UWF RAW #95 – Quatro canadenses

NfBBylH

>> Preview:

As tensões começaram a eclodir entre Leonardo Félix e Luiz Tanaka na última semana, quando o primeiro tentou peitar o autoproclamado Deus do Wrestling. Esta noite eles irão se enfrentar. Além disso, os confrontos individuais entre a Anti-Gravity e os Daredevils continuarão. E ainda, qual será a “nova” de WS Morrison para esta semana?

>> Cobertura:

Explodem as pirotecnias! O público em Sioux City, Iowa está muito animado para mais uma edição do RAW. Os comentaristas são Joey Styles e Ace Steel.

Joey Styles: Sejam muito bem vindos a mais uma edição do RAW! Estamos aqui direto do Tyson Events Center…A UWF mais uma vez está em Iowa! O clima natalino está tomando conta da empresa e nosso próximo evento especial só é no ano que vem. O Royal Rumble está chegando…30 Homens lutando por uma chance de estar no evento principal da UWF Wrestlemania III. Mas fora isso, tenho ao meu lado o grande Ace Steel.

Ace Steel: Saudações a todo o UWF Universe…Isso mesmo, haverá muito tempo para que se gerem tensões e parece que as duas brands estão digladiando. Pudemos ver no último RAW is WAR, na grande Six-Man Tag Team Match que as coisas não estão muito boas para o povo não.

Joey Styles: Por falar na Six-Man Tag Team Match, ficou marcado para esta noite um grande combate. Luiz Tanaka, de volta individualmente aos combates da empresa, enfrenta Leonardo Félix, o homem que, segundo ele, causou a derrota da equipe no último show.

Ace Steel: Se a intenção de Leonardo Félix era chamar atenção, creio que conseguiu. Porém conseguiu da maneira errada. Ele já lutou inúmeras vezes contra Luiz Tanaka e nunca conseguiu vencê-lo. Se a história irá mudar, a gente precisa enxergar em breve.

Joey Styles: E vamos direto ao nosso primeiro combate da noite. Dentro do ringue já temos Andréas Saint. O misterioso lutador que ninguém sabe nada a respeito, nem mesmo quem é. E seu oponente…

Toca “Slay Me” e surge a estranha figura justiceira de CaiqueSH, o querido Omega. O público gostou de sua atitude de defender Gabriel Hardy e nisso ele construiu uma boa popularidade. Vemos alguns símbolos de Omega espalhados pelo público.

.

Match #1: Singles Match – CaiqueSH vs. Andréas Saint

A luta durou pouco mais de quatro minutos. CaiqueSH demonstrou agilidade e interagiu bastante com o público durante o combate. Ao fim, trancou Saint em um “Omega Deathlock”, obrigando-lhe a ceder o tapout.

Vencedor: CaiqueSH

.

Joey Styles: Omega leva sua primeira vitória na empresa.

Ace Steel: A justiça será feita com dor.

Joey Styles: Não para quem está fazendo, pelo que parece. Mas na semana passada tivemos uma leve revanche de King Armstrong para com Stuart Sanders. O que realmente aconteceu? Sanders comentará sobre isso.

Começa a ser mostrado um vídeo com Stuart Sanders se levantando do ataque de King Armstrong.

Stuart Sanders: Olhem bem para mim – Ele agarra a câmera e fica a encarando de perto – Eu estou de volta para a UWF. Eu não sei se preciso disso, mas vocês precisam disso. Eu ouvi por muito tempo que estava sendo formada uma nova geração de monstros aqui dentro. Hahaha, eu convivo com monstros pessoais dentro de minha mente há muito tempo. King Armstrong foi minha última derrota dentro desta empresa. Por anos eu estive fora de mim, mas estou conseguindo encontrar a verdadeira identidade de Stuart Sanders. Eu estou de volta para ensinar… Não como os professores anciãos. Eu quero ensinar ao povo como realmente se faz o Extreme. Não é por inventar uma estipulação que você pode ser considerado um rei. Existe um rei dentro da UWF. Eu teria que falar por qual motivo voltei aqui, mas um safado resolve me atacar pelas costas. Eu não tenho superpoderes! Eu mal posso perceber quando estou dentro de mim, imagine quando outra pessoa se aproxima sem aviso prévio com o punho em riste para me atacar? Pois é… Stuart Sanders voltou trazendo o que ele já deveria ter trazido desde o começo. O maior acerto de quem quer que seja que tenha criado o mal foi ter lhe dado uma raiz. Porém para o meu deleite, eu sei como matar coisas. Armstrong, não é por você ser irlandês ou por pesar “x” quilos que eu vou temer a você. Eu temo a mim. Algumas vezes sinto medo do que posso ser capaz de fazer para minha pessoa. – Ele dá um sorriso irônico – Mas a quem eu quero enganar? O medo foi embora junto do meu cordão umbilical e um vazio ficou dentro de mim. E sabe como eu preencho isso? Bebendo sangue… Com licença – Stuart Sanders se retira.

.

O show vai aos comerciais. No retorno, temos PD Lopes no meio do ringue com Tomyer.

PD Lopes: É um caminho natural…Na semana passada, Tomyer derrotou Crazy Dragon bem no meio deste ringue. É apenas uma pequena prova da superioridade da Anti-Gravity. Agora é meio irônico ter que chamar um gordo fedido para lutar contra pessoas que não conhecem a gravidade. Eu vou provar, bem como meu amigo provou, que o talento sobressai qualquer popularidade. – O público canta “Boring” – Eu estou dentro desta empresa para conquistar o ouro. Por isso foi formada a nossa equipe! Vamos passar por cima de […]

PD Lopes é interrompido quando começa a tocar “Psycho”. Scott Bigelow faz seu caminho ao ringue em velocidade, com Crazy Dragon nas costas, como se fosse um grande boi com um vaqueiro nas costas. Crazy faz o gesto de um laço com seu cinturão. Bem…É hora da luta!

.

Match #2: Singles Match – Scott Bigelow (w/Crazy Dragon) vs. PD Lopes (w/Tomyer)

PD Lopes ousou em tentar dar trabalho para Scott Bigelow, porém as diferenças de tamanho se evidenciaram. PD usou-se de sua elasticidade e de chutes violentos para desestabilizar o gigante, mas acabou caindo em um gigantesco “BAM!”, que finalizou de vez a luta.

Vencedor: Scott Bigelow

.

Joey Styles: Não deu para PD Lopes!

Ace Steel: E Bigelow segue como uma máquina de destruição imbatível desde que chegou à UWF. Quem vai parar este touro?

Joey Styles: Vale lembrar que Tomyer parou Yuki Nagata certa vez. Eu não duvido mais de nada dentro da UWF.

Ace Steel: Mas temos que ver as circunstâncias. Naquela época Tomyer não lutava por um cinturão de duplas, era um dos principais nomes da empresa, Nagata estava lesionado e ele ainda teve uma ajudinha.

Joey Styles: Não tire a magia do feito, Steel. Ainda esta noite teremos um grande combate entre Luiz Tanaka e Leonardo Félix, para selar de vez a guerra. E por sinal, nossa querida Devin Taylor está com Luiz Tanaka e The Ultimate Opportunist na área de entrevistas.

.

Devin Taylor: Isso mesmo Joe […] – Devin é interrompida por WS Morrison, que aparece para conversar com Tanaka.

WS Morrison: Então quer dizer que […] – Ultimate ergue a mão e coloca bem na frente do seu rosto.

Ultimate: Você outra vez?

Tanaka: Deixa Ultimate, eu dou autógrafo. Se isso for preciso para que me deixem em paz, eu faço isso.

WS Morrison: Engraçadinho você. Sou aquele com quem você discutiu no twitter durante a semana. – Tanaka e Ultimate caem na risada – Pode rir, pode rir a vontade. Eu só quero a oportunidade de quebrar a sua esta noite!

Tanaka: Você não ouviu o anúncio do meu último combate? Você é surdo? Quer roubar o holofote? Eu chamo a equipe de produção e mando eles colocarem esse aqui na sala de maquiagem. Suma, vá para o ringue, tem alguém pra você lá. Não faça eu perder mais tempo do que já perdi com você. SUMA! – WS Morrison migra para o ringue e Tanaka volta suas atenções para Devin.

Devin Taylor: Pois é…Posso agora?

Tanaka: Com certeza, linda – Ele começa a mexer nos cabelos de Devin.

Devin Taylor: O que foi aquilo que aconteceu na semana passada?

Tanaka: Sabe, Devin… Eu penso que Félix tem algum problema. Na semana passada eu dei-lhe uma oportunidade única e indispensável de mostrar serviço no evento principal de um show ao lado dos dois maiores nomes da empresa. Dei a chance dele fazer três nomes parecerem mais idiotas do que realmente são e ele resolve destruir tudo. E o pior é que sempre foi assim. Ele consegue destruir lutas e isso o destrói. Atacar produtores, ganhar de um chorão ou querer me peitar não dá moral para ningém aqui dentro. Ele precisa entender que precisa ganhar muita coisa pra poder pelo menos me dirigir a palavra. Desde a época da primeira Wrestlemania, que me obrigaram a lutar com ele, tudo mudou. Fizemos alguns combates interessantes e até pensei que ele teria algum jeito…mas não! É decepção por cima de decepção, fracasso por cima de fracasso. Será que ele não cansa da merda de vida que tem? Deus ou o Demônio te colocou no mundo apenas para sofrer. O que é que ele ainda faz dentro dessa empresa? Ninguém quer ele aqui! Se quisessem não o tratariam como um saco de lixo furado. Se ele pensasse um pouco em suas atitudes, veria que jogou fora a oportunidade do mês. Depois que não venha reclamar com agentes e produtores a falta de chances. Félix, você não nasceu para isso e consegue estragar a leve faísca de esperança com toda sua idiotice. Faça o favor de sumir daqui. É bom para você, é bom para todos. – O show corta para os comerciais.

O show volta dos comerciais. Toca “The New Transmission” e, para muitas vaias do público e cânticos de “Gay”, WS Morrison faz seu caminho ao ringue. Logo depois toca “Reach for the sky” e Phil Cavanagh faz seu caminho ao ringue, para sua estreia pela UWF.

.

Match #3: Singles Match – Phil Cavanagh vs. WS Morrison

A luta durou nove minutos e WS Morrison usou de todas as táticas sujas conhecidas para desestabilizar seu oponente. Sempre que possível ele puxava a barba de Cavanagh. Ao fim, WS Morrison conseguiu um “Flying Chuck” e finalizou o combate colocando os pés nas cordas durante o pinfall

Vencedor: WS Morrison

WS Morrison puxa Phil para fora do ringue e pega uma tesoura debaixo do ringue. Ele tenta cortar parte da barba de Phil, mas este lhe toma a tesoura, lhe dá um soco e…IH CARAMBA! ELE CORTOU UM PEDAÇO DO CABELO DE MORRISON! WS fica desesperado e tenta tapar a parte cortada com a mão enquanto se retira. Phil ergue e mecha que conseguiu tirar e o público festeja.

.

Joey Styles: É serio isso? Deus do céu, é cada uma que a gente vê aqui!

Ace Steel: Quando eu falei do moleque, muita gente me crucificou, isso e aquilo. Mas olha o papel a que ele se presta aqui. Ele foi cortar a barba de outro homem em rede nacional!

Joey Styles: Tem gosto pra tudo… E eu fiquei sabendo que Yuki Nagata fará um pronunciamento no próximo RAW sobre todos os acontecimentos que cercaram o Hell on Earth e como será daqui pra frente. Vamos aguardar! E logo após os comerciais teremos Luiz Tanaka enfrentando Leonardo Félix! – O show vai para os comerciais.

.

Na volta, começa a tocar “Enough is Enough” e Leonardo Félix faz seu caminho ao ringue, para vaias do público. Logo depois toca “Dirty Angel” e logo percebemos subir as placas de “Ultimate Sucks” e “Tanaka Sucks” por toda a arena. E eles surgem, para muitas vaias do público. Tanaka com o cinturão, Ultimate lhe acompanhando.

O anunciador de ringue faz as introduções e…VAMOS PARA O MAIN EVENT!

.

Main Event: Singles Match – Luiz Tanaka (w/The Ultimate Opportunist) vs. Leonardo Félix

A luta caminhava para o décimo quinto minuto, quando Tanaka aplicou um “Codebreaker” em Félix e este rolou para fora do ringue, para evitar o pinfall. Ultimate ficou lhe provocando, ele levantou e partiu para cima do campeão a lhe acertar cotoveladas. Tanaka desceu do ringue, buscou uma cadeira e começou a atacar Félix. O árbitro rapidamente mandou soar o gongo.

Vencedor: Leonardo Félix por DQ

Tanaka joga fora a cadeira e começa a caçoar das cotoveladas de Félix, descarregando várias em seu rosto. Logo depois ele rola Leonardo para o ringue, Ultimate lhe pega e…ULTIMATE BOMB! Ultimate também começa a descarregar cotoveladas em Félix. Crippler surge correndo pela rampa e ataca Tanaka pelas costas com uma cadeira de aço, lhe deixando caído. Ele adentra ao ringue e tira a alma de Ultimate com um “Release German Suplex” e fica de cara para Leonardo Félix, que luta para se reestabelecer. Crippler lhe oferece um aperto de mão, mas Félix mostra-lhe o dedo médio e dá-lhe um forte soco no rosto, indo embora do ringue. Tudo se encerra com Crippler sentindo o queixo após o soco, Félix indo embora pela rampa, Ultimate caído no ringue com a mão na cabeça e Tanaka tentando ficar de pé.

 

FIM DO SHOW/COBERTURA

Sobre "Canadian Wrestling God" Luiz Tanaka

16 anos, capricorniano, cursando atualmente o 3º Ano do Ensino Médio. Fui aprovado em Jornalismo na UFAL no ano passado, mas decidi não cursar. Atualmente mantenho o UOW, blog que tenho um apego grande, mas sem qualquer pretensão de torná-lo grande. Sou figura reconhecida principalmente por conta da UWF. Odeio o estereótipo de nerd. Sou apenas um rapaz latinoamericano, sem dinheiro no banco. Sem primos importantes e vindo do interior! O tipo estranho de se conviver, que curte doidamente um Forró Pé-de-Serra ao mesmo tempo que admira muito a cultura estrangeira.

Publicado em 10/12/2014, em RAW. Adicione o link aos favoritos. 19 Comentários.

  1. Anderson Santana

    Eu Posso ter perdido a match…Mas eu Prometo que muito em breve minha situacao vai melhorar

  2. Um ola a todos, em mais uma semana eu venho até aqui e mostro meu imenso talento dentro deste ringue, um talento desvalorizado pelos grandes da empresa e agora também desvalorizado pela Crowd. E incrível como esse povinho que não consegue apreciar o talento e o estilo do melhor novato desta era, um estilo que teria sido passado para meu oponente na noite passada.

    Tudo bem que eu meio que agi as pressas, mas aquela barba precisava de uma estilizada, Mas oque eu ganho tentando ser um cara legal ? Vaias, xingamentos e um desgraçado acabando com o meu cabelo!!!

    Olhem bem, como se não bastasse desprezarem o show que dou a todos me vem este perdedor e me faz um estrago desses? Minha paciência aqui esta acabando, se todos querem ver a mim em um modo mais radical então vamos começar a radicalizar tudo.

    E você Phil Cavanagh e melhor correr enquanto pode por que quando eu te encontrar eu vou dar o troco de modo bem doloroso. Quem sabe assim esses imbecis não valorizam mais o talento que estão desperdiçando.

    W.S. Morrison.

  3. Gabriel Hardy

    Dirigindo por essas estradas estadunidenses, ouvindo aquele som maroto que é o country, bebendo uma Coca-Cola com gelo e sendo comunista. Durante esse tempo penso o que será de mim. Quando o dia primeiro chegar, eu não vou prometer que esse será o ano do Gabriel Hardy, e falar que finalmente irei ganhar títulos, irei ficar marcado pra história e toda aquela baboseira que um dia eu já disse. Eu criei muitas expectativas esse ano e não me dei bem com elas. Estipulei metas e não completei se quer 30% do que planejei, podemos dizer que fracassei. Cansei de me sentir como aquele filho que pede um iPhone 6 e ganha um Moto G do pai.

    Com a chegada do Royal Rumble pairam algumas perguntas no ar. Será que eu vou ganhar a Battle Royal? Será que irei para a Wrestlemania? Ano passado disse que não, depois me ensinaram que não posso ser realista e que tenho que confiar em mim mesmo e então mudei minha opinião e falei que iria ganhar. Fim das contas Christian trombou em mim e fui eliminado depois de alguns segundos no ring. Então não posso falar pra vocês se irei ganhar ou perder desta vez, além de fazê-los acreditar em algo que pode não ocorrer, posso me iludir também.

    Na noite de segunda parei em um bar daqueles de Motociclistas raivosos e pude acompanhar um pouco do RAW, já que não estava presente na arena. Omega consegue sua primeira vitória na empresa, era questão de tempo. Citado como estranho justiceiro, fez um bom trabalho, rápido e fatal e não deu chances ao seu oponente em nenhum momento. Caíque tem que ser esperto, ele pode ir longe na Battle Royal, mas não é com adversários deste nível que ele vai se deparar no Royal Rumble, o Robin Hood improvável tira dos maus e entrega para os bons.

    Nesta Terra de monstros e insanos Stuart Sanders parece ser o mais extremo, não só dentro do ring. Armstrong é gigante, mas não sei se a loucura dele se equivale a de Sanders. Com um adversário desse tamanho nada significa. Félix é todo estranho, talvez por isso não vá pra frente. Quando ele parece que vai, num vai de jeito nenhum. Acho que em o Sanders pode entender o que se passa por aquela cabeça. Não se sabe se ele luta para se rebelar, se lutar por justiça, por vingança, por vontade de bater. Tantos Bob Body’s por aí, e ele sujando sua mão de sangue só para descontar sua raiva.

    • Caique Soares

      Olá meu amigo, como vai? Olha, tenho que admitir que me senti ótimo em Sioux, foi algo inexplicável, não vejo a hora de voltar, de verdade, me senti muito bem, que energia..
      Eu espero muito por poder lutar na Battle Royal, lá poderei dar um salto enorme na minha carreira.
      Então, obrigado por ter ligado após o combate, fiquei muito feliz por ter ligado! Pelos elogios também, obrigado mesmo! Espero te ver em breve.

    • Fique ressentido não, fera. Você foi eliminado em poucos segundos por mim e eu na sequência fui eliminado…bem…pelo Jason. Acredite, é mais digno ficar poucos segundos no Royal Rumble do que ficar 30 minutos lá para no fim ser jogado para fora por alguém que não sabe amarrar os próprios cadarços. Mas boa sorte para você na Rumble de 2015. Eu felizmente não terei que passar por esse inferno outra vez…

    • Abdul Jaba

      Vou lhe surpreender ao acabar com um ser que não deveria ter voltado, ponho minha vida no ringue para isso. E quanto a ti, vai deixar o passado de lado ou continuará vagando de bar em bar?

  4. Caique Soares

    A Primeira vitória, de muitas! Primeiro de tudo, antes de qualquer coisa, agradeço Andréas Saint pela luta. Uma derrota e uma Vitória, daqui em diante serão só vitórias! Chegando a Tyson, concentrado e focado, naquela que poderia ser minha primeira vitória. Cheguei ao vestiário, percebendo o estrondoso som do público de Sioux. Eu senti um arrepio, mas não sei porque, era diferente, na minha estreia não tinha sido nada parecido, só fui saber depois, quando apareci lá, quando vi aquele público gritando.

    Antes de ir para a luta, encontrei Andréas Saint nos bastidores, foi quando o parei e lhe disse: “Boa Sorte, aproveite a estreia, e mostre tudo o que tem! Me dê golpes, mostre a todos para o que veio, te encontro no palco dos fortes, no ringue.” E fui embora, aguardar minha entrada, enquanto ele se encaminhava ao ringue.

    Voltando, ao adentrar na Arena vi o caloroso público, que apesar de eu ser um novato, me receberam muito bem! Um carinho enorme, via os símbolos de Omega por todo lado, foi incrível. Subindo no ringue, fiquei frente ao meu oponente, Andréas. Troquei olhares com ele antes de soar o gongo, tentei transmitir o que eu havia lhe dito antes novamente. Não me parecia muito nervoso, parecia um pouco confiante.
    Enfim Andréas, te desejo sorte aqui dentro, que você encontre o seu caminho e que saiba fazer as escolhas certas!

    Após aplicar o “Omega Deathlock”, Andréas bateu e conquistei minha primeira Vitória! Saí do ringue e fui direto ao vestiário. Chegando lá me sentei, abri a mochila e lá dentro peguei a foto de eu junto aos meus pais, me lembrei do meu mestre e de minha protetora, desceu uma lágrima em meu rosto como a tempos não descia! Meu telefone toca, e é Gabriel Hardy me ligando, me desejando parabéns!! Fiquei super feliz pelos elogios.

    Enfim, foi isso e eu espero estar na Battle Royal e espero vencer a mesma, sou capaz disso. E que venha os próximos adversários, seja ele novato até Champion, será uma honra recebe-los no ringue e derrotá-los.

  5. E engraçado como esse PD Lopes vem falar que o talento sobressai qualquer popularidade e depois é esmagado pelo Monstro Bigelow. Mas não é engraçado, ou melhor, eu fico puto quando ele mostra a vitória do idiota do Tomyer sobre minha pessoa! Qualquer um poderia ter vencido aquela luta, o Tomyer só aproveitou melhor o momento e venceu. Mas isso não prova nenhuma superioridade sobre minha pessoa!E além do mais, eu não tenho a obrigação de lutar em singles matches! Eu sou Tag Team Champion! E consequentemente estou na Tag Team Division! A minha obrigação é lutar em Tag Team Matches! Porra!

    É triste como ainda apostam muitas fichas nesse tal de Tomyer! Dá até vergonha a minha pessoa não se esforçado mais derrotar esse idiota chamado Tomyer! Essa história de Road to Redemption não existe! Essa vitória do Tomyer só foi um pequeno momento de felicidade! Mas agora o Dragão Louco está ficando puto, e quando o Dragão Louco fica puto, puto de verdade! Veremos muito sangue! Muito sangue! E muito mais gritos e gargarejos!

    Os Anti-Gravity estão piscando muito, e piscar é um crime! Eu já disse várias vezes: Pisque e você morre! E pelo crime de piscar, os Anti-Gravity serão condenado a ouvir gritos e gargarejos até a morte! Até morte! Ninguém consegue resistir aos gritos e gargarejos!

  6. Anderson Santana

    Omega, Antes de acontecer a match vc Me desejou boa sorte,e eu também lhe disse: Boa Sorte,um dia vc irá se tornar um Grande Superstar e acredito que um Dia após outro você terá sua Vitória.

    Obrigado,Omega eu realmente estava confiante.Também agradeço pela match!
    E também te desejo Boa Sorte nessa empresa
    Após do Combate eu fiquei passeando pelo Bastidores, quando eu estava na saída deparei com o meu Ex Parceiro e Irmão “Gilbert Storm” ele me disse que sempre tem que respeitar o Ardversário e nunca Subestima-lo
    E é assim que vou reagir apartir de agora

    Andréas Saint

  7. Abdul Jaba

    [King Armstrong está sem camisa, segurando um porco espinho entre os braços, sentando em uma cadeira de aço e sorrindo bastante, embaixo de sua máscara. O ambiente o irlandês está é uma academia de boxe: Gym Sioux.]

    Acabo de acompanhar o show de hoje e como foi bom não ter participado deste lixo. Passei meu tempo treinando e acariciando um dos meus bichinhos de estimação, este belíssimo porco espinho que tem mais habilidades que certos lutadores que pisaram no ringue hoje à noite: certo Saint? Enfim, vou falar resumidamente deste pseudo show, porque meu foco será HOMICÍCIO TRIPLAMENTE QUALIFICADO.

    [King deixa o porco espinho sair de seus domínios e o mesmo sai em disparada enquanto o irlandês bebe um pouco de cerveja Guiness.]

    Omega já fazia por merecer uma vitória, pena que foi contra seu ninguém, mas não deixa de ser o primeiro passo para algo melhor. Daredevils demonstram a cada dia sua IMENSA superioridade e passaram por cima do único homem que se levanta contra eles: PD LOPES. Este fez uma péssima escolha e vai pagar por isso, já que Bigelow pegou leve na luta de hoje, mas caso a “Anti alguma coisa” seja realmente desafiante aos atuais Tag Team Champions, lágrimas irão cair dos desafiantes. Odeio gente vaidosa, porém o tal do Morrison tirando suas grifes, não luta tão mal assim, uma vitória previsível mas gostei da travessura do Phil; o Top Model vai querer seu cabelo de volta. Sobre o Main Event, Felix realmente está a fim de causar estragos e saiu fortalecido daquele ringue, mesmo com a ajuda de Crippler. Viva o Canadá!

    Agora o papo é sério, as risadas se vão neste momento.

    Clap! Clap! Clap!

    Stuart, quem lhe tirou do manicômio? Quem precisa de vossa pessoa por aqui? Se quer realmente ensinar ao povo o que é ser EXTREME, vá para o Centro de Treinamento ajudar os que lá ficaram pois atualmente a UWF está muito bem servida de “monstros”. O último PPV provou isso e ponto final. Um Mastodonte reina e um Irlandês Maluco sobreviveu contra o mais velho; os fatos falam mais do que tuas vazias palavras contra minha pessoa. Aliás, que ideia brilhante de segurar uma câmera e tentar demonstrar intimidação, corta essa, porque NÃO tem nada em ti que possa me assustar, amedrontar ou abalar. Teu erro Sanders, foi ter me atacado antes do fim do Main Event no Hell on Earth, se tivesse atacado depois do resultado eu estaria mais calminho e traria você como um qualquer um, mas já que está insistindo tanto nesta “rivalidade infantil”, vou leva-la para níveis jamais vistos por aqui.

    Quer beber sangue?

    Vou ti passar o endereço do Hemocentro mais próximo, para saciar tua doentia necessidade porque do meu sangue tu NUNCA irás beber. Fiquei sabendo que você matou uma pessoa e a ressuscitou para lhe causar mais sofrimento, parabéns. E daí? Eu não vou lhe trazer novamente a vida, vou lhe MATAR COM REQUINTES DE SADOMASSOQUISMO, TORTURA QUALIFICADA E SEM MISERICÓRDIA. Não é meu peso, tamanho, força que você deve temer, e sim o fato de que NUNCA entrará em minha mente e por isso irá sucumbir diante do REI DO EXTREME!

    Quebrar ossos, deformar rostos e destruir almas é isso que gosto realmente de fazer.

    [King pega um objeto coberto por um pano preto e o coloca em cima das pernas. Com uma gargalhada nefasta, ele tira a máscara e revela aquele objeto.]

    Olha Sanders, minhas estipulações são criadas para meu deleite, mas se elas incomodam não tenho culpa, porém com ou sem CAGE OF DEATH, tenho brinquedos novos para usar como por exemplo: este cutelo. Vou escalpelar tua pele sebosa e transformar teus ossos em uma linda escultura, denominada: A MORTE DE VELHO, PELA VIDA DE UM REI. Vou lhe fatiar como faço com bacon, quebrarei teus ossos facilmente e lhe enterrarei sem teus membros, para nunca mais voltar a vida. Quem procurou a MORTE foi você e com muito prazer irei lhe conduzir até ela; vê meu cinturão pendurado na minha cintura? ENQUANTO EU VIVER, NUNCA SERÁ TEU!

    Com licença, mas preciso alimentar meu porco espinho.

    Stu! Stu! Cadê você bichano?

    [FIM DO VÍDEO]

    • De fato PD Lopes é o único que está se levantando contra o Dragão Louco e o Monstro Bigelow, Tomyer só é apenas um uma espécie de capacho de PD Lopez, é um cara apenas com passado que se juntou com esse PD Lopes por falta de opções. Aquela vitória de Tomyer sobre minha pessoa só foi um pequeno descuido meu. Aquela derrota não adiciona nenhuma ideia de que esses Anti-Alguma coisa são superiores aos Daredevils.

      Amigo, infelizmente eu tenho que te informar que devido a falta de desafiante dignos, infelizmente ele são os prováveis desafiantes dos atuais e eternos Tag Team Champions. É algo tão triste para mim e para o meu parceiro ter que sustentar a Tag Team Division sozinhos.

      Amigo, infelizmente você também vive uma situação parecida com os Daredevils. Assim como Tomyer, Sanders também só tem passado e agora é apenas um enche-linguiça. Hoje na UWF, ser um monstro é até um pouco entediante, é difícil encontrar carne de qualidade, só carne vencida ou carne de segunda.

      Agora só resta desejar que você consiga apreciar a carne de Sanders e eu espero que eu consigamos apreciar a carne de PD Lopes e Tomyer.

      • Não diga isso Dragão Louco… Não fale como se vocês fossem, assim como Armstrong falou, imensamente superiores. Vamos relembrar um pouquinho. Eu quando lhe enfrentei, venci (apesar da interferência da Bet or Die). Tomyer quando te enfrentou, também te venceu e não me venha com essa desculpa de “descuido”. Vocês nos venceram apenas nesse show, em que Bigelow me venceu. E eu assumo, perdi. Mas é como você mesmo sempre fala, aqui é a Tag Team Division, singles matches não importam. Nisso nós concordamos. Porém, a diferença entre eu e você, é que você se apoia em metáforas e análises abstratas para tentar se mostrar superior, enquanto eu me apoio em fatos concretos. E mesmo não querendo aceitar meu caro Dragão, você terá que lidar com isso. Me parece que falta agora só Tomyer e Bigelow se enfrentarem. Vamos ver se vocês empatam ou a gente continua na frente nessa disputa.

      • Não fale meu nome em vão! Isso piscar demais! Pisque e você morre, essa é a regra! Me chame de Caroline Charonplop Kyary Pamyu Pamyu

        PD, eu vou te contar uma coisa que talvez todo mundo já sabe, costumo frequentar rave partys e eu sou usuário recreativo de drogas, de preferência os chamados “ácidos”. Eu costumo ir para festas desse tipo e usar drogas desse tipo quando eu atinjo uma meta. E no Hell On Earth eu atingi mais uma meta, vencer os Tag Team Championship. Depois disso, muitos gritos e gargarejos mesclados com dubstep, LSD, sexo e mais um monte de merda! O resultado dá em um Dragão Louco fora de si que até ex´campeões mundiais fracassados pode vencer o nosso rei dos gritos e gargarejos.

        PD, eu vou te falar uma realidade. Essa toda nossa “rivalidade não se passa de um grande e chato filler! Algo que só serve para encher linguiça, mas mesmo assim não adiciona em nada na história original. Por isso, qualquer impressão de que você e seu inútil parceiro der durante essa “rivalidade não vai adicionar em nada na história original! Na verdade, nem qualquer vantagem que os Daredevills conseguirá interferir na história original!

        Sobre a história original, eu te dar um spoiler, gritos e gargarejos sempre serão superiores a qualquer ser, inclusive aquele que tentam desafiar a gravidade.

      • Abdul Jaba

        Dragão, antes chamado de lagartixa, concordo em gênero e grau contigo. O termo Monstro foi banalizado por aqui, existindo apenas o Mastodonte e nós no reino da brutalidade. Não tenho como apreciar uma carne de qualidade, pois aquela que tanto cobicei nas últimas semanas me foi tirada pelo Sanders; lástima.

        Quanto ao PD Lopes, desejo-lhe um ótimo aprendizado ofertado pela Daredevils, em razão da péssima escolha feita como parceria na Tag Team Division; PD Lopes tem ousadia e coragem, porém não sabedoria. Se tivesse, teria escolhido um HOMEM como parceiro e amigo, porém escolheu uma propaganda enganosa.

        PD Lopes, não foi soberbo meu comentário, ciente de que o tempo irá lhe mostrar pela dor do BIGELOW e o fogo do DRAGÃO que não estou enganado em afirmar, que Tomyer é tua pedra de tropeço.

        Desejo a Daredevils bom passatempo contra a Anti “Alguma Coisa” e nos encontramos no desfiles dos campeões.

        Ps: gostaria de agendar uma Champions x Champions contra vocês, pode ser? Escolherei a “dedo” meu parceiro nesta pura demonstração de WRESTLING!

        Saudações,

        The Real Extreme Champion – King Armstrong

        “Tornei-me insano, com longos intervalos de uma horrível sanidade.”

      • É claro que eu aceito o seu convite, com uma condição: Que o comabate seja uma Monster’s Ball Match! É melhor forma de criar unir toda a monstruosidade da UWF em um ringue. Só falta agora “eles” confirmarem esse comabate.

  8. Leonardo Felix

    Que engraçado. A semana inteira ficaram me enchendo o saco,falando coisas do tipo: “É por isso que não recebe oportunidades” “Esses chiliques não vão te levar a lugar nenhum” e um monte de blábláblá nesse sentido. Mas espera um pouco aí,esse pessoal tá conseguindo ler o nome daquele que está no ME,lutando contra provavelmente o wrestler que está aqui a mais tempo (e sempre mantendo o nível)? Opa,tem um cara no corner dele…Ah,é só o World Heavyweight Champion,não tem muita importância. É,parece que novamente quem estava certo era eu e quem estava falando atirando palavras ao vento eram vocês.

    Eu sei que foi Tanaka quem quis essa luta. Deu pra ver que ele ficou extremamente irritado com o fato de ter rolado aquela discussão e eu ter claramente peitado um “mito intocável”. Tanaka não gosta de pessoas que agem fora do seu padrão. Quer que todos sejam da forma que ele precisa,pois assim é mais fácil dele conseguir entender a mente dessa pessoa e,se for do interesse dele,manipula-lo. Mas comigo,as coisas não serão assim. Tanaka é muito bom em fazer joguinhos com os oponentes. Só que sou alguém que não tem controle,um homem perigoso que pode fazer tudo para conseguir o que precisa.

    E nessa luta que tive contra o Tanaka,já foi provado que ele precisará de muito mais do que achava pra conseguir me derrotar. Eu recebi o seu golpe mais forte,o Codebreaker,e mesmo assim consegui sair do ringue sem problemas e prolonguei a longa por mais algum tempo. Ultimate veio falar um monte pra mim enquanto eu estava fora do ringue e achou que iria ficar por aquilo mesmo? Não,comigo não é assim. Só não esperava que Tanaka fosse ajudar o seu capacho sem pensar muito. E aí,idiotas,o Tanaka perdeu o controle? Porque,já que eu sou um descontrolado,ele poderia ter esperado e vencido a luta. Mas preferiu dar a vitória a mim. Será que ele teve pena,já que nunca terei a capacidade de vence-lo? Outra coisa que eu esperava era a aparição de Crippler,ainda mais me ajudando daquele jeito e querendo dar um aperto de mãos…Alias,por que eu o ataquei? Bom,é simples: Eu não estou do lado de ninguém. O que me importa sou eu e nada mais. Não estou aqui para fazer amizades ou ficar em duplinhas,pulando pelos corredores como gazelas felizes. Esse é o jeito de se dar recados,pois assim todos entendem sem nenhum problema.

  9. The Ultimate Opportunist

    Ultimate está até agora tentando entender a quantidade de problemas que a loucura do Felix está causando a UWF, um cara no estado em que ele se encontra não pode estar em atividade em um ringue da UWF, mas como estamos falando de uma empresa cheia de flukes, losers, overrateds e imcompetentes, essas coisas acontecem de forma natural.

    Outro ponto a ser falado foi o ataque do Crippler, qual homem com um pingo de vergonha na cara iria atingir o Tanaka da forma que ele atingiu? E depois esses insetos insolentes do UWF Universe vem vaiar Ultimate e Tanaka, e depois é Ultimate e Tanaka que são os ruins e bla bla bla, esse ato de Crippler provou para todos o quanto ele é desleal e só aumentou a sua fama de fluke, ele não tem condições de estar nessa empresa, essa é a grande verdade.

    Ultimate está aqui hoje em protesto as injustiças que o UWF Universe tem feito ao vaiar ele que é nada mais nada menos que o UWF WHC, isso é uma vergonha e todos vocês do UWF Universe deviam ter vergonha do que fazem, pois Ultimate tem vencido e convencido e mesmo assim tem sido vaiado!

    #justice

    IT PAYS TO BE ULTIMATE!

    • Leonardo Felix

      E o que importa os problemas? Pelo que eu estou vendo,você só está inventando desculpas para não ter que me enfrentar,pois sabe que não tenho misericórdia nenhuma e que sou muito melhor em todos os quesitos. A única coisa que pode te salvar é o Tanaka. E é legal você se reconhecer como um lixo overrated,é mais fácil de aceitar o mundo quando nos aceitamos.

  10. * Andando pela backstage depois de ter visto aquele show, me deparo com um camera man fazendo uns ajustes em seu equipamento de trabalho, como queria dizer algo, me aproximo do mesmo e coloco minha mão sobre seu pescoço depois disso passo seu braço direito por cima do meu, logo em seguida ergo o Camera Man e em sequencia jogo o mesmo violentamente contra o chão, formando o violento Chokeslam From Heel.

    * Apos ter feito aquilo, vejo o Camera Man desmaiado naquele local, então olho diretamente para a camera, e com uma voz lenta e sombria vou dizendo tal coisa:

    – “I gotta hurt YOU!”

    * Depois de ter dito o que queria, vou me retirando do local pois minha mensagem ja estava dada.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: