vindo de você, e sinceramente não me afeta nem um pouco.

      Então Christian, você é simplesmente um coitado que quer chamar atenção de tudo para você, e até os seus peeps estão confusos dessa vez, vi muitas vaias vindo de onde geralmente vem aplausos para você, será que eles vão também de abandonar, nunca confie no público dessa empresa, eles são burros e facilmente manipuláveis e quanto a Perfecto, irei explicar por que lhe ataquei.

  2. Simplesmente aconteceu nesse Raw is War o que eu já esperava. Só eu esperava que a dupla formada por Nagata e Armstrong não iria vencer por culpa de Sanders? Por favor né? Raciocinem comigo. Do nada Nagata e Armstrong decidem fazer uma dupla e lutar pelo Tag Team Title para mandar um aviso para Sanders e o mesmo vai só assistir? Não é da personalidade de Sanders ficar calado com algo desse tipo. Além do mais, os Daredevils não conseguiriam sair vitoriosos sem uma interferência. Mas por que eu estou falando disso não é mesmo? Pouco importava para mim e para Tomyer qual dupla vencesse essa luta porque como eu mesmo disse na entrevista desse show, a atual dupla campeã serve apenas de ponto transitório para a glória da Anti-Gravity. Então, Daredevils se vocês querem um parabéns, eu digo. Meus parabéns por essa vitória, mas a mesma não vai adiantar de nada pois em breve quem estará segurando esses títulos seremos nós. Não serão vocês nem a Monster Corporation que irá nos impedir de sermos vitoriosos. É o nosso destino e com isso vocês não podem lidar.

    Pouco me importa seus gritos e gargarejos, pouco me importa suas metáforas inúteis, pouco me importa suas alucinações! Tudo o que me importa agora são esses títulos que estão com vocês. Apenas eles importam para mim. Eu estou me preparando desde que eu cheguei nessa empresa. Eu realizei meu sonho de ter chegado aqui e agora eu tenho vários objetivos para cumprir. E o atual objetivo é se tornar Tag Team Champion. Para isso, Tomyer aceitou ter se juntado a mim e aceitou me ajudar nesse meu objetivo. Fui muito criticado por ter me juntado a ele e muita gente disse que eu não seria vitorioso enquanto eu estivesse com ele. Sabe o que eu fiz com cada uma dessas críticas? Ignorei. Apenas ignorei. Porque eu sabia que Tomyer não era tudo isso que diziam e eu acreditava nele. Pelo seu histórico dentro dessa empresa eu sabia que ele poderia me ajudar a cumprir meu objetivo. Objetivo esse que está mais perto do que nunca de se concretizar. Nós apenas precisamos de uma chance. Uma chance é o necessário para nós provarmos que somos merecedores desses títulos. Estamos mais preparados do que nunca e sei que não iremos falhar.

    Minha história aqui está apenas começando e eu espero que ela seja longa e cheia de vitórias. O Tag Team Title é apenas o primeiro capítulo de muitos. Eu e Tomyer vamos mostrar para todos, que aliás estão nos vaiando sem motivo algum, que nós somos o lado bom de toda essa situação e que nós salvaremos esses títulos. Como Tomyer disse, uma salvação invisível, mas assim que for concretizada irá abrir os olhos de todos aqui. Daredevils, digam o que quiserem, mas nada irá nos impedir de sermos campeões. É apenas uma questão de tempo.

    Podem acreditar na Anti-Gravity!

  3. Só pode ser brincadeira…

    Deve ser um pesadelo, eu de forma alguma estou acordado, em que mundo Perfecto Aries não pode mais ser contender ao UWF Championship?? Em que dimensão o homem que deu um novo sentido a expressão “Campeão Mundial” não pode ser tornar um. Claro, sei que há o outro lado da moeda, sei que a há um Ultimate e um tal de World Heavyweight Championship, e que talvez pensando melhor eu até possa pensar em entrar nessa história, mas só de imaginar ter de lidar com esses dois vermes de novo, minha empolgação volta ao limbo. E o pior de tudo talvez não seja a forma como fui derrotado, claro que isso foi algo totalmente essencial para que Christian possa sonhar em ter um reinado longo, mas o que realmente me deixa mais revoltado do que perder, é ver esse moleque metido a oportunista dizer que a vitória foi justa. Em que mundo você vive Christian?? Ah é, deve ser naquele que o homem que deu um novo sentido a expressão…. bla bla bla…

    Christian, o que tenho a lhe dizer é simples: Se não fosse por Valugi eu teria lhe derrotado e seus dias como UWF Champion estariam contados, então ao invés de agradecer co DROPKICKS voadores, agradeça com um jantar a luz de velas. Mas reserve a mesa para 3, porque Gabriel Hardy também deveria ser convidado. O título do encontro poderia ser “Os homens que invejam Perfecto e se juntam para derruba-lo, pois individualmente seriam incapazes”. Grande né, mas não há outra forma de expressar, talvez uma sigla os represente melhor.. algo do tipo V.E.R.G.O.N.H.A ou talvez E.S.C.Ó.R.I.A. E não estou sendo injusto com Gabriel Hardy, eu deixei claro desde o ultimo WAR que eu não tenho nada a ver com a novela entre ele e Valugi. Eu só fiz um pedido, que ele controlasse o vovô e tomasse a rédea da situação, mas é como dizem: Se quer bem feito faça você mesmo. Então talvez a culpa tenha sido minha de deixar que um moleque inexperiente tomasse conta do faraó Tutankamon. Sim culpa minha. NÃO, não é culpa minha, eu sei de quem é a verdadeira culpa…

    Ceifador… seu grande imbecil, parece que você realmente tem algum distúrbio, parece que também não enxerga direito. Será que não ficou claro quando eu disse que eu não estava nem aí pra suas ações, contanto que elas não me prejudicassem?? E que se voltasse a ocorrer eu ia te caçar. Pois bem, eu não sei qual é sua intenção ao se misturar no meio de meus assuntos, talvez seu interesse seja o UWF Championship. Se for isso esqueça, pois você acaba de comprar uma briga que não pode vencer, você não somente despertou a minha irá como garantiu meu ódio. Algo que só Nolan tinha conseguido. Mas vocês tem algo em comum: Ambos se meteram entre mim e meu precioso cinturão, ambos me arrancaram o ouro e infelizmente para ti, as semelhanças na história não terminam aí, pois o final será o mesmo, eu rirei por último, eu estarei lá te caçando quando você menos esperar e vou te dar o troco, não importa o quão fundo eu tenha que cavar…

    E só pra finalizar, para os que pensam que está derrota foi meu fim, que pensem novamente, pois eu logo terei nova oportunidade pelo UWF Championship, afinal da forma como Christian tem vencido seus combates, não me surpreenderia que perdesse o cinturão na próxima semana…

    Perfecto Aries

    • Sim, Perfecto é um pesadelo comandado por mim, seu algoz, não sou mais o mesmo, não sou aquele idiota que não fez o pinfall em você quando Rob Awesome lhe atacou no RAW #75, e ali perdi uma oportunidade gigantesca naquele momento, de derrotar um potencial desafiante e ficar conhecido, de crescer na empresa. E o que ganhei? Vou lhe dizer não ganhei nada, só atrasei a minha vida e carreira na UWF com a British Airlines durante vários meses.

      Pode vim com todo o seu ódio Perfecto, eu utilizarei contra você, eu irei provar que não mexo somente com novatos que posso lutar com os dito “grandes”, o ceifador nunca será a caça, ele pode até fazer o outro pensar que é o caçador, mas tudo não vai passar de um jogo para desferir o golpe final e ceifar mais uma alma.

      Então cuidado com o caminho que você está entrando, muitas vezes seu pesadelo virá realidade, e eu serei o seu nemesis, deixando o caminho aberto para o UWF Championship.

      • Naquela época você ainda tinha um lapso de sanidade, hoje tudo o que você tem é uma loucura absurda que te cega e que te faz meter o nariz onde você não deveria. Pare de se lamentar do que não fez na vida, afinal você tem tantos anos nas costas que se fosse reclamar de tudo seria preciso uma franquia maior que a de Velozes e Furiosos…

        Não precisa nem pedir velhote, eu vou desferir todo golpe com o máximo de ódio possível e você com toda certeza vai se arrepender de ter me dado esse empurrão para a insanidade. A voz da insanidade se manifestou em mim depois desse RAW is WAR e se não sabe como ela funciona eu vou te ensinar: Ela me sopra uma palavra que me guia.. E ela me soprou: Ceifador…

        E se eu fosse você não subestimava essa voz, pois o último homem que fez isso hoje vê o sol nascer quadrado todos os dias, é um homem acabado. Tudo porque mesmo quando estou a beira da lucidez eu ainda consigo muito bem pensar e decidir qual a melhor forma de te tirar da jogada. Com Nolan foi a prisão, contigo talvez seja algo pior..

        Não vai demorar Ceifador, a Voz da Insanidade vai te alcançar, e o homem quebrado será teu algoz…

      • eu tinha que ter medo da sua voz da insanidade Perfecto, e engraçado que nessa empresa as vezes parece existir uma disputa para saber quem é mais insano e sinceramente não me incluo nela, eu não sou insano, posso ser maquiavélico, mas isso é outra coisa totalmente diferente, e sinceramente Perfecto, o que tem de mais de mandar o cara para a prisão você só descobriu um esquema do Nolan que mereceu ir para a prisão, isso nada tem a ver com insanidade, pode ter certeza.

      • Desculpa, eu não fui muito claro, não achei que precisasse desenhar para um senhor da terceira idade. Te explicarei mais uma vez, eu não sou qualquer louco, alias eu não sou louco, lidar com a insanidade não é um indício de loucura, essa voz que me sopra coisas no ouvido e que me guia apenas me dá uma direção, ela não influencia em nada nas minhas ações, então sou eu quem tomo as decisões finais, como por exemplo como devo castigar os que se metem comigo, e para Nolan seu fim foi este por que surra-lo era muito fácil e ele tem que penar, então ganhar uma pena, uma sentença pra cumprir e ainda de praxe torno o mundo m lugar melhor. Entendeu agora? Pois bem, se não entendeu eu te lhe ensinarei da forma mais difícil já que o próximo nome é o seu…

      • O problema é quando as pessoas não sabem se expressar, mas de qualquer jeito, como já tinha dito caro Perfecto, você não me assusta, pelo contrário se vier a me atrapalhar em meus objetivos vai fazer parte do caminho do ceifador, porque somente desse jeito você aprenderá.

  4. Nos tempos antigos, o homem com sua espada que atacasse um homem sem sua espada era morto a mando de um nobre. Este homem não era digno de ter honra ou quaisquer benefícios em seu prol, pois ele falhou não só com seu rei, mas com seu juramento.
    Na semana passada, você conseguiu ”negativar” sua conta de ”honra” Morisson!

    Eu realmente pensei em deixar aquele seu ato sujo quieto após eu cortar mechas de seu cabelo podre… joguei as mechas no fogo e o cheiro que veio das cinzas (pó) me levaram a uma leve brisa, e nessa brisa Morrison, eu me vi te deixando praticamente careca após ter te vencido no Royal Rumble!

    Eu estou familiarizado com a dor Morisson, se quer me fazer sangrar ou pelo menos fazer com que eu tenha 0,001% de medo para com sua pessoa… é preciso fazer mais que um simples Tornado DDT! Você precisa provar que o seu ato foi um ato necessário perante o rei… perante mim!

    Se estou com 0-2 em shows, é por sua causa. A primeira você me venceu de uma maneira suja e na outra me atrapalhou, ISSO NÃO VAI FICAR BARATO! Esqueça tudo que você passou na UWF, esqueça todos que você enfrentou nisso que você chama de carreira… EU SOU DIFERENTE DELES! Eu não sou seu maior pesado… isso é o que os fracos dizem, mas eu vou ser seu INFERNO!

    Não me importa o que a UWF esta planejando para o Royal Rumble, eu vou ter meu combate com você lá! Dane-se os 30 homens, dane-se tudo… eu vou encarar você, e é bom você estar com o sangue entre seus dentes porque em Janeiro, vamos começar um novo capitulo nessa empresa Morrison!

  5. Primeiro tenho que dizer que acho que surpreendi a todos do universo UWF de novo, ninguém esperava que fosse atacar Perfecto, até porque já tinha deixado claro que o outro ataque só foi “coincidência”, possivelmente ele não esperava que eu fosse atacar justo nesse momento, mas foi a oportunidade perfeita, já que quando descobrir que a luta teria uma estipulação que me chamou atenção “Perfecto não poderá mais disputar o UWF Championship, enquanto Christian for campeão”.

    Então podia matar dois coelhos com uma cajadada só, primeiro acabar com o sonho de Perfecto de retomar esse título, sim, torna a vida dele um pesadelo, assim como o que eu fiz com Gabriel Hardy, e porque eu quero fazer isso? Simplesmente por ele ser um dos amados pelo público, pensei que ele iria por outra direção depois do que esse mesmo público tinha feito com ele alguns meses atrás, quando foram enganados por Nolan, mas parece que não mudou sua atitude e agora quer culpa tudo e todos por seu fracasso nesse show, você também vai se tornar uma vítima do ceifador.

    E o segundo motivo e não menos importante, o UWF Championship, é claro que foi um ótimo modo de chamar novamente a atenção para mim, mostrar que estou interessado nesse título, já que minha pretensão sempre foi chegar no topo e esse título representa o topo, apesar que os últimos campeões fizeram um trabalho terrível, e deixaram o cinturão tão desvalorizado, que no último PPV o Main Event foi sem valer nenhum cinturão, mesmo merecendo, mostra que os detentores desse cinturão não fizeram por onde, então irei retornar a credibilidade desse título, algo que Christian e seu choros nunca conseguirão fazer, se continuar desse jeito tenho medo que o cinturão de Main Event vire de Low card, fazendo com que nomes sem muita relevância venham a conquistar, entre eles poderia citar Gabriel.

    Falando do meu coleguinha Hardy, novamente ele saiu nocauteado por mim, novamente foi previsível e impulsivo e novamente dormiu no ringue, bem, alma ceifada parece que você nunca aprende, esse tipo de truque não funciona comigo, acho que nada do que você tentar vai fazer, perceba e admita que estou anos luz a sua frente.

  6. Gabriel Hardy

    Doses e doses de uma dolorida aguardente não irão mudar o ocorrido. Esse erro pode ter custado as chances do Perfecto, se não fosse por mim ele talvez poderia se tornar novamente UWF Champion, mas eu tinha que aparecer e estragar tudo. Não pensei antes de executar. Por um instante me tornei novamente aquele garotinho ingênuo de um ano atrás. Mas eu ainda vou me redimir, fique certo disse Aries. Eu podia muito bem ter apenas ido e bater no Valugi com as minha mãos, mas eu preferi voar, do meu jeito, mas dessa vez teve mais turbulências que o esperado, e como qualquer acidente aéreo, se tornou uma tragédia. Olhe só o seu herói, ele é ordinário.

    Eu vi o senhor de camisas listradas dar os três tapas na lona, mas nada pude fazer. Tão doloroso quanto se eu tivesse em seu lugar. Novamente fui peão no joguinho de xadrez do Mr. Inglaterra. Mas sua majestade acabou por cair graças a Christian que nos vingou por um lado. Já chega de se meter nos contos alheios, o nosso não chegou na parte em que vivem felizes para sempre. Começo meio e fim, como a profis do primário ensinou. Tudo isso faz parte do enredo, onde o vilão se da bem por toda a história, mas no fim, as boas pessoas viram o jogo e como já disse, vive feliz para sempre. Você já leu A Lebre e a Tartaruga algum dia?

    • Talvez eu entenda sua atitude de vir aqui e se sentir culpado, e não irei te julgar, pois no fundo o verdadeiro culpado é o velhote, mas culpar um ou outro não muda a realidade, eu não posso mais desafiar Christian, eu não posso mais salvar o UWF Championship daquele falso herói. O UWF Championship teve um Ultimato neste show, ou ele pereceria em escuridão, ou haveria uma luz no fim do túnel.. Mas graças a essa grande novela envolvendo o professor e o aluno eu não posso mais acender uma vela em meio a este apagão. O que apenas peço a você pequeno Hardy é que resolva suas coisas com Valugi mas não decrete seu fim, pois eu quero por minhas mãos nele também…

      • Na verdade Gabriel não teve nada haver com isso Perfecto, simplesmente estou atrás do título, que irei tirar de Christian, olhe pelo lado bom, assim você vai poder voltar a disputar ele, você devia me apoiar nessa empreitada, talvez seja a unica saída para você tentar voltar ao topo, e se for depender do Gabriel para me parar sinceramente você está tomando uma decisão muito errado meu colega

      • O título estando contigo ou com Christian não acrescenta em nada na empresa, mas mesmo com esse seu comportamento estranho eu ainda acredito que você seria melhor segurando aquele cinturão, porque pelo menos você não esconde suas intenções como aquele mascarado dos infernos. Bom, já que eu não posso mais desafiar Christian, faça o favor e tire o título dele, pois assim voltarei a ter minhas chances e quando desafiar você descontarei seus ataques e de quebra limparei a honra do cinturão…

      • Sim, Perfecto, fico feliz que compreendeu isso, mostra que é uma pessoa inteligente e centrada, e quando eu estiver com o título pode ter certeza que você será o 1° contender dele, e retornarei as glorias perdidas desse título e também não vai pensar que você vai tirar ele fácil de mim, mas primeiro o foco é tirar do Christian.

    • Olha que trecho engraçado o Gabriel acredita em história de criancinha, onde o “bem” sempre vence o “mal”, as fãs criancinhas vão ficar tudo felizes quando ouvir isso, não venda ilusões alma ceifada, você só causará decepção e tristeza, mas terei o prazer de mostrar a realidade, que é você novamente sendo derrotado, caindo no chão, aqui é o mundo real não um conto de carochinha.

      Seu golpes sempre tem turbulências contra mim, tão previsível que acho que já ta no meu inconsciente de como escapar deles.

  7. Bem, o que eu poderia dizer sobre um resultado mais que previsível? E não é arrogância dizer que o resultado era previsível, pois vários fatores nos davam maiores chances de vitória. Entre eles: o fator “Sanders” eo “trabalho em equipe”. Tudo isso estava a nosso favor e soubemos muito bem usar desses dois fatores que nos deram a vitória. Que culpa tenho eu se Nagata foi pacóvio o bastante para tirar as atenções da luta? Os Daredevils venceram! E essa vitória nos põe de vez entre as figuras mais temidas da empresa. Com uma série de vitórias incontestável, e agora, adicionamos dois nomes de peso na nossa lista de “traseiros chutados”. Mais duas cabeças expostas em cima de nossas lareiras, dois homens que pensavam se tornar campeões de duplas de uma hora para outra, pelo simples fato de serem especialistas em quebras mesas e mutilar seus próprios corpos na busca desesperada de ter atenção e de ser rotulados como “monstros”. Mas na Tag Division, na NOSSA Tag Division, as coisas não funcionam pelos vossos termos, as regras do jogo não são vocês quem decidem! Foi-se o tempo em que a essa divisão era apenas um saco de lixo abrigando equipes vergonhosas como as F&F e as ex-campeãs, Bet Or Die. Equipes que nós chutamos fora daqui há tempos! Limpamos essa divisão, restauramos a honra a esses cinturões. E agora, que os Tag Titles têm valor, qualquer idiota acha que pode tocar nesse ouro. Mas essa banda toca em acordes diferentes, pois os Daredevils são campeões de duplas com potencial para ser campeões mundiais! E não será assim, do nada, que alguém irá nos tomar essa honraria. Seja o animal pré-histórico que for, ou seja o personagem ultrapassado de filmes de terror! Nós não nos intimidamos e não nos intimidaremos, não existem ameaças para os Daredevils. Nós somos a ameaça, os homens a serem batidos. E nesse Main-Event nós provamos que ser “monstros” não significa quebrar objetos e usar máscaras. Mas sim, fazer o que os Daredevils fazem de melhor: vencer! Chutar traseiros! Sem necessidade de fazer bolos em formatos de Nagata ou algo do tipo, pois nossa insanidade está na nossa técnica, e mesmo sem usar dos recursos “hardcore” a todo instante ouvimos os gritos de “This Is Awesome!”. Somos o novo conceito do que é ser monstro, não precisamos de armas, pois nós somos nossas próprias armas. A prova disso é nosso Main Event of The Evening que derrubou o mastodonte. Somos os pioneiros de um novo estilo de wrestling, wrestling de insanidade técnica, wrestling suícida e brutal.

    Assim como mastodontes entraram em extinção e O Massacre da Serra Elétrica já tornou algo antiquado. Nagata e Armstrong se tornaram apenas história, pois agora só existe uma dupla de monstros na UWF: Os Daredevils! Nos encontraremos denovo um dia seja pelos nossos Tag Titles ou por um dos vossos cinturões, e de uma coisa eu não tenho dúvidas: não será uma luta fácil para nenhum de nós.

    Mas agora, preciso falar com nossos “amiguinhos” da Anti-Gravity. Que por sinal, não estão recebendo nenhuma atenção. Nem o público está levando vocês a sério. Aquelas vaias vão até vocês pois o público está pagando para ver o show, eo simples fato de vocês tomarem o precioso tempo dos nossos fãs aparecendo nos shows já é motivo para que eles vos odeiem. Porque os fãs sentem-se como se estivessem lançando seu dinheiro na lata de lixo quando vocês dão as caras. O vosso odor de fracasso causa nos fãs a reação das vaias. Pois eles torcem para os vencedores, para os campeões! Que pessoa no mundo depositaria sua fé em quem o fracasso é uma realidade? Criaturas despresíveis como vocês, não merecem respeito algum, tudo que irão ter serão mais vaias e um belo chute no traseiro.
    Tomyer, apenas mais um nome conhecido querendo usar a Tag Division como playground. Mas diferente de Armstrong e Nagata, você não representa ameaça alguma. Tudo que sinto é pena de vocês, principalmente de você, Tomyer. Alguém que já alcançou um dia a glória máxima de um lutador, agora reclama de vaias. O homem que um dia foi alguém, hoje não mais nem a sombra de um fracassado. E se você busca por redenção, escolheu o título errado. Pois se quer dar a volta por cima, deveria ter comprado um livro de auto-ajuda na igreja universal. Nos desafiando, a única coisa que irá conaeguir é afundar mais ainda no poço do fracasso. E vai levar contigo o pobre PD, que se ilude em pensar que um dia será alguém lutando ao lado da própria decadência encarnada de cabelos coloridos. Um rapaz jovem, que poderia até ter algum sucesso. Mas prefere lamber botas ao invés de traçar a própria rota. Em um olhar mais profundo, vocês têm a mesma linha de pensamento: PD quer pegar carona no passado de Tomyer em busca de sucesso. E Tomyer decidiu se aliar ao PD por falta de opções em busca de uma redenção que não alcançará. Mas sinto informar, suas metas serão frustradas e tudo que vocês receberão será apenas um órgão de propriedades cilíndricas em vosso reto!

    Mas, como eu sou um campeão muito generoso, vou te dar um incentivo, Tomyer. Um incentivo parecido com o que você recebeu após o Extreme Rules, talvez te ajude (risos irônicos). Tomyer, assista esse vídeo.

    [É mostrado em um vídeo a imagem da porta de um quarto de hospital, nela está pendurada uma placa escrito “MH Das Quebrada”. O cinegrafista entra no quarto, e ao entrar podemos ver Crazy Dragon deitado em uma cama, coberto com lençóis e uma cobertura de latéx em sua cabeça que o faz parecer estar careca – nem tanto -. Podemos perceber que ele estava assistindo algum filme adulto da atriz Ju Pantera, mas muda rápidamente para o PPV da UWF, Extreme Rules, no momento estava sendo exibida a luta de Tags.]

    Cinegrafista: Olá! qual o seu nome, pequeno?

    “Matthew Hunter”: olá (falando com voz fina na tentativa de imitar uma criança) meu nome é Matthew Hunter, e meu sonho é ser igual ao Tomyer! No dia em que eu voltar a ter cabelos eu vou fazer a mesma porcaria ridícula que o Tomyer fez nos dele! vou ficar igual um funkeiro da favela da rocinha! Igual ao Tomyeeeeer! e também, quero ser corno igualzinho a ele, namorar uma mina bem gostosa igual a Daena, e alguém igual o Tanaka pra comer ela sem eu saber. Quero levar a vida que ele leva!

    Cinegrafista: nossa, parece que você é realmente fã do Tomyer. Mas o que você acha dos Daredevils?

    “Matthew hunter”: eu acho que o Tomyer vai enfiar a cara no joelho daquele japonês com bastante força e depois vai bater bem forte com o traseiro na sola do pé daquele gordo! O Tomyer vai acabar com eles! (Dragon sopra uma corneta)

    Cinegrafista: manda um recado para o Tomyer, garoto.

    [a camêra foca em Crazy Dragon e ouvimos um instrumental triste de piano]

    “Matthew Hunter”: Tomyer, você é meu herói! eu acredito que você vai acabar vindo me visitar denovo depois que os Daredevils te chutarem. Quem sabe até você seja meu companheiro de quarto aqui no hospital! Eu te amo, Tomyer! E não morra antes de mim…

    [a camêra desliga]

    então, Tomyer, gostou do presentinho que os Daredevils ficaram duas horas gravando para você? eu espero que sim (risos).
    Pois vocês da anti-Gravity vão precisar de um incentivo divino para vos ajudar, porque quando vocês estiverem no ringue conosco, apenas um auxílio sobrenatural poderá livrar vocês de terem seus órgãos internos esmagados pelo meu Standing Moonsault. Vocês vão lutar pelos nossos termos, jogar o nosso jogo.
    Então é melhor correr, se apressar, sua estrada para a redenção ainda nem começou e nós estamos te esperando aqui em cima, prontos pra te mandar devolta ao início…

    • Abdul Jaba

      Em meio a decepção, existe a hombridade de reconhecer a vitória de vocês; retiveram e honraram a Tag Team Division com esperteza e sincronismo, fiz o que pude para sair daquele ringue com mais um troféu, mas não foi desta vez. Sobre a minha cabeça exposta na prateleira, discordo de vossa senhoria pelo fato de não ter sido DESTRUÍDO, apenas momentaneamente DERROTADO. De resto, curta o tédio que a NAVE TAG TEAM terá, enfrentando o NADA como desafiantes ao título e sim, será um prazer enfrentá-los novamente após a MORTE DO SANDERS, assim o Mastodonte aplicará no Dragão seu lendário Nagasault!

      Congratulações irlandesas,

      King Immortal Armstrong, “The Real Extreme Monster”

      • Se com “nada” você quer dizer “Anti-Gravity”, eis aí um fato em que concordamos em cem porcento. Eu só discordo com você, em ter dito que será um tédio. Pois eu creio que será bem divertido chutar aqueles dois fracassos e fazê-los “desafiar a gravidade”.

        Até a próxima King, espero que um dia nós possamos nos encontrar em um one-on-one clássico. Só eu, você, e um refree. E pode acreditar, que quando isso acontecer eu irei provar que você não é “Immortal”.

        [Bigelow faz um gesto de “Ok” com o polegar.]

    • Abdul Jaba

      NADA = Anti-Alguma Coisa. Quanto ao termo “Immortal”, este continuará eternamente meu nobre Bigelow; já comprei as pipocas para apreciar o massacre da Daredevils no próximo PPV.

  8. Crippler Renato Dias

    É curioso como o Ultimate e o Tanaka conseguem ser tão corajosos, tão valentes, tão destemidos… quanto estão na minha ausência. Semana passada eu tive o desprazer de ouvir esses dois patetas falando sobre minha pessoa e eu fiquei em dúvidas se eu estava vendo uma promo de um show de wrestling, ou um show de Stand-Up de um boteco qualquer. Ultimate, você disse que eu mereço ser introduzido ao Hall of Fluke? Sério? VOCÊ? Você sempre foi o motivo de piada nessa empresa, e você sabe disso. Mesmo que o seu ego patético queira impedir você de enxergar isso, você sempre foi motivo de piada não só agora mas também em outras passagens suas por aqui. Na sua primeira era tirado como o “corno” da empresa. Em sua segunda passagem conseguiu perder para diversos rookies que hoje nem aqui mais estão em 2, 3, 4 minutos. E agora, até mesmo quando você conseguiu o ápice de sua carreira ao se tornar campeão mundial, não passa de um mero capacho. Você vai ter que nascer de novo umas 11 vezes antes de dizer que eu mereço a esse tal Hall of Fluke.

    Eu vim a esse show unicamente para passar uma mensagem a todos. Eu ainda não desisti de ser campeão mundial. Se a dupla de debilóides acha que se livrara de mim só porque me venceram uma vez, estão muito enganados. Espero que essa mensagem tenha sido transmitido a vocês de maneira clara, porque eu ainda vou ser uma dor de cabeça para vocês até recuperar de volta o que é meu por direito.

    Sinceramente eu não estou muito surpreso com a atitude de Felix após eu tentar salvar ele de ter o traseiro chutado naquele ringue. Apesar de eu ter tido uma certa simpatia por ele, e de sempre ter respeitado o talento do mesmo, ele nunca se mostrou um ser confiável. Bem Felix, eu não gostaria de ter um atrito com você, mas se é dessa maneira que você quer, não precisa pedir duas vezes. Eu vou para cima de você como qualquer outro oponente, e você vai preferir ter ficado ao meu lado do que contra mim.

    • Leonardo Felix

      Só uma pessoa pode ganhar o World Heavyweight Championship e você sabe muito bem disso. Eu não quero e não preciso da sua ajuda para acabar com aqueles dois. Na verdade,são eles que precisam um do outro e isso deve ter ficado bem claro a tempos. Eu sei que você provavelmente vai dizer que queria que tivéssemos uma aliança até que eliminássemos eles e aí disputássemos o título apenas entre nós,mas não tenho interesse nessa possibilidade. Quando eu estou atrás do meu objetivo,tudo deve ser deixado de lado. Eu não quero atrito algum. Só quero o WH Title,assim como você claramente expressou que também quer. A questão é que sua vez já foi. Você venceu de uma maneira belíssima,mas jogou tudo fora rapidamente. Você ganhou e fez a felicidade de todos. Eu ganharei e serei mais odiado e invejado que nunca. Eu poderia simplesmente tentar te enganar e depois tirar vantagem de você no momento que me fosse mais oportuno para que eu pudesse vencer. Mas preferi ser honesto e mostrar a que vim. Pelo menos pense por esse lado e veja que na verdade eu continuo te respeitando.

  9. Abdul Jaba

    [Mostra-se King Armstrong com uma camisa de forças, sentado em uma cadeira de balanço, com algumas marcas de sangue espalhadas no peito, sem máscara e de cabeça baixa. Suas duas máscaras estão jogadas ao chão, próximas dos pés da cadeira. O ambiente é iluminado por algumas velas, mas não revelando a amplitude do local].

    Derrota amarga no último show, fruto de uma distração, ou de um pesadelo, ou simplesmente de um verme; Nagata explicará para vocês caso queira. De minha parte, congratulações a Daredevils que aproveitou a chance e nos derrotou, quer dizer: ME DERROTOU. Eu fiz todo meu empenho, para que o Mastodonte fizesse o que faz de melhor: NAGATASAULT. EU não esperava vida longa ao teu lado, porém HONRA seria o termo mais apropriado para a MONSTER CORPORATION, permanecer de pé e conquistar o grande prêmio.

    [King pega as duas máscaras e as coloca sobre sua coxa direita, ergue sua cabeça e diz:]

    Nós estávamos juntos para trazer entretenimento, diversão e dor; nada além disso. Nunca quis flores, presentes ou qualquer objeto que me agradasse o EGO, NÃO! Apenas vencer e demonstrar quais são os ÚNICOS monstros dessa companhia, falha de opinião.
    Só existe um Monstro solitário, um pseudo monstro intelectual e um que vive acompanhado por um dragão; que merda NAGATA!

    Bastava matar nosso oponente e pronto. Cada um para seu lado com os respectivos
    cinturões, nada além disso; acho que pedi demais.

    Não conseguiu se livrar do teu MAIOR ponto fraco: Sanders. E pode falar o contrário, não importa, tua atitude valeu por qualquer palavra que diga. Enquanto não MATAR teu demônio, não será o temível Mastodonte que conheci, não mesmo.

    Falo isso para você, não como amigo, mas por interesse maior. Me apresento de cara limpa, sem máscara para lhe mostrar a enorme frustração que sinto ao perder por vossa causa. A Monster Corporation, em um único dia, causou mais estragos do que as palavras tortas da Anti-Alguma Coisa e foi o maior desafio da carreira dos atuais campeões; inegável. A alegria deu lugar a decepção, e tenho contas à acertar com certo alguém, porém preciso arrumar a casa dos corvos, antes disso.

    [Armstrong pega um balde de pipocas, de longe parecem doces por causa de sua coloração, a medida que a câmera se aproxima, percebe-se que são vermelhas.]

    Preparei este balde de pipocas, para apreciar a morte de Sanders pelas mãos do Mastodonte! Odeio doce, gosto do amargo, por isso enchi o balde com meu próprio sangue e devoro este pequeno artefato com maior prazer. Sangue é algo que Sanders idolatra, mas o meu não irá beber, mas quero vislumbrar a morte de um tolo, por um Mastodonte; se o mesmo for competente para isso. O tapa que lhe dei na cara, demonstra que não existe MEDO por ti Nagata, entenda como um sinal de: “que merda você fez, cara?”

    E enquanto a Extinção não for concluída, não acerto as contas contigo da maneira que deve ser feita, porém se não for competente para se livrar do SANDERS, saiba que EU o farei da pior maneira possível, o que lhe tornará meu INIMIGO PESSOAL até a MORTE. Seja dentro ou fora da tua GAIOLA, EU aguardarei teu decreto definitivo: MORTE ou VIDA para Sanders. Se o Sanders entra e sai da tua mente com facilidade, isso demonstra um ponto fraco muito interessante em ti, para minha doentia pessoa. Sem desculpas, Nagata, aguardo teu decreto no próximo show: ou você MATA Sanders, ou EU o farei e depois ti buscarei para acertar as contas no Inferno que tenho construído na minha mente. Escolha!
    E não considere isso como uma ameaça, mas leve muito a sério o que digo caro amigo.

    [Nesta hora, dois homens de branco surgem usando uma máscara de um homem com bigode, dão alguns choques elétricos em King e o mesmo não reage. King é preso na camisa de força e é conduzido para fora daquele ambiente pouco iluminado.]

    • Ah! pelo amor do deus que eu nem acredito pare de se comportar como um piralho desiludido! Posso saber quando foi que eu me tornei seu herói ou príncipe encantado para tu depositar tanta devoção no mastodonte aqui? Porque eu não me lembro ter prometido que exorcizar esse demônio seria fácil, ou que ele não iria aparecer do nada para tentar nos assombrar!

      Pare de agir como uma criança que nunca ralou um joelho na vida, não me faça arrepender-me de ter lhe reconhecido como Monstro que eu quero derrotar e não apenas um “fetinho” porque eu não lembro de ter aceitado fazer team com alguém tão infantil e mimado!

      Antes de falar das minhas obrigações me diga você, o que estava fazendo quando o vídeo tocou? Porque não estava cobrindo o Scott de cotoveladas que era sua obrigação? Não sabe que atacar o parceiro do homem legal e bloquear a reação da dupla adversária é um dos fundamentos mais básicos desse tipo de luta?

      Você não cumpriu com sua obrigação, então não venha reclamar da minha, pois eu não sou obrigado a levar dedo da cara de ninguém muito menos de um guri que só saiu das fraldas de quatro meses para cá.

      Sanders vai perecer por esses punhos esteja você disposto a ajudar ou não, mas se tem tanto medinho de sofrer para vencê-lo que salte fora agora mesmo pois eu não estou interessado em ouvir seu choro em todo o calvário que será necessário para dar um túmulo perpétuo a esse ser secular!

      Então decida-se, ou age feito um monstro adulto ou continua a tagarelar as mágoas!

      EU AINDA SOU O MASTODONTE!

      • Abdul Jaba

        Prove então, ao invés de ficar olhando para um telão qualquer, a sombra de um verme; quanto as regras: as conheço muito bem, a ponto de deixa-lo com a faca e o queijo na mão.

        Passar bem, senhor.

  10. Destino. De acordo com o dicionário, destino é a fatalidade que estariam sujeitas todos os seres do mundo, A mesma característica é dada à Moros, deus primordial, o qual nasceu cego concedendo-lhe a inevitabilidade diante do que ocorre, tornando-lhe tão poderoso quanto o próprio Zeus. Apesar de ser considerado algo imutável, preso, pelas Moiras, em linhas poderosas, existe algo que pode tornar-nos tão poderosos quanto qualquer coisa, e isso significa tomar o controle do nosso destino. Muitos de vocês, leigos malditos, podem achar que isso é verdade, mas basta fazermos uma escolha, para que o rumo das coisas seja modificado ao nosso bel prazer. Fazendo isso, tomamos o poder concebido à Moros das suas mãos. Tornamo-nos senhores dos nossos destinos, e se possível, dos destinos alheios, e isso foi provado, por mim, nesse show.

    No meu último comentário, eu disse que traria uma nova era de violência para a UWF. Eu disse que faria cada membro desse roster sentir o que eu senti durante os anos que sofri, física e psicologicamente, durante toda a minha vida. Eu disse que demonstraria à todos os motivos da minha luta, e provei isso destruindo o crânio de Phil Cavanagh com o meu Lifting DDT. Muitas bocas falarão que eu consegui graças à confusão entre o mesmo e o tal de WS Morrison… SIM, EU O FIZ, E NÃO TEM O PORQUÊ VOCÊS FICAREM SOLTANDO ISSO DAS SUAS BOQUINHAS MISERÁVEIS E NOJENTAS! Eu fiz isso porque eu podia fazer. Eu sou o dono do meu destino. Quando tive a oportunidade de trucidar Cavanagh, não existiu momento mais oportuno para fazê-lo. Não vou me vangloriar por ter derrotado-o, mas deixo claro que ele foi a primeira vítima da minha onda de violências, e eu juro, pelo túmulo de meu pai, que me sorri para mim, nesse mesmo instante da sétima prisão do Inferno, que eu farei muitas mais ao longo da minha subida ao topo dessa cadeia alimentar. Abram os olhos, Tank está aqui, e o seu destino, está em minhas mãos.

    • Corrigindo um erro (brutal) ortográfico: Não vou me vangloriar por ter derrotado-o, mas deixo claro que ele foi a primeira vítima da minha onda de violências, e eu juro, pelo túmulo de meu pai, que sorri para mim nesse mesmo instante da sétima prisão do Inferno, que eu farei muitas mais ao longo da minha subida ao topo dessa cadeia alimentar. Abram os olhos, Tank está aqui, e o seu destino está em minhas mãos. *

  11. Assustador

    Antes de qualquer palavra sobre o que aconteceu nesse show, eu quero dar algumas palavras sobre a UWF como um todo. “Uma câmera de fora para dentro da arena, mostrando o público erguendo suas placas, principalmente em apoio aos Daredevils e aos monstros Yuki Nagata e King Armstrong.” Isso mostra que eu posso dizer que os Daredevils são a elite da UWF. Como Bigelow já disse, os Daredevils tem o potencial para serem campeões mundiais, se bem que em uma UWF onde os campeões mundiais são Christian e TUO, qualquer um tem esse potencial, só que em níveis diferentes. Toda alegria, raiva, dominação e sucesso misturados pelo poder dos gritos e gargarejos provocaram uma nova era na UWF, onde não é preciso ser campeão mundial para ser considerado o melhor. Chore Ultimate, chore Crystian, chorem Anti-Gravity, chorem todo mundo, os Daredevils são os melhores!

    “O homem que está do lado da janela já foi um soldado. Em seu treinamento, surgiram situações piores do que esta, muito piores. Ele pode conseguir, ele sabe que pode. Afinal, 45 centímetros é muito espaço. Se fosse no chão, ninguém iria se preocupar. O homem dá um passo, dá outro e mais outro. Eis o homem, eis a beirada, eis o lúgubre zumbido do vento, o indiferente brilho das estrelas distantes. Tirando isso, só há apenas comédia pastelão. O homem dá mais um passo… Pastelão, coisas que jamais cogitamos, até ser tarde de mais.” Essa resuma o que aconteceu no final desse show. Nagata estava com a gloria nas suas mãos, mais por confiança demais, e por consequência burrice, ele prestou muita atenção na comédia pastelão e deixou a glória cair e mais uma vez os gritos e gargarejos foram soberanos. Eu disse seriam lançadas ogivas nucleares, e ele vieram em forma de comédia pastelão, isso é o poder os gritos e gargarejos.

    Armstrong e Nagata, não se preocupem, vocês ainda são os únicos monstros da UWF, porque os Daredevils são muito mais do que simples monstros, eles são muito mais do que vocês acham que eles são. Se quiserem, podem pedir uma revanche, mas fiquem sabendo que resultado será o mesmo: Pastelão.

    E que dizer dos Anti-Gravity? Eles dizem que os Daredevils são arrogantes e metidos, que bobagem, nós não somos nada disso do que eles pensam, nós somos apenas superiores, só isso. Como eu disse antigamente, toda a “rivalidade” entre os Daredevils e os Anti-Gravity não se passa de um filler, isso tanto uma verdade que ninguém liga se o Tomyer e o PD já derrotaram o Dragão Louco.

    E como eu quero que essa “rivalidade” evolua para o nível de canon-filler, resolvi tirar os status de clandestinos dos Anti-Gravity. Mas antes de entre na Nave Tag Team Division, eles terão passar em uns testes, porque para entrar na Nave Tag Team Division tem que ser selado, registrado, carimbado, avaliado, rotulado se quiser voar! Tomyer e PD, boa sorte amigos.

    • Abdul Jaba

      Será um prazer Dragão, entretanto outra pessoa estará ao meu lado (salvo o exorcismo do Stuart Sanders), então divirta-se com a tua tediosa rivalidade momentânea. Não entrarei na tua nave, porque será abatida! Anti-Alguma Coisa x Daredevils = Tédio Pastelônico.

      King Immortal Armstrong – “The Real Extreme Monster” – 80 dias e contando

  12. Leonardo Felix

    É incrível como tem caras que não tem a capacidade nem de fazer o único trabalho para o qual foram designados. Eu soltei a submission antes do imbecil poder contar o 5,mas mesmo assim ele quis me prejudicar e acabar com a luta. Por isso foi discutir com esse cidadão. Imagine se esse tipo de coisa acontece quando valesse,por exemplo,um título. Não pode.

    Eu tenho plena noção de que o Crippler não vai largar mão da sua rematch pelo World Heavyweight Championship. Ele não é nenhum idiota e isso é seu direito. Mas é por esse motivo que o estou tratando dessa forma. Sei que ele é mais um que está no meu caminho para que eu possa conquistar esse título. Também sei que não entenderá isso e com certeza achará que estou levando para o lado pessoal. Porém,como já disse,tudo que faço tem um propósito por trás,nada é de graça. Não esperava pela sua reação,já que parecia tão debilitado quando o referee acabou com a luta. Mas tudo bem. Espero que não ache isso nada demais.

    É bom que o Tanaka e seu ego saibam que existe um belo alvo nas costas dele e do Ultimate. O melhor é ele ainda tentar colocar como se quem estivesse atrás deles tivesse qualquer outro motivo a não ser o título que pertence,tecnicamente,aos dois. Eu ainda não sei em qual das 2 principais lutas estarei,se será contra o Ultimate que lutarei ou na Royal Rumble Match. Pra mim,não importa. Por que? Porque eu irei ganhar qualquer uma delas. A dupla Ultimate/Tanaka será destruída pelas minhas mãos. A partir do momento que as coisas começarem a dar errado,eu sei que isso acabará. E é bom que o Ultimate saiba que não tem nenhuma chance contra mim. Eu sou muito melhor que ele e não há nada que possa fazer pra mudar isso…Ah,você poderia me dar o título para fugir da surra,mas não é assim que trabalho. Então,boa sorte na sua tentativa (falha) de sobrevivência.

  13. ♪I’ beginning to look a lot like Christimas! ♪

    Que bela época para se começar aqui, não é? No exato dia que o salvador dos cristões nasceu, eu resolvo aparecer. Um sinal que venho para salvar todos, não é? Bem… Acho que não. Estou mais para alguém que veio apenas para ajudar, ou talvez apenas para se divertir. Observando esse show, por exemplo, vejo que a UWF pode me deixar ocupado por um longo tempo. Ódio em todos os lugares que se olha, pessoas se espancando apenas por conta de seu ego, traições e tudo mais que um grandioso espetáculo pode oferecer.
    Porém existe um padrão em todos os wrestlers. Um padrão que me deixa irritado. Os olhos… Sim, os olhos. Não consigo ver o brilho de quem realmente se sente vivo nos olhos de ninguém por aqui. Vocês podem negar, mas na realidade bem no fundo todos sabem que eu tenho razão. E quer saber qual é a melhor maneira de se sentir vivo? Sentindo dor. A dor é a maior prova que você está vivo, que seu sistema nervoso está funcionando plenamente e que a vida na verdade não é um grande sonho. Porém quando eu falo sentir dor, não é apenas a sua própria dor. É a dor de seu oponente, é a dor das pessoas que te cercam, é a dor que está fluindo ao nosso redor o tempo inteiro. Quando você dá um soco em seu adversário você sabe que ele está sentindo dor, não é? E você se sente bem por isso, mesmo que seja de uma forma passageira. E quando é o seu adversário que te acerta um belo chute no meio da cara? Seus nervosos sofrem uma explosão e seu cérebro manda uma mensagem automática, é basicamente um instinto selvagem que toma conta e fala que seu objetivo nesse momento é devolver a dor sofrida. Porém nesse momento que se sente raiva e o instinto toma conta, não se deve simplesmente ir lá e devolver a porrada! Deve se sentir a dor, deve se sentir vivo! Quando você se sente vivo a sua vontade de lutar somente se eleva, gerando assim uma das sensações mais prazerosas da vida!
    Veja o exemplo do Phil Cavanagh: Ele foi tomado pelo ódio e atacou o Morrison sem levar em consideração a sua luta. Isso acontece por conta de seu subconsciente que gera uma sentimento de necessidade de sentir a dor do seu inimigo. Afinal, ganhar a luta seria muito mais vantajoso para provar qualquer coisa para o seu rival, mas atacar ele foi uma ação mais vantajosa para sentir-se bem consigo. Ele não soube utilizar a dor para sua vantagem de uma maneira total, mas provou que boa parte da minha teoria está certa.
    Nesse mundo tudo gira em torno da dor, e é por isso que eu estou nessa empresa. Eu quero sentir dor, quero me sentir vivo! E ao mesmo tempo irei trazer a dor e fazer vocês se sentirem vivos! É uma relação de ganho para ambos os lados.
    Imagino que alguém irá aparecer falando que isso de sentir dor é algo idiota, que apenas é interessante causar a dor, pois sentir a dor não trará nenhuma vantagem. Bom, quem pensa assim está totalmente errado. Se você apenas causar dor, uma hora ou outra alguém irá te atacar de tal forma que não vai sobrar nem mesmo uma gota de sua alma, enquanto o seu corpo é coberto por um rio de sangue e seu psicológico é destruído. Porém apenas sentir dor própria é errado, afinal, quem gosta de sentir apenas a sua própria dor provavelmente se tranca em casa enquanto escuta Demi Lovato e se corta.
    Espero que todos entendam a mensagem que eu estou querendo passar. Mas se alguém não entender, não se preocupe. Basta me enfrentar naquele ringue que pessoalmente farei você entender do que estou falando.
    Falando em se enfrentar naquele ringue, tivemos confrontos interessantes nesse Raw is WAR, o que mais me chamou atenção foi sem dúvidas o Main Event. Uma luta brutal, onde os quatro lutadores usaram tudo que foi possível para machucar os seus oponentes. É exatamente isso que eu estou buscando por aqui. Vendo um pouco sobre Yuki Nagata e King Armstrong percebo que eles entendem um pouco sobre a minha filosofia, porém não apresentam a ideia em uma totalidade. Porém só esse pouco que eles apresentam já deixa ambos em um patamar superior ao restante da federação. Espero ter uma luta contra algum deles logo para ver se minha teoria está certa.

    Vejo todos vocês em breve.

  14. Tank é um sistema de armas que reúne em si, sob determinada prioridade sistêmica, as 5 ações essenciais ao combate: Poder de fogo, Ação de Choque, Proteção, Mobilidade, e Informações e Comunicações.

    Então, porque devemos chamar o wrestler Tank de TANK?

    Como você quer ter PODER DE FOGO sendo que a FRAQUEZA já te domou?
    Como você quer transmitir MEDO, sendo que você mesmo o sente?
    Como ter PROTEÇÃO com seu corpo sendo mais delicado do que uma simples mulher?
    Como ser RÁPIDO, sendo LENTO?
    E como ser INTELIGENTE, sendo BURRO?

    ENTÃO EU TE PERGUNTO, PORQUE DEVEMOS TE CHAMAR DE TANK?!

    Você colocou nesse lixo que chama de cabeça que chutou minha bunda há algumas semanas, colocou na sua cabeça que me humilhou e venceu… o que eu posso dizer sobre isso?
    Não, se eu disser que perdi o combate porque o Morrison me atrapalhou eu estaria dizendo a verdade, mas, também estaria sendo um puta de um fraco.
    Mas Tank, você não ganhou de mim quando meus punhos estavam em conflito com os seus, eu te quebrei, não comi sua carne e joguei seus ossos para os lobos mas eu te quebrei!

    Porque não marcamos uma luta entre você e eu para confirmarmos as veracidades dos fatos?
    É só marcar!

    Morrison, desde que eu decidi que eu iria combater você, eu tenho te ensinar!
    Eu tento te ensinar o significado da palavra DOR! E a dor só se vai conhecendo aos poucos assim como eu estou fazendo com você. Isso não é nada comparado ao que eu vou fazer com você no RR, lá você vai sofrer, vai beber seu próprio sangue naquele ringue, eu vou bater você Morrison!

    • Fraqueza? Medo? Lento? Burro?

      Eu não fui fraco quando levantei o teu corpo com toda a facilidade do mundo, e fiz com que a sua cabeça chocar-se com no chão. Não fui burro em utilizar a oportunidade que eu tive, para deixa-lo desmaiado no ringue. Não fui burro ao perceber essa oportunidade, e não tive medo algum de suas palavras, e não terei medo das acções que você quiser tomar contra mim. VOCÊ é um fraco! VOCÊ distraiu-se com o Morrison, e você foi que resolveu sair do ringue. Você foi o responsável pelas suas atitudes estúpidas e pagou o preço por isso, eu fui apenas o homem que selou a sua falta de discernimento. Eu sou mais inteligente, mais rápido, mais forte e mais corajoso que você, e isso me torna um verdadeiro TANQUE! Você quer mais uma luta? Estou disposto à aceita-la, mas tornemos tudo mais interessante: Chame o seu amigo, WS Morrison, para juntar-se a nós. Será algo maravilhoso chutar a bunda de dois incompetentes ”lutadores”, que acham-se capazes de estar em um ringue.

      • Não confunda força com adrenalina do momento, Tank.

        Não confunda inteligência com oportunismo, parecem ser palavras com sentidos iguais mas não são.

        VOCÊ NÃO É UM TANQUE!

        Quero te enfrentar de homem para homem, meu punho contra o seu punho, meu sangue contra o seu sangue, EU contra VOCÊ.

        Não precisamos do Morrison para me atrapalhar novamente, quero ver se em uma luta justa você é tudo isso que diz ser, estou louco para saber.

        Quero ver você cuspir seu próprio sangue, pronto para isso, TANK?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: