UWF RAW is WAR “2nd Anniversary Special” (27/06/14) – O importante é ganhar. Tudo e sempre.

>> Preview:

É o segundo aniversário da UWF. Muitas coisas já marcaram época. Mas será que todos estarão em clima festivo esta noite? É improvável. Vai ter muita gente enfiando a cara do aniversariante no bolo, e muita gente que vai dar o melhor presente do ano para o aniversariante. Resta a vocês conferir esse grande show.

>> Cobertura: 

Começa o show, ouvimos uma música triste, que mais parece daquelas caixinhas com bailarina. Surgem imagens do primeiro show da história da UWF, o debut de Luiz Tanaka, o momento em que quebraram sua bicicleta. Em seguida surge Luiz Tanaka se tornando World Heavyweight Champion. Ao mesmo tempo, vai surgindo ao lado imagens de Revolutionary Kaiser, A.B, Stuart Sanders, Vogado e Steen conquistando e erguendo os cinturões. O trator, a ponte, Styles derrotando Tanaka. O primeiro aniversário, com Luiz Tanaka dizendo que amava Stuart Sanders. A Wrestlemania, onde Kenta Kurishimi destruiu o império de Sanders. Tanaka dizendo “I Quit”, depois tomando o cinturão de Sanders. É a história da UWF, amigos!

Explodem as pirotecnias, o público está completamente em êxtase. Na mesa de comentários, Kevin Slayers e Gustavo Lozzer.

Kevin Slayers: Estamos de volta, Estados Unidos. O Verizon Center será palco de um dos maiores RAW is WARs da história da UWF. A comemoração de nosso segundo aniversário não poderia ter ninguém melhor nos comentários. Ele, o dono disso tudo, Gustavo Lozzer.

Gustavo Lozzer: Oh Yeah! Estamos de baterias recarregadas e mais fortes do que nunca. Dando início ao grande segundo ano da empresa.

Kevin Slayers: E sobre o futuro da UWF?

Gustavo Lozzer: Na verdade o futuro pouco importa. Vamos viver cada show, fazer destes os melhores, isso é o que realmente importa.

.

Ecoa “Sunrise” na arena e o público simplesmente delira. Renato Pereira aparece na stage andando de sua tradicional maneira para o deleite dos mais de 10000 presentes. Ele adentra ao ringue e pede um microfone.

RP: WOOO! Parabéns UWF, parabéns UWF Universe. Um dia já fui um pedaço disso tudo. Na verdade eu ajudei essa empresa a ela ser o que é hoje, a melhor empresa do mundo. – o público lhe dá um bom pop – Me sinto muito honrado por ter recebido a oportunidade de fazer um grande anúncio esta noite. Pela primeira vez na história teremos uma grande Battle Royal em comemoração do segundo aniversário da UWF. E o vencedor leva esse gigantesco troféu que está ao lado da mesa de comentaristas. 20 homens, 20 lendas, 20 histórias serão contadas dentro daquele ringue no Main Event desta noite, mas somente uma terá final feliz. Washington, vibrem […]

Toca “Here Comes the Money” e Luiz Barros interrompe Renato Pereira.

Luiz Barros: Acho muito interessante isso! A irresponsabilidade deste velho me surpreende. Você ao menos olhou nos bastidores quantas lendas estão disponíveis? Não temos 20 lendas. Na verdade, ninguém é lenda dentro da UWF. Ninguém tem uma história digna de filme. Ninguém além de mim, é claro. Eu já participei de Comédias, Dramas, Ação, Terror…Eu sou a definição da história da UWF.

RP: Por isso que a empresa por tantas vezes ameaçou fechar as portas. Eu sei o que eu faço, pequeno saco de pancadas. Mas se você acha que seremos prejudicados, vá buscar quem pode complementar a luta. Mas não tire o brilho do espetáculo com toda essa falta de sal sua. Seu ego inflado consegue beirar os limites do ridículo. Não faça mais isso! – Luiz Barros vira as costas e simplesmente vai embora – Er…Continuando. Vocês irão prestigiar nada mais nada menos do que Revolutionary Kaiser, – Vaias – O MalakaH – O público delira. Victor Vogado – Explode a arena. Enfim, isso e muito mais. Aproveitem o RAW is WOOOOOO!

Kevin Slayers: Grande anúncio! 20 homens que fizeram história em um combate merecido. E esse troféu deve ter sido muito caro.

Gustavo Lozzer: Nem tanto, boa parte dos fundos vindos do México foram investidos nele. E falando em México, vou aproveitar para dizer que hoje teremos um confronto entre os campeões do Sin Piedad. Crippler Renato Dias enfrenta Valugi Barros e Dean Nolan. Teremos que ter um verdadeiro campeão.

Kevin Slayers: E após alguns ataques, teremos um confronto entre Yuki Nagata e Christian sem o título em jogo. Esse aniversário vai pegar fogo. É daqui a pouquinho, no RAW is WAR.

[COMERCIAIS]

Kevin Slayers: Estamos de volta com o RAW is WAR especial de aniversário da UWF. – Uma câmera mostra o estacionamento da arena – Olha só, tem alguém chegando no estacionamento da arena com uma bela Ferrari. É Steen! Daqui a pouco ele enfrentará Rhodes Runnels. – A câmera volta para a arena – E agora é hora da porrada comer solta. Christian vs. Yuki Nagata, sem cinturão em jogo.

Gustavo Lozzer: Dois bons nomes para gerar um bom combate. Yuki Nagata está se tornando cada vez mais aquela bola de destruição humana que estávamos acostumados e Christian faz seu papel como Intercontinental Champion. Não será tarefa fácil para o canadense.

Toca “Mastodon” e Yuki Nagata caminha ao ringue para diversas vaias do público. É exibido seu brutal ataque contra Christian no estacionamento.

Toca “Just Close Your Eyes” e Christian vem ao ringue para uma boa reação do público. Ele cumprimenta boa parte das pessoas e adentra, dando uma rápida encarada em Yuki Nagata.

.

Match #1: Singles Non-Title Match: UWF Intercontinental Champion Christian vs. Yuki Nagata

O combate durou algo em torno de 10 minutos. Christian mostrou alguma dificuldade para lidar com Yuki Nagata principalmente pela diferença de peso. Ele foi constantemente pego em suas manobras aéreas e interceptado com vários “Slams”. Após acertar um “Spear” sem muito efeito, ele conseguiu aplicar um “Killswitch” em Nagata e, com dificuldades, foi ao topo para um “Frog Splash”. Nagata levantou, aplicou-lhe um “Superplex”, levantou-se e aplicou um “Nagata Bomb”. 1….2….3!

Vencedor: Yuki Nagata

.

Kevin Slayers: E o campeão perdeu…

Gustavo Lozzer: Mereceu perder! 30 anos que assisto Wrestling e parece que essa raça não aprende – Lozzer se levanta exaltado da mesa de comentaristas e começa a gesticular – Você enfrenta uma jamanta de 200 quilos e qual o jeito que você quer derrubar ele? Que nem um trapezista do circo, dando pulinhos das cordas. Em 85% das hipóteses ele não sentirá. Essa camada de gordura não serve só para aquecê-lo, sabia? – Kevin Slayers manda que Lozzer retorne ao seu lugar e lhe entrega uma água – É que eu me estresso com coisas que…Mas o que inferno é isso – De repente as luzes da arena se apagam.

Liga-se o titantron, é mostrada uma sala escura, Stuart Sanders surge diante da câmera.

Stuart Sanders: Da autora Elizabeth Ashley “A ausência não faz o coração crescer mais afeiçoado, mas com certeza esquenta o sangue” Sentiram minha falta?

Jason, o que você presenciou foi o regresso do verdadeiro World Heavyweight Champion, agradeço a sua disponibilidade para guardar meu cinturão, mas está na hora de o devolver, caso não o faça… bem, você sabe o que acontece.

Não me interprete mal, Mr. Jason, você de fato provou ao mundo que não tem medo de dançar com o diabo, mas estará você disposto a deixar que ele conduza? Jason, quando chegar a altura certa, você será colocado à prova e quando menos esperar, você se verá em situações que nunca imaginou que fosse possível.

Stuart Sanders é o verdadeiro campeão e ele irá retomar o seu trono. – Ouve-se um grande choque, Sanders vira a câmera e vemos o que parece um cadáver em uma cadeira elétrica. Ele gargalha e o vídeo termina.

.

Kevin Slayers: Quando você pensa que nada pode ser mais macabro, ele nos surpreende. Jason deveria começar a correr.

Gustavo Lozzer: Isso é tudo que o Sanders quer. Ele provoca seus adversários. Não que ele tenha medo da luta, mas parece que ele tem medo de machucar seus oponentes e quer que eles fujam desesperados. Para ele é mais vantajoso ver alguém sentindo medo do que sentindo dor.

Kevin Slayers: Teoria interessante. E como anunciado posteriormente, Cody Clarke defenderá seu Extreme Championship em uma Steel Cage Match contra Wendel del Rio logo após os comerciais.

Na volta dos comerciais, ambos já estão no ringue e recebe as introduções formais por Gary Michael Cappetta.

.

Match #2: Steel Cage pelo Extreme Championsip – Cody Clarke © vs Wendel Del Rio

O combate durou 13 minutos, Clarke falha um Cherry on Top do topo da jaula, acertando com o elbow na lona, lesionando-se, Del Rio tenta a cover mas o campeão faz o kickout ao dois, Del Rio parte para o Cross Armbeaker tentando aproveitar a lesão, mas Cody reverte em um small package e vence o combate.

Vencedor e Ainda UWF Extreme Champion: Cody Clarke

Del Rio nem acredita e prende Clarke no Cross Armbreaker, a jaula é levantada e entram os seguranças tentando separar Del Rio de Clarke, Raymond Murphy entra no ringue, levanta Clarke para o atingir com o seu KO, mas este abaixa-se, fazendo Murphy acertar em Del Rio, Cody afasta-se do ringue e pega num microfone.

Cody: Hey Murphy, como parece que não ouviu a minha sugestão para tomar um banho, tomei a liberdade de lhe preparar um.

Dito isto, do topo da arena, cai agua com sabão em cima de Murphy, este escorrega e cai, ficando com dificuldade em se levantar. Cody Clarke se retira rindo.

.

Kevin Slayers: O primeiro banho ao vivo da história da UWF, amigos!

Gustavo Lozzer: Estamos fazendo história no modo de fazer televisão. Mas apesar do banho gelado, a rivalidade não para de esquentar. Raymond Murphy tem, realmente, uma aparência horrível e precisaria se cuidar mais. Tenho dó se um piolho se perder no meio de suas madeixas.

Kevin Slayers: E tivemos um bom combate. Wendel Del Rio aos poucos vem ganhando notoriedade dentro da divisão e não vai demorar para vermos ele lutando em palcos maiores.

Gustavo Lozzer: Não existe palco maior. Ou é aqui, ou em lugar nenhum.

Kevin Slayers: Foi mais pela força da expressão. Mas falando em palco, parece que há um armado para o World Heavyweight Champion Pedro “Jason” Cruz. Depois de todos os ares macabros que Sanders lhe mandou, é hora de uma resposta na mesma base.

.

Devin Taylor: Senhoras e senhores, meu convidado desta vez é o World Heavyweight Champion Jason – O público vaia – Jason, o que falar sobre Sanders e todas suas tentativas de jogos psicológicos?

Jason: Devin, eu tenho pena de Stuart Sanders. Hoje é o show que mostra as antigas e as novas lendas. Se todos estudarem um pouco da história, saberão que este homem começou no topo, pois a empresa tinha sete, oito contratados. Qualquer um poderia ser o que ele é hoje com esse princípio. A falta de concorrência criou um monstro. Tal monstro tenta destruir a mentalidade de seus adversários, com um lado macabro combinado com dotes de assassino. Eu não tenho medo do diabo, Sanders. Você pode incitar ele, mas você não é ele e mesmo que fosse, eu consegui derrubar o autoproclamado Deus. Sim, aquele Deus que usou um plano B para tirar esse cinturão de sua posse. Eu sou a lenda de uma época complicada de ser uma lenda e, queiram ou não, sou o maior nome disso tudo atualmente. Eu não prometo absolutamente nada nem para você, nem para o mundo. A certeza que eu tenho é que irei purificar todos aqueles que apoiam Stuart Sanders. Cuspirei em todos aqueles que usam camisas daquele homem. É mais digno receber minha saliva do que ter que aturar esses joguinhos. Sanders, Sanders, Sanders, eu não quero jogar, isso não é um jogo, é a vida real, e na vida real eu sou World Heavyweight Champion. Seu passado, seus feitos, suas realizações caem por terra porque, contra sua vontade, você está abaixo nessa hierarquia. Nessa Cadeia Alimentar, lutadores primários não são superiores ao Predador. Cuidado! – Jason se retira.

.

Kevin Slayers: Acho que foram as melhores coisas que ele disse desde o começo de sua jornada na empresa.

Gustavo Lozzer: Um pouco de paciência e um bom regador podem dar bons frutos.

.

Toca “Enough is Enough” e o UWF Tag Team Champions Black Heart Conviction fazem seu caminho ao ringue, para vaias do público.

JhoBarrage: Parece que a British Airlines está tomando um caminho um pouco diferente. Gabriel perdeu o torneio e ainda perdeu o Valugi para a individualidade. Vai demorar um pouquinho, mas ainda iremos lutar.

Félix: O nosso grande problema é não ter adversários decentes para esta noite. Nenhuma equipe, nada. Precisamos de uma luta para melhorar ainda mais […IT’S TIME TO PLAY THE GAAAAME]

Gustavo Lozzer: Eles estão de volta! Os Degenerados…

Kevin Slayers: Quem?

Gustavo Lozzer: JOB SQUAD!

Então um grande caminhão de sorvete aparece na arena. X-Cara está dirigindo, enquanto TD Madinson e Bo Dallas entram distribuindo sorvetes ao público. Ítalo está no topo, vibrando e imitando que está com um canhão. – Bo Dallas olha para cima e grita que não há um canhão e Ítalo diz que não importa, pois ele irá para a Guerra Fria.

Kevin Slayers: X-Cara e Bo Dallas serão os oponentes dos campeões. Sim, amigos, é um momento histórico.

.

Match #3: Tag Team Non-Title Match: UWF Tag Team Champions Black Heart Conviction (JhoBarrage & “The Dark Horse” Félix) vs. JOB Squad (X-Cara & Bo Dallas w/TD Madinson & Ítalo).

A luta durou pouco mais de dois minutos e contou com uma boa comédia. JhoBarrage avessou X-Cara com um “Helluva Kick”, fez a tag e deixou que Félix aplicasse seu “Piledriver” para finalizar o combate.

Vencedores: Black Heart Conviction

A Job Squad rola para fora do ringue e ficam reclamando entre si.

.

Kevin Slayers: Eu só acho que eles precisavam de um pouco mais de competição.

Gustavo Lozzer: Não blasfeme da JOB Squad, que foi uma das melhores coisas desde a Guilhermito’s Cabana com o Mr. Nigga.

Kevin Slayers: Foi buscar essa longe. Dá até uma nostalgia lembrar de toda a comédia que já foi praticada na empresa, segmentos de entrevista e…Sim produção! Tanaka nos bastidores, entrevista, vamos lá?

.

Tanaka está nos bastidores, quando é interceptado por Devin Taylor.

Devin Taylor: Boa noite Tanaka, no último evento da UWF você viu o seu trio sendo derrotado na chance de você retornar o período de “boom” da sua carreira. O que você pensa sobre tudo isso?

Tanaka: É engraçado… De repente toda a minha carreira estava nas mãos de JhoFranco e A.B. Eu realmente não poderia esperar uma vitória ao estar do lado de duas pessoas que fracassaram. Não é mais uma questão moral, nem física, vocês que colocaram na cabeça que eu não estou mais no meu grande período. A única coisa que me aconteceu foi uma punição, que fez com que meu nome fosse chacota. Mas conseguem existir chacotas maiores. Vejam, o A.B causou uma derrota tosca. A culpa de eu ter que estar dando essa entrevista é dele. Você deveria perguntar a ele os motivos para ele não estar mais no “período de boom” – Tanaka faz as aspas com os dedos – A desgraça profissional – A.B aparece pelas costas, dando uma pigarreada e interrompendo a entrevista.

A.B: Devin, eu sugiro que você retire esses saltos. Você tem cinco segundos para se retirar daqui antes de presenciar uma carnificina – Devin Taylor se retira rapidamente – Qual o seu problema? Tanaka, por mais que te ensinem, será que você nunca aprende que o mundo não gira ao redor do seu umbigo? Eu posso não ser o mesmo de anos atrás, mas me culpar por uma porcaria de derrota de um trio é absurdo!

Tanaka: Eu sou melhor do que você, é como colocar um Rei para trabalhar com súditos, não com Chefes responsáveis. A única parte fácil de ser superior é que todo mundo é meu súdito, eu não preciso conhecer vocês para saber que eu estava minado ao fracasso. E o que acontece agora? Tenho que dar explicações por ter parceiros idiotas e incompetentes. Olha – A.B parte para cima de Tanaka e lhe acerta um violento “Lariat” em Tanaka. Ele o puxa pela gravata, se aproxima de seu rosto e fala:

A.B: Cala…A merda…Da tua boca! – A.B dá um tapa no rosto de Tanaka e se retira, enquanto Tanaka sente dores.

.

Kevin Slayers: E o clima está esquentando entre esses dois.

Gustavo Lozzer: Tanaka algumas vezes paga um alto preço por sua língua. Mas ele não está completamente sem razão, há fundamento em suas reclamações. Ele precisa limpar sua ficha – Lozzer cai em risadas – Enfim, preciso fazer algumas ligações, quero esses dois homens na Battle Royal de hoje.

Kevin Slayers: Bem lembrado! Não custa nada ressaltar que Tanaka, se não me falha a memória, nunca venceu A.B. na carreira. Mas agora é uma hora muito importante. Crippler, Valugi e Nolan batalham para “decidir” – Ele é claro nas aspas – Quem foi o verdadeiro vencedor do Sin Piedad.

.

Toca “Whatever” e Crippler Renato Dias caminha ao ringue para uma ótima reação do público. Daniel Dias está em cima de seus ombros.

Toca “Theme do Regal” e Valugi Barros faz seu caminho para uma ótima reação do público. Ele cumprimenta vários fãs enquanto faz um “aviãozinho” com os braços.

Toca “All Hail Nolan” e ele faz seu caminho ao ringue, para muitas vaias do público.

Match #4: Three-Way Match – Crippler Renato Dias vs. Valugi Barros vs. Dean Nolan

O combate durou 14 minutos e contou com tudo que uma luta de Wrestling precisa. Crippler Renato Dias e Valugi Barros deram um show de técnica, enquanto Dean Nolan voava alto por seus objetivos. Crippler consegue aplicar seus “Three Amigos” em Valugi Barros, que cai para fora do ringue. Ele agarra Nolan, aplica 1…2….IH CARAMBA! Na hora do terceiro “Suplex” ele toma um forte “Low Blow”. Daniel Dias não terá um irmão. 1….2…..3!

Vencedor: Dean Nolan

Crippler fica se contorcendo em dores. Valugi Barros observou tudo e vai tirar satisfações com Nolan, que lhe aplica um “All Hail Nolan” e vai embora, para muitas vaias do público.

.

Kevin Slayers: Esse moleque deveria construir um manual de como irritar o público. Atacar dois queridinhos dessa maneira é de péssima índole.

Gustavo Lozzer: Crippler Renato Dias não tem o direito de reclamar. Lembro-me de um Rise to Stardom…Só teve um. Mas enfim, lembro-me que ele derrotou Yuki Nagata com um golpe assim. Foi deplorável.

Kevin Slayers: Mas e agora, está satisfeito? Dean Nolan é o verdadeiro vencedor?

Gustavo Lozzer: Não, isso está só começando.

Kevin Slayers: Err… Vamos aos comerciais, daqui a pouco Steen, o desafiante ao UWF Championship, enfrentará Rhodes Runnels. Mas só depois do pequenino intervalo.

Gustavo Lozzer: Pequenino uma ova.

.

[Comerciais]

.

Estamos de volta, em algum local dentro da arena onde está acontecendo um culto improvisado. Luccius Fears está no topo de um altar, com seu balde de sangue.

Luiz Barros: Você tem certeza que vai trazer os dois de volta até a hora da Battle Royal?

Luccius Fears: Não

Luiz Barros: Mas só você pode me ajudar.

Luccius Fears: Gosto da exclusividade, mas isso não muda o fato de que eu vou TENTAR buscar os dois no Inferno. – Uma lata de lixo explode em chamas.

Luiz Barros: Eles são […]

Luccius Fears: Eu sei como eles são, idiota, eu conheço cada um daqueles que moram lá. Eu cultuo para esses homens. Espera! Espera! – Alguma coisa parece possuir Luccius, que agarra uma lamparina – Boa noite!

Luiz Barros: Boa noite

Luccius Fears: Bom Dia – Luccius apaga a lamparina

Luiz Barros: Bom Dia

Luccius Fears: Boa Noite – Luccius acende novamente a lamparina.

Luiz Barros: Boa no…Mas quem diabos é você?

Luccius Fears: HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA, não lembra?

Luiz Barros: Ah, que ótimo! Você vai voltar hoje? – Luccius parece voltar à sua anormalidade.

Luccius Fears: Ele se foi… Ele escreveu três letras com fogo no Solum. M-V-P. Querem dizer algo?

Luiz Barros: Não que eu me lembre. E o Eric Lockwood, onde está?

Luccius Fears: Não está, foi comprar pão.

Luiz Barros: No inferno não tem pão?

Luccius Fears: Não! E como pagamento, passe na secretaria da minha igreja e deposite seu sangue, obrigado e volte sempre. – Luccius se retira por uma porta lateral. Luiz Barros parece frustrado.

.

Kevin Slayers: Quando você pensa que nada mais tosco pode acontecer, vemos o primeiro culto a Satanás engraçado. Alguém me explica onde está a lógica disso tudo.

Gustavo Lozzer: Creio eu que não era para ser engraçado, Luiz Barros foi buscar dois grandes nomes da empresa. Mas Luccius Fears é mais um farsante, que cultua aquilo que ele sequer conhece.

Kevin Slayers: E agora teremos o possuidor de uma nova Ferrari Steen enfrentando Rhodes Runnels. Como será isso?

Gustavo Lozzer: Prevejo um belo massacre do Steen.

Toca “Smoke & Mirrors” e Rhodes Runnels caminha ao ringue. Em seguida, toca “Tear Away” e Steen aparece, para muitas vaias.

.

Match #5: Singles Match – “Mr. Wrestling and Demigods Killer” Steen vs. Rhodes Runnels

10 minutos de combate que termina com a vitória de Steen após um “Package Piledriver”.

Vencedor: Steen

Perfecto Ziggler surge no titantron.

Perfecto: Steen, parabéns pela vitória, você de fato mereceu, você tem tido imenso sucesso, até conseguiu este magnifico carro (A imagem mostra Ziggler junto do carro, no parque de estacionamento) realmente tem aqui uma grande máquina, oh, espera, aquilo é um mosquito? Não se preocupe Steen, eu resolvo isso, nós já fomos parceiros, você deve saber que pode contar comigo.

Ziggler pega num bastão e bate com ele no capô do carro, amassando-o.

Perfecto: Oh, falhei, mas não se preocupe, eu resolvo.

Ziggler sobe para cima do carro e continua dando com o bastão partindo o vidro, furioso, Steen, corre para o parking lot, ele ataca Ziggler e os dois começam a lutar no parking lot, Ziggler arremessa a cabeça de Steen contra a porta da frente do carro. Em seguida vai para cima do carro com Steen e usa um Package Piledriver em Steen, no topo do carro. Ele simplesmente vai embora.

.

Huber Lee está nos bastidores, assistindo ao show em uma televisão. King Armstrong se aproxima com um livro.

King Armstrong: Olha só onde estamos. Estamos em uma bela fábula, onde dois monstros se enfrentam. Um quer ser assustador, mas não consegue. Pequeno Huber Lee, você precisa aprender muita coisa para causar medo como eu causo. Por isso eu fui até uma Livraria e resolvi comprar um livro para te dar. Agora você poderá se espelhar em alguém que é quase tão assustador como você. Na verdade, acho que vocês estão no mesmo nível. Abra o presente, você vai gostar. – King Armstrong joga o livro embalado para Huber Lee e se retira.

Huber usa os dentes ferozmente para abrir a embalagem e vê que se trata de uma história da Chapeuzinho Vermelho. Huber simplesmente joga o livro dentro de uma lixeira. A câmera foca na lixeira e percebemos que ela quebrou com o impacto.

.

Kevin Slayers: Agora chegou o grande momento! Aquele 20 homens batalharão por este grande troféu. Que dia histórico para a UWF!

Gustavo Lozzer: Olhem cada participante. Temos o passado, o presente, todos aqueles que foram e que são tão importantes para a nossa empresa. Eu quero um show!

.

Main Event: 20 Man Battle Royal – Tomyer vs. Tanaka vs. A.B vs. O MalakaH vs; Revolutionary Kaiser vs. Victor Vogado vs. Guilhermito vs. Mr. Nigga vs. Jimmy Jack vs. Renan “Hogan” Santos vs. Gabriel Razarac vs. João Lesnar vs. Pedro Almeida vs. Felitaker vs. Ice Man vs. Big Bad Boy vs. Crazy Dragon vs. “Big Red Monster” Kane vs. Daena vs. Luiz Barros

  • A luta mal começa e Kane se aproxima de Luiz Barros, que foge do ringue e é o primeiro eliminado
  • Guilhermito e Mr. Nigga travam uma batalha a parte. Guilhermito consegue escapar da primeira tentativa de eliminação e começa a dançar “Na boquinha da garrafa”. Mr. Nigga lhe arremessa com toda a força para o chão e causa a segunda eliminação.
  • Pedro Almeida, Ice Man e Felitaker esboçam uma união, mas João Lesnar, Renan “Hogan” Santos e Big Bad Boy também se unem para derrubar os três.
  • Jimmy Jack, Crazy Dragon e Mr. Nigga se aproveitam da distração e conseguem eliminar os outros três que também se uniram. Jimmy Jack joga Crazy Dragon e Mr. Nigga para o chão também.
  • “Big Red Monster” Kane tenta tratar de Tanaka e lhe derrubar do ringue com um “Powerbomb”, mas Tanaka lhe dá uma “Hurricanrana” e ele cai. Tanaka se apoia e Daena aparece como um torpedo para a chance de sua carreira, mas passa direto por Tanaka e acaba se auto eliminando.
  • Sobram apenas sete homens. Tomyer elimina Jimmy Jack. MalakaH e Kaiser se encontram e começam a trocar socos. A.B os separa, agarra Kaiser e lhe joga para fora.
  • Vogado dá um belo “Vogado Slam” em MalakaH e Tomyer ameaça-lhe um “Apron Powerbomb”, mas lhe joga para fora do ringue. Agora vai ficar muito sério!
  • Tomyer parte para cima de Vogado e Tanaka parte para cima de A.B. A.B tenta forçar Tanaka por cima da corda, mas não consegue. Enquanto isso, Tomyer consegue, com muito esforço, derrubar Vogado. Tanaka e A.B já passaram por cima da corda e estão no Apron, tentando derrubar um ao outro, Tomyer pega impulso nas cordas e…FRONT DROPKICK! ACABOU!

Vencedor: Tomyer

Tomyer vibra muito dentro do ringue e o público celebra. Gustavo Lozzer levanta-se da mesa de comentaristas e lhe entrega o troféu. Papel picado cai do topo da arena e Tomyer continua a celebrar dentro do ringue. Com esse espetáculo de cores, encerra-se o RAW is WAR.

 

FIM DO SHOW/COBERTURA

 

Sobre "Canadian Wrestling God" Luiz Tanaka

16 anos, capricorniano, cursando atualmente o 3º Ano do Ensino Médio. Fui aprovado em Jornalismo na UFAL no ano passado, mas decidi não cursar. Atualmente mantenho o UOW, blog que tenho um apego grande, mas sem qualquer pretensão de torná-lo grande. Sou figura reconhecida principalmente por conta da UWF. Odeio o estereótipo de nerd. Sou apenas um rapaz latinoamericano, sem dinheiro no banco. Sem primos importantes e vindo do interior! O tipo estranho de se conviver, que curte doidamente um Forró Pé-de-Serra ao mesmo tempo que admira muito a cultura estrangeira.

Publicado em 28/06/2014, em Coberturas, RAW IS WAR e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 44 Comentários.

  1. Dois anos! Parece que ainda foi ontem, que pisei nesta empresa, que conquistei o meu lugar nela. E olhem, eu fiz muito boas rivalidades aqui, eu criei inimigos também. Mas hoje em dia, isso serve mesmo do que? Todos eles já se foram embora, praticamente, e eu ainda continuo aqui de pé, tendo quase os mesmos dois anos de empresa, só perdidos por alguns meses. Ah, mas eu cresci neste tempo todo, e eu fui mostrando cada vez mais que não sou a pessoa que todos aqui amam falar, afinal, eu sempre conquistei tudo sozinha, desde o meu sucesso a prémios e títulos, individuais. E vejam só: eu ainda fiz a carreira de um homem aqui dentro, ajudando o mesmo a ter um titulo na mão e segura-lo. Afinal, eu ainda sou bondosa quando quero não é mesmo? Parabéns UWF, parabéns, e que venham mais anos.

    Mas falando do show em si, vários combates, algumas coisas incomuns como sempre temos sido habituados, mas eu saltarei para o Main Event da noite: a Battle Royal. Ser a única women pelo segundo show seguido, num combate, é mais uma vez, um orgulho e uma prova, que tirando a minha companheira Betsy, não existe ninguém dentro dela que consiga competir com isso. Afinal, eu continuo a ser a cara da Womens Division, mesmo quando ela não existe, e vejam só: não preciso que me elogiem, pois eu continuarei fazendo o mesmo. Não venci a match, mas isso era o menos importante da noite. E eu pude, do lado de fora, assistir mais uma vez, a uma vitória do meu amor, Tomyer, eu pude mais uma vez, perceber que esta empresa é o que é por pessoas que nem ele estarem aqui. E mais uma vez, eu me sinto orgulhosa demais, de estar do seu lado, de puder compartilhar isso com ele. Te amo!!

    Mais uma vez, Parabéns UWF!!!

    Belleve in…
    #Bet or Die
    A New Revolution is Comming….

    Daena

  2. Não importa o quanto vocês achem que não dá, sempre que realmente quiser vão conseguir uma força de dentro e serão capazes. Eu luto por cada lutador que esteve dentro dessa arena, por cada pessoa que vibrou por mim assistindo a esse jogo. Por cada pessoa que se mostra capaz em todo santo dia e carrega o fardo de seu trabalho. É por você que eu mostro que não importa o que faz. Basta dar seu máximo, e no fim você sempre será vencedor.

    Uma última coisa a todos os nomes dessa empresa. O que pra vocês é apenas um cinturão é uma demonstração, que não importa o quanto vocês duvidem, deem risadas, ou achem que sou fraco. Eu sempre vou estar mais pronto. Sempre vou estar a um passo mais perto do que você imagina. E eu? Eu tenho um troféu que jamais vocês terão!

    Eu sou Tomyer, o único vencedor do 20 Man UWF 2nd Anniversary!

    Peguem-me se for capaz!

  3. Cody Clarke

    Dois anos de aventuras, rivalidades, drama, comédia, dedicação e finalmente um banho, UWF está de parabéns, dois anos depois continua a ser a numero um no mundo, contra tudo e contra todos, a empresa continua de pé, assim como eu, ninguém dava nada por mim e eu continuo aqui, de pé com o meu Extreme Championship, podem me colocar em Hell in a Cell, em combates extremos cheios de armas capazes de terminar carreiras, podem me colocar em Steel Cages, que por mais que me derrubem, eu sempre me irei levantar.

    Del Rio se mostrou um mau perdedor, após perder o combate tentou quebrar o meu braço, e para ser sincero, quase conseguiu, terei de andar uns dias de braço ao peito, mas não importa, eu irei recuperar e voltar a lutar. Quanto ao Murphy…. bem, mais uma vez tentou tirar partido de uma situação para me tentar derrubar, ele que prega por uma UWF pura, não consegue fazer nada puro, precisa de ataques à traição e golpes sujos, falando em sujo, Murphy agora está lavado, pela primeira vez em muitos anos ele viu água sem ser na televisão e tomou o primeiro banho de sua vida. agora só falta cortar esse cabelo e retirar essa barba nojenta, mas uma coisa de cada vez, você está no bom caminho para ficar socialmente aceitável, quanto a você me retirar o Extreme Championship, terá que fazer muito mais do que me atacar à traição, quando a altura chegar você terá que me destruir se quiser este cinturão e eu garanto que nem você, nem o Bill, nem nenhum dos vossos truques sujos irá resultar, pois eu sempre irei me levantar.

    Quanto ao resto do show, parabéns aos vencedores, pouca sorte aos derrotados, celebrámos o evento que simboliza o aniversário da UWF e entre forças ocultas, destruição de propriedade privada e uma batalha cheia de lendas, só há uma coisa a dizer.

    Parabéns UWF, que venham mais e muitos anos.

  4. Parabéns pra empresa pelos seus dois anos, tenho certeza absoluta de que ela se sentiu honrada em ter eu lutando no seu show de aniversário.Com este show pude ver com mais clareza que a UWF tem uma bela história, isso mostra que os ringues daqui são dignos de serem pisados por meus pés, o que é algo muito bom pois não é qualquer empresa que tem nível suficiente para ter a grande honra de ter meu nome em seu roster, talvez seja apenas essa.A melhor, a maior, passa por cima de todas as outras empresas que sonham em um dia ser o que a UWF é, seja de forma direta ou indireta, ela acaba destruindo sonhos de empresas que por mais grandes que sejam, fiquem minúsculas ao serem comparadas com ela, e isso é algo que faz eu me identificar bastante com a UWF.Por mais que todos neguem eu sou o maior, sou o melhor…sou superior a cada verme que tem um contrato assinado com essa e outras empresas em todos os sentidos!E não sou superior apenas a esses esquizofrênicos que pensam ser lutador, sou superior a cada ser vivo que habita este planeta, isso inclui meus familiares.É por isso que todos tem que ter mais educação comigo, são meros seres imundos que querem se igualar a mim, mas jamais conseguirão.O destino deles por esse lado já foi decidido, nunca serão o que eu sou, eles podem tentar, vencer algumas batalhas, mas conseguir o objetivo maior definitivamente não.Cada um desses lutadores de quinta categoria que estão aqui na UWF e ficam falando mal de mim só estão com inveja porque sabem que nunca serão metade do lutador que eu sou, sabem que nunca terão metade do dinheiro que eu tenho, sabem que mais cedo ou mais tarde eu estarei no topo dessa empresa!Eles estão assustados, e dou toda a razão a eles…pobre coitados!Estão vendo que estou mostrando que eu sou, com pouco tempo de empresa já consegui feitos que muitos com o mesmo tempo nem sonhavam em conseguir, eu não acho que tudo seja uma questão de tempo, mas nesse caso com toda certeza é.É só uma questão de tempo para que eu seja o foco principal aqui dentro e os menos talentosos dos já não talentosos comecem a pedir demissão para se tornarem meus mordomos.

    Minha luta teve um resultado ridículo, ainda estou culpando a mim mesmo por ter sido derrotado por aquele lixo de uma forma tão absurda.Eu estava certo de que iria vencer, e a cada segundo que se passava eu só tinha mais certeza disso.Sem sombra de dúvidas fui eu quem dominou a match, ao menos posso dizer com orgulho que pude derrubar todo o meu ódio em cima daquele babaca pelo que ele fez no México.A luta foi muito boa, o que é algo natural nas lutas que envolvem a minha pessoa.No momento que o retardado machucou a si mesmo, eu já podia ouvir “Realeza” tocar naquela arena, e fui o mais rápido que pude pra cima dele tentando aplicar o Cross Armbreaker, infelizmente perdi e de uma forma idiota porque Cody não conseguiria um pinfall em mim.A UWF continua com um campeão que não está a altura para ser assim chamado, mas eu prometo que vou fazer tudo o que conseguir para mudar essa situação, eu sei que sou forte e basta todos os seres imundos ficarem de bico calado, sem intervir onde não são chamados que logo terei um título em minhas mãos.Raymond Murphy não presta nem pra acertar um soco direito, isso que eu já tinha detonado o idiota do Clarke… esses dois tem que continuar com suas birrinhas mesmo, eles combinam em tudo.Mas no final das contas eles não passarão de dois pequenos e sujos obstáculos que eu tive de passar para chegar ao total sucesso, isso é normal na carreira de qualquer um.Cody não pode se vangloriar por ter vencido, lá no fundo ele também sabe que eu me saí muito melhor do que ele, ou melhor…que sou muito melhor do que ele.

    Mais uma vez dou meus parabéns a empresa, foi um grande show.Espero estar aqui nos próximos.

    Wendel Del Rio

  5. Anão Fodão

    UWF já não tem nenhum contrato televiso e está a depender das vendas em eventos iPPV (Pela Internet), está ruindo aos poucos, o que é uma pena. E para Bill Connor, já não vale a pena, já que seu novo salário quase que iria cair 75% do original, o qual já era baixo. Para ele, vale mais a pena voltar ao circuito independente e essse foi um dos motivos por não participar desse Show e quase não ter participado do Show passado.

    Bill já deveria ter saído da empresa desde o começo deste ano, já não tem utilidade nenhuma para a empresa, mas mesmo asim foram arrumando um coisa aqui e outra ali, o que possibilitou a permanencia dele até agora, mas já não vale mais a pena e ele está e continuaria sendo inútil/um peso para a empresa, por isso estou anunciando que Connor não renovou contrato e está oficialmente fora da empresa, pelo bem da própria UWF e dele mesmo. Pelo bem de todos.

    Anunciando também, então, que a “Connor & Anão Productions” estará entrando no mundo do Pró Wrestling independente!

  6. Parabéns UWF! Parabéns pelo esforço e merecimento de todo esse sucesso. Sou empregada da empresa por alguns meses, mas reconheço um sucesso de peso de longe. Tudo de bom para esses dois anos de funcionamento e que venham o triplo do triplo de anos pela frente.

    Foi emocionante, com tantas lendas, tantas histórias, tantas coisas que nos fizeram rir e nos entreter. Foi um espetáculo.

    Agora, em prol da divisão feminina da UWF. Queria dizer que muitas passaram por aqui, mas esses dois anos foi de reinado de Daena. Não é por que ela é minha companheiro que digo isso, eu falo, devido eu reconhecer a grandeza-gentileza dela como pessoa e sei muito bem o quanto ela se esforçou para chegar onde chegou, não foi fácil, mas com determinação conseguiu ser 2x Women’s Champion. E ninguém, ninguém, jamais tirará sua inteligência e seu caráter. Parabéns Daena, por levantar esta divisão como ninguém. E nada mais justo que ela competir no Battle Royal.

    Como eu estava nos backstages recepcionando os convidados de gala, ex-wrestlers e ex-women’s, não a acompanhei, mas Cody e Daena, sempre estarei ao lado de vocês dois. E UWF… Eu nunca te abandonarei. Obrigada!

    Enfim, UWF, tudo de bom e de melhor para o resto das nossas vidas.

    Belleve in…
    #Bet or Die
    A New Revolution is Comming….

    Elizabeth Baddrock

    Mais uma coisa…

  7. "Real Wrestling Last Hope" Dean Nolan

    O que é que querem que eu diga? Eu venci. É para isso que trabalho, para vencer. A qualquer custo, a qualquer meio. Se me podem dar chair shots e ficarem a rir, porque é que eu não posso distribuir golpes baixos e rir-me também? Não é esse o meu ponto ou o meu pensamento, mas percebem onde quero chegar?

    Eu sei que querem explicações. Então aqui vão elas: Eu fiz o que fiz porque teve de ser. Hey, sei que não é lá grande explicação. Mas calma, continuem a ouvir: Eu cheguei a um ponto em que uma derrota não é mais aceitável. Depois de tudo aquilo que passei, eu não vou voltar ao fundo. Eu tenho todas as capacidades que um atleta de topo deve ter e vou usá-las. Uma dessas capacidades, é a capacidade de sobreviver e me adaptar. O que eu fiz foi simplesmente adaptar-me: Estava em perigo, prestes a perder. E como o Lozzer afirmou e muito bem, tu não te podes queixar Crippler, visto que já usaste esse mesmo golpe. Eu respeito-te imenso, mas dentro daquele ringue, eu disse e repito: Faço tudo o que seja preciso para vencer.

    Mas ainda vos resta uma dúvida, não estou certo? Ah sim: Porque é que eu ataquei o Valuigi? Oh, muito simples: Ninguém questiona Dean Nolan. As minhas ações não são questionáveis, eu faço o que eu quero. Simplesmente porque posso. Eu sei o que estou a fazer e agradecia que se mantivessem fora do meu caminho. Lembram-se do que eu disse depois de vencermos o King of Trios? “Daqui para frente, o caminho é sempre a subir.” Sempre a subir. Uma derrota significaria descer. E eu já repeti inúmeras vezes: Eu não vou voltar ao fundo. Podem meter quem quiserem no meu caminho, não quero saber. Mesmo que sejam vocês os dois, Crippler e Valuigi, duas pessoas com quem eu aprendi e que admiro muito. Mesmo vocês não podem fazer nada para me travar, ninguém pode!

    Então, eu não sou assim tão má pessoa. Neste momento, devem querer dar uma de Styles e chamar-me o maior filho da p*`ta que já conheceram. C’mon, não sejam assim. Nós ainda somos os Kings of Trios. Só que eu provei que sou o melhor entre nós os três. Não é assim tão horrível como parece, ainda podemos ser amigos. Ou talvez não. O que vão fazer agora, é com vocês. Da minha parte, apenas vos posso dizer que este é o segundo aniversário da UWF. E começará o primeiro ano dos melhores anos da minha vida.

    ALL HAIL NOLAN!

    • Crippler Renato Dias

      Resumindo a sua explicação em apenas 1 linha: “Eu trapaceei porque não qeria perder”. Nolan, eu não vou explicar o porque que eu fiz aquilo com o Nagata porque eu já fiz em meu comentário principal. E não se atreva de chamar isso que você fez de “capacidade”. Capacidade seria escapar daquele golpe usando habilidade técnica, ou até mesmo força. Mas o que você fez passa longe de se chamar capacidade, não confunda as coisas.

      E pior ainda, foi você ter atacado um cara que nos ajudou a ganhar esse torneio. O cara que TE salvou de ter a carreira terminada por Nagata, e tudo isso porque? Porque você foi um moleque cabeça dura que se tornou de uns tempos para cá, a ponto de não querer ouvir de um cara muito mais experiente do que você e que você deve muito a ele. Não me venha com esse papo de admiração só para aliviar sua barra, seja homem e assuma seus atos. E acredite, se eu quiser “travar” você, será difícil você se “destravar” novamente.

      Você não é melhor entre nós 3, essa luta não prova absolutamente nada, e eu te mostrarei isso em breve…

      • "Real Wrestling Last Hope" Dean Nolan

        Na verdade, seria “Eu trapaceei porque não posso perder.” Não posso, não dá. Ao contrário de ti, Renato, eu sou uma pessoa que ainda tem esperança de chegar ao topo e vencer um dos títulos principais. Ao contrário de ti, eu sou alguém com capacidade para isso. Não me entendas mal, talento não te falta. Falta-te é a mente para o fazeres.

        Ah, então eu devo-te muito? É isso? Hahahaha! Não brinques comigo, Renato. Eu só te devo um agradecimento a ti e ao Valuigi por me terem ajudado com o Nagata. Vocês estão a pôr a situação como se eu fosse um coitado sem talento que vocês levaram às costas o torneio todo. Vocês estão-me a tratar como se eu fosse um rookie! Eu não sou um rookie! Sou o melhor lutador desta empresa. E por isso é que eu te quero enfrentar a ti e ao Valuigi. Porque vocês são os outros dois lutadores desta empresa. O resto? Superstars. Eu abomino superstars.

        Se na tua cabeça não provou que sou o melhor, então provou que sou o mais inteligente. Sobre ser o melhor, posso provar isso a qualquer hora.

      • Crippler Renato Dias

        Não faz diferença se você não queria perder ou não podia perder, o fato é que você não seria capaz de me vencer usando suas habilidades.

        Que capacidade? Que esperanças? Você já chegou a ter duas chances de ser World Champion e perdeu nas duas. Quem tem capacidade não desperdiça oportunidades como essa. E foi para isso que eu voltei, porque eu sei que eu tenho condições de aproveitar, mesmo que seja apenas uma chance de ser World Champion. E na hora que essa oportunidade chegar, DIFERENTE DE TI, eu não a deixarei passar, eu voltei aqui por um objetivo e não vou sair enquanto não o cumprir.

        De maneira nenhuma estou tentando fazer você parecer o “coitado sem talento” do time, você é que quer ficar se colocando como o “cara que levou o time nas costas”, sendo que todos do time tiveram seus méritos. Estou apenas tentando fazer você entender qual é o seu lugar.

        Vencer alguém dessa maneira não prova que você é melhor do que eu, apenas prova que você é um traíra que trapaceia até com os amigos para vencer uma luta. Você não é mais inteligente que eu e muito menos provará nada agindo dessa maneira.

      • "Real Wrestling Last Hope" Dean Nolan

        Não seria capaz? Então porque o fiz? Eu usei as minhas capacidades para te vencer: O efeito surpresa, a inteligência e o instinto de sobrevivência. Não serão essas capacidades que me fazem melhor que tu?

        Eu apenas tive uma oportunidade 1×1 e eu sou homem o suficiente para perceber que não estava preparado para ela. Eu era inexperiente quando enfrentei o Tanaka. E já agora, é muito fácil falar do género: “Quando eu tiver a oportunidade…” Mas o facto e eu só falo de factos, é que tu em tanto tempo na UWF não conquistaste nenhuma oportunidade. Nunca foste forte o suficiente.

        Eu já estou a provar tudo o que quero provar: O meu lugar é no topo e gente que nunca conseguiu nada na vida como tu e o Valuigi, ficarão para trás.

      • Crippler Renato Dias

        Não, eu não acho que isso te faz melhor que eu, a menos que esteja falando em ser um TRAÍRA, nisso você é melhor que eu e que muitas pessoas.

        Fala de fatos? Vamos falar um pouquinho sobre fatos. Você na sua primeira oportunidade se vendeu para ter uma title shot, ao invés de conquistá-la da maneira que um wrestler honrado faz. E sinceramente, eu vejo que não foi tão ruim eu não ter tido uma Wortld Title shot nessa empresa ainda. Pois é melhor do que tê-la através dessa maneira ridícula. E não queira usar a sua segunda derrota em uma title shot dizendo que foi por causa de uma 3-way match, quando eu tive uma title shot pelo falecido TV Championship eu o venci em uma 4-way match no qual eu era a zebra da luta, assim como fomos a zebra nesse torneio. E quando eu tiver a oportunidade de um título mundial, eu não me importo de for até mesmo uma 10-way match.

        Não pense que me deixará para trás assim tão fácil, essa luta não significou nada. Continue se gabando por essa vitória, eu vou conseguir mais do que isso, e vingança será uma delas.

    • Sua justificativa para me atacar Nolan e o tipo de justificativa de pessoas que acham que suas decisões são irrepreensíveis, que se acham verdadeiros “deuses”, você está na verdade se tornando cada vez mais parecido de gente como Tanaka, Rhodes, 2 dos quais você sempre criticou.

      O Renato lembrou bem, nós lhe salvamos de Nagata quando você precisou e estava crendo que você seria um amigo aqui dentro, mesmo se nós seguíssemos caminhos diferente, até mesmo que eles se cruzassem, pensei que poderíamos ter uma luta justa, mas esse não parece ser o seu estilo.

      Quem não garante o momento em que você ache necessário não nós ataque de novo? Mesmo traindo em outro momento, tem um ditado Japonês que diz “você pode fazer 1000 coisas para ganhar a minha confiança, mas no momento em que você quebra essa confiança, para recupera-lá e bem mais difícil”.

      • "Real Wrestling Last Hope" Dean Nolan

        Eu não sou um Deus, nem me acho tal. O meu ego não é assim tão grande. Aliás, eu não tenho ego. Tenho sim uma maneira de pensar diferente e mais lógica! Pense comigo: Porque é que eu haveria de pensar nos outros? Para acontecerem coisas como as deste show? Eu fui celebrar com este mesmo público, com estas mesmas pessoas após a vitória no torneio e fui recebido com vaias. Parecendo que não, isso afecta-me. Afecta-me pois eu quase consegui por alguns momentos pôr de parte todo o ódio que eu tenho por estes mentecaptos imbecis que mudam de opinião como de meias. Por isso, agora é assim: Ou estás comigo ou estás contra mim.

        Eu não vou negar que a ajuda que vocês me deram foi preciosa. Foi sim. A minha perna está em mau estado, melhor, mas em mau estado. Podia ter ficado pior se não fossem vocês. Mas eu já vos agradeci, não seria suficiente? A vida segue para a frente, não vos vou agradecer durante os próximos 5 anos.

        Eu já disse: Apenas sofre quem estiver no meu caminho. Pensando bem, isto até foi melhor para vocês… Assim aprenderam rápido a não estar contra mim. E a lição que tens de tirar daqui é que não podes confiar em mim. Porque é isso que eu quero que aconteça.

  8. Primeiro falemos do ato mais sem importância envolvendo minha pessoa, o combate contra o Runnels. Eu esperava mais de um ex-desafiante ao UWF Championship, foi realmente fácil vence-lo, isso mostra à você, Sr. Ziggy, que suas comparações foram completamente imbecis, eu não sou o Runnels, eu sou infinitamente melhor que ele, sou mais forte, meus golpes são melhores, tenho mais experiência e mais cérebro, mas sem dúvida o maior diferencial é o fato de eu te conhecer, eu te conheço como ninguém, sei como entrar em sua mente e te atormentar imensamente, te fazer perder o controle, e assim será quando nos enfrentarmos, contra Runnels e Nolan você teve um combate de wrestling, contra mim você terá um combate pessoal, será onde você pode colocar a prova tudo o que diz sobre me vencer, onde você vai tentar honrar todas as suas promessas, como me vencer, por exemplo. Espero que tenha entendido o recado, eu não sou o Runnels, sou um adversário muito pior, acabarei com você se continuar pensando assim.

    Agora vamos à parte mais relevante desse show, que porra você pensa que tá fazendo? Você não é um wrestler, é um vândalo, deveria ser preso após tais atos, você tenta dar bons exemplos para aqueles pirralhos catarrentos que ficam cantando seu nome mas quebra o carro de outras pessoas, a raiva pelo carro já passou, com o que arranco dessa empresa por mês dá pra comprar outra logo, mas estou realmente ofendido pelo seu ato de vandalismo, isso é o cúmulo! Você está dando maus exemplos, você iludiu à mim e aos seus fãs ao dizer que era um bom samaritano, estou em choque, você é simplesmente um hipócrita, me julga por todos os meus atos errados mas ainda faz pior, que decepção. É nossas horas que eu, Steen, o herói incompreendido entro em ação para salvar essa empresa de mais uma ameaça, o terrível herói que dá maus exemplos para nossas crianças, está na hora de você parar com sua falsidade, está na hora de você pagar pelos seus crimes, por seus atentados contra a moral, está na hora de um grande herói voltar! O incompreendido Steen está aqui mais uma vez pelo bem de todos!

    Sobre o ataque contra mim, isso não faz diferença, eu tenho uma alta resistência e meu finisher não tem sobre mim os efeitos que tem sobre alguém como você, acha que nunca levei um Package Piledriver antes? Enquanto aprendia esse golpe eu tomei ele tantas e tantas vezes que fui parar no hospital, mas como o tempo se aprende a resistir, ainda mais para alguém como eu que sou pesado, fora que você é muito mais leve do que eu e 90% do dano desse golpe é causado pelo peso de quem aplica, logo você não me machucou na mesma proporção que eu te machuco, a pior parte foi o carro, foi o unico responsável por me causar dor, mas se tentar isso num combate, os danos não serão nem metade dos que eu posso causar em você, então fica a dica, meu move não é o suficiente para me parar, recomendo procurar outro golpe, pois esse eu conheço muito bem, mais do que qualquer outro golpe.

    Vá se preparando campeãozinho, o fim do seu reinado está cada vez mais próximo, o tempo ruge e seu fim vem junto, está na hora de se despedir desse cinturão, está na hora de ir procurar algo para fazer e deixar que gente grande tenha o cinturão, recomendo você ir atrás do WHC, a competição lá será bem mais fácil do que contra mim.

    STEP UP, ASSHOLE!

    • Steen, tu realmente não entende não é. Mas tudo bem eu também não compreendia e meus olhos agora enxergam tudo isso, então quem sabe tu possas enxergar também. NÃO IMPORTA O QUE EU FAÇA, NÃO IMPORTA QUEM EU SEJA, EU SEMPRE SEREI UM EXEMPLO PARA OS VERDADEIROS FIÉIS..

      Não importa se eu destruo carros ou se ajudo velhinhas a atravessar a rua, quem realmente me admira e torce por mim sempre estará ao meu lado quando eu tomar uma decisão, então pare com essa história de tentar me derrubar indiretamente, apelando para o carinho dos meus fãs, isso não mudará nada. Seja homem uma vez na vida e tente resolver as coisas como tal. Resolva os teus problemas no ringue…

      Eu não perderei meu tempo tentando te provar o que digo, eu simplesmente deixarei a vida seguir seu rumo e esperarei para que ela mesma te prove a verdade. Eu sou um inimigo que tu conhece como a palma de tua mão, porém eu estou ciente disso e tenho meus próprios meios para contornar essa situação e no show de hoje eu provei isso. Eu não precisei ir até ti para lhe confrontar, eu joguei contigo e te trouxe até mim, no cumulo de tua raiva. E usei isso ao meu favor, te fiz perder o controle e finalizei o serviço da forma mais humilhante para ti, usando teu próprio golpe para lhe derrubar….

      É assim que um verdadeiro campeão age, com coragem e inteligência, e é claro sempre guardando um pouco de força e brutalidade para quando se é necessário. E é por isso que tu não me vencerá, é por isso que não estás pronto para me superar, ainda não aprendestes a ser um verdadeiro campeão. Então eu sinto muito em lhe dizer isto, mas seu sonho está prestes a acabar.

  9. Crippler Renato Dias

    Antes de mais nada, parabéns a UWF, que em apenas 2 anos conseguiu já ser a maior empresa de Wrestling do mundo. Fez e está fazendo uma grande história, e apesar dos altos e baixos, eu sou muito feliz por fazer parte dela.

    Voltando ao que aconteceu do show. Então obviamente eu não devo reclamar desse Low-Blow que eu tomei do Nolan porque eu já usei esse golpe com o Nagata, certo? ERRADO! Eu não entendo como alguém pode possívelmente comparar o fato de eu ter dado um Low-Blow no Nagata não me dá o direito de reclamar quando eu recebo um do Nolan, e eu vou dizer o porque. Caso alguém aqui não se lembre, eu vou refrescar a memória. O Nagata, mais ou menos um mês antes dessa luta em que eu fiz esse move nele, me deu um Rainmaker na cabeça que quase tirou minha vida e me deixou louco por umas semanas. Depois daquilo, o que eu fiz a ele foi pouco, eu deveria ter feito coisa pior, sem contar que eu e o gordão nunca gostamos um do outro desde muito antes de tudo isso acontecer. Mas para não sair do assunto, eu me considerava amigo do Nolan, naquele torneio eu confiei minha carreira nele. Nós eramos amigos muito antes desse torneio, e eu o ajudei e o apoiei desde o começo de sua jornada aqui quando ele fazia feuds com lixos feito John Roode e Axel Heck. E se ele é alguma coisa hoje, é graças ao ser que o apoiou ele de lá até aqui, que fui eu. E vejam só: hoje ele se gaba de ter vencido um torneio no qual EU, e também o Valugi o ajudamos. O ajudamos tanto a ganhar o título quanto salvamios de ter sua carreira terminada pelo Nagata. E depois de tudo isso como ele me agradece? Dessa forma, e ainda quer usar a desculpa do Nagata. Eu não sou o Nagata, eu não tentei matar você, eu nunca sequer te insultei. Então se vai arrumar uma desculpa, arrume uma que seja no mínimo compreensível.

    Nolan, você não sabe como está mechendo. Se por um acaso você pensa que vai conseguir ser o único membro dessa equipe a levar algum crédito por essa conquista no Sin Piedad, pode ir tirando essa ideia da sua cabeça. Como o Gustavo Lozzer disse, não temos um verdadeiro campeão ainda, e eu não permitirei que tenha, a menos que esse seja eu. Eu me esforcei para ganhar esse torneio e nas 2 últimas lutas eu fui o cara que finalizou os oponentes para a vitória. Eu não estou tentando dizer que tu e o Valugi não tiveram méritos, ao contrário. Mas nem por cima do meu cadáver eu permitirei que você fique com todo o prestígio só para você por uma conquista que nós 3 o fizemos. E se eu tiver que resolver isso na porrada, aí meu amiguinho, reze. Você não sabe com quem está lidando, eu ajudei você a subir, e posso ajudar você a descer com mais facilidade ainda.

    THE KING OF TRIOS,
    MR. SIN PIEDAD II.

    • "Real Wrestling Last Hope" Dean Nolan

      Outra vez essa conversa de que eu te devo tudo? Eu não te devo nada. Tu é que me deves, deves-me o facto de teres voltado a ser credível outra vez. Se não fosse eu ter ficado na mesma team que tu, nunca terias voltado a ser o “Crippler” Renato Dias. Serias apenas uma Hall Of Famer que voltou para a empresa, mais nada. Eu sou o jovem em ascensão, ponto. Tu és apenas mais um que falhou em ser o melhor. És um veterano, mas que mais? Mais nada. Tens a experiência. Eu terei a glória.

      Parece-me que o que disse Gustavo Lozzer foi que isto não tinha acabado. E penso que ele se referia à minha pessoa, porque eu tenho um prémio para receber. Eu sou o verdadeiro campeão do King of Trios, eu venci. Ponto final, parágrafo. Eu não quero todo o prestígio, tu e o Valuigi ficam bem como Kings of Trios. Mas eu só vou descansar quando for o King of Everything. Eu não tenho medo de ti, és previsível. Esqueces-te que fiz equipa contigo durante um torneio inteiro. Eu conheço o teu estilo. Provavelmente agora dirás que conheces o meu? Isso diziam os outros todos. E acabaram caídos. Eu misturo o Extreme, o High Flying, a técnica. O estilo Super Junior ou híbrido não me descreve. Eu sou fora de série, não posso ser igualado. Podem tentar imitar, mas só existe um Dean Nolan. Só existe uma pessoa que pode mudar o rumo dos acontecimentos: Eu.

      • Crippler Renato Dias

        Errado. Se eu “voltei” a ser credível, foi pelo meu esforço. Mais uma vez você quer insinuar que levou o time nas costas, mas você foi uma peça que ajudou o time, assim como eu e Valugi. Você nunca foi a prioridade do time e poderia ser o desfalque do mesmo se tivessemos deixado o Nagata fazer mais estragos a sua perna. E não sou apenas um Hall of Famer que voltou, eu voltei com mais fome de luta que qualquer um aqui, e eu poderia provar isso em qualquer oportunidade. Tanto é que esse torneio foi a primeira oportunidade que me apareceu e veja só o que aconteceu. Essa vitória no Sin Piedad foi apenas o começo da minha nova jornada nessa empresa, você ainda não viu nada, mas vai ver, e vai ver bem de perto. Continue esnobando a minha experiência, ela é uma das coisas que me diferencia de você, e vai ser uma das coisas que vai me ajudar a conquistar o que eu ainda não conquistei aqui, mesmo que para isso eu tenha que passar por cima de você.

        Mas de jeito nenhum, como já disse antes, nem por cima do meu cadáver eu vou permitir que você ou qualquer outro me tire dessa conquista. Eu posso até ficar bem como King Of Trios, mas isso ainda não é o suficiente para mim, eu não voltei apenas para isso, do contrário eu continuaria aposentado. E você não precisa ter medo de mim, para mim pouco importa o que você pensa sobre mim, eu quero que você tenha consciência de que eu sou capaz de te vencer assim como sou capaz de vencer qualquer um aqui dentro. Se você acha que conhece meu estilo eu tenho certeza que eu conheço o seu. Mas nesse caso eu posso dizer isso, pois eu vejo você lutar aqui desde o primeiro dia, mas você não viu toda minha jornada aqui, muito menos em outros países. Eu não preciso me igualar a você, se eu posso muito bem superar você, e é isso que eu farei.

      • "Real Wrestling Last Hope" Dean Nolan

        “Esforço” As pessoas cospem no esforço dos outros, não querem saber disso. Assim como cuspiram no esforço que eu fiz durante aquele torneio para vos ajudar a ganhar. Bando de ingratos, é o que vocês são. Eu dei tudo por vocês. E sou recebido com vaias. A vitória do Sin Piedad foi o início da jornada dos três. E cada um vai prosseguir como quiser. Fomos uma equipa de ocasião. Agora, é cada um por si. Eu tenho a minha maneira de fazer as coisas, tu tens a tua. Eu fui o Rookie do Ano, ganhei esse Slammy Award. Não quero ser a Desilusão.

        Tu não conheces o meu estilo. O meu estilo é o estilo mais completo de wrestling que existe, tu não sabes que manobra eu vou usar. Já tu, é tão fácil de prever. És o melhor wrestler técnico, mas regeste disso. Eu sou o melhor highflyer, o melhor Super Junior, o melhor wrestler técnico também, posso ser o melhor Powerhouse se eu quiser, o melhor Showman. Eu sou tudo aquilo que tu queres ser. Por isso, que venha de lá essa tentativa de me superares. Não vais conseguir.

      • Crippler Renato Dias

        Nolan, você sempre me entende errado, eu nunca, eu nenhum momento desprezei o seu esforço e o agradeci por causa dele. Quer que eu façaa o que? Que eu agradeça você toda vez que eu postar um comentário? O que me irritou de verdade foi o fato de você estar sendo um egoísta de merda e tentanto pegar as glórias só para você e tirar a mim e o Valugi da história. Quem é o maldito ingrato agora? Todos nós ajudamos um ao outro a ganhar esse título, não fique agindo como se você fosse a vítima dessa história.

        Você acha que me surpreende? Eu já lutei contra todo e qualquer tipo de estilos que um ser humano possa imaginar. Não vou negar que você é um dos melhores wrestlers da empresa, mas não é algo que eu já não tenha visto antes. Não vou ficar falando de meus estilos no ringue porque isso não provará nada. Eu quero provar com ações, esse é o meu interesse.

  10. Bem primeiro temos os dois anos da UWF, tinha que tudo para ser uma grande festa para todos, e até certo ponto foi, mas como sempre nós temos uma decepções ao longo desse mundo do wrestling, sim estou falando de Nolan, realmente eu lhe falo na sua cara, estou decepcionado com você, eu sabia que você tinha mudado no período de sua feud com Cody Clarke.

    Bem, mas depois de conviver com você achei que tinha voltado, que só estava mais competitivo, e que tinha avançado como wrestler, mas infelizmente acho que estava enganado, que o Nolan só aproveitou aquele momento do King of Trios para lutarmos juntos, eu queria saber Nolan, tudo aquilo foi uma mentira? E o pior que ele quer levar todo o prestígio da vitória do torneio sozinho, como seu eu é o Renato fossemos coadjuvantes.

    E digo os 3 tiveram importância igual na vitória e no torneio,. Tanto eu, o Renato ou mesmo você Nolan tivemos a mesma importância e isso fez a diferença, e depois de nós enfrentarmos achei que teríamos uma luta justa entre nós 3 para entreter o público, eu acho que todos esperavam isso, e de repente você vem e usa golpe baixo em Daniel para obter uma vitória, além de desrespeitar o público, desrespeitou o Daniel, e por isso fui para tomar satisfação, para saber o porque você tinha aprontado isso, qual era o motivo de você ter usado esse golpe baixo, e qual foi sua resposta? Bem me atacar.

    As pessoas que usam a força para justiçar os seus atos, são pessoas que aceitam a sua culpa, sinto que estou decepcionado com o que aconteceu, achava que conhecia uma pessoa, mas ela se mostrou outra pessoa, sei que ninguém e perfeito, mas tenho medo que apareça mais um ser se dizendo “deus” no wrestling.

    E a Black Heart não pense que a British Airlines esqueceu de vocês, nós ainda queremos esse cinturão que estão com vocês, e não vai ser as suas palavras que irão fazer a gente desistir desse cinturão, eu e o hardy ainda queremos ele, o torneio de trios só foi um momento onde todos tiraram os focos de suas rivalidades, mas não vão relaxem achando que não iremos atrás deles, estamos chegando e vamos acabar com vocês, e bom estarem preparados, porque nós estamos.

    • "Real Wrestling Last Hope" Dean Nolan

      Entreter o público… Esse mesmo público que me traiu, não uma, não duas, mas três vezes. “À terceira é de vez, dizem eles.” E é assim mesmo. Eu não digo que tenha sido tudo uma mentira. Depende do ponto de vista: Eu realmente, começava a mudar a atitude. Aquela atitude mesquinha que vocês diziam que eu tinha, estava a desaparecer. Mas como é que é suposto eu confiar se do nada me vêm facadas pelas costas? Eu não confio, não confiem em mim. Por favor. Eu não quero amizades, eu só quero lutar. Nenhum de vocês me conhece, ninguém me conhece. Eu sou diferente, sou uma pessoa diferente, um pensamento diferente. Eu não sou Deus, mas não sou normal.

      Eu sou culpado. Mas vocês também. Nunca confiem em alguém que perdeu tudo, porque podem vocês perder tudo também.

  11. Primeiramente eu gostaria de parabenizar a UWF pelos seus 2 anos, que sem duvidas foram de muitas conquistas grandiosas. Eu me sinto tão bem por fazer parte disso tudo, e a cada dia que passa eu tenho certeza de que meu retorno a esta empresa foi a melhor coisa que eu já fiz, pois eu não sei viver sem isso tudo, sem essa atmosfera. Perfecto Ziggler vive de wrestling, e esta empresa é o coração do wrestling, por isso eu mais do que nunca tenho a certeza de que estou no meu lugar, no meu habitat natural, no meu lar doce lar…

    Porém antes do show me fizeram uma ligação especial, disseram que eu não iria lutar neste show, pois diante da delicada situação do meu pescoço eu deveria repousar para não ficar de fora do PPV. Mas é claro que eu não iria simplesmente ir até lá para assistir o show. Então o dono da face que estampou o poster oficial do show teve uma ideia perfecta, fazer um agrado ao seu melhor amigo e inimigo. Steen recebeu de mim o presente mais bem especial de todos os tempos, uma reforma em seu belo possante. Não me julgue mal Steen eu só quis dar uma cara nova ao teu carro, deixa-lo mais a tua cara. E realmente ficou no seu estilo, todo amassado, destruído, pois será bem assim que ficarás após o PPV…

    Vi que citou as crianças para tentar ganhar algum argumento, disse que meu ato “vândalo” é um mal exemplo. Pois bem, eu não vejo assim. Tu atacastes o herói delas, de forma covarde, acha mesmo que um pequeno gesto fora das regras me transformará no vilão Steen?? De maneira alguma, pois seja como for eu fui o mais humano possível, eu poderia ter feito aquele estrago com a tua cara, mas isso fora dos ringues seria desumano e eu não sou assim, então descontei toda minha raiva naquele belo carro…

    E tem mais meu caro, eu tive uma certa conversa com minha esposa e após muito me martirizar com esta ideia, ela me libertou e disse que isso não faria de mim uma pessoa ruim, não faria de mim o vilão. Ela esclareceu tudo pra mim, disse verdades que eu precisa ouvir, ela falou que quem realmente crê em mim, quem realmente segue minha filosofia seguirá até o fim como um bom devoto. E isto é realmente verdade. Veja com uma visão religiosa agora Steen, quantas catástrofes acontecem pelo mundo, quantas tragédias não ocorrem por vez ou outra, e isso não faz com que as pessoas deixem de crer em seus Deuses. Pelo contrário. Elas dizem que si isso aconteceu foi porque seu Deus quis e foi melhor assim. E assim será com meus seguidores, não importa o que eu faça, não importa como eu haja, eu sempre serei amado pelos verdadeiros devotos, e isso é tudo o que eu preciso…

    E é por isso que hoje eu tenho a consciência de que eu não sou um mero semideus. Eu sou um Deus, um Deus que não precisa de poderes, um Deus que não precisa morar no paraíso, um Deus que pode estar tão perto das pessoas quanto elas precisem. Eu sou um novo tipo de Deus. Eu sou Perfecto Ziggler… O DEUS DO NOVO MILÊNIO…

    Eu sou aquele em quem todos podem crer, pois eu sempre estarei ao alcance dos meus devotos para lhes dar a salvação. Saúdem o Deus do Novo Milênio. UWF Champion Perfecto Ziggler

  12. A comemoração de datas… mais um fetiche que a sociedade incorporou para dar a sensação de alegria e festividade, apenas uma forma que alguns arranjaram para iludirem as pessoas de que nesse dia, tudo estava bem, afastando assim, deves em quando, os problemas e os demônios para longe das cabeças destas. Comemorar o aniversário de algo é tão idiótico e inútil como o as palavras que vocês gastam a insultarem-se uns aos outros, insultos esses que são baratos e pequenos como as vossas cabeças e mentes. Sei que a maior parte de vocês não compreendeu nada do que eu disse até agora, não porque eu me expresso mal ou de forma errada, mas é que a vossa capacidade de entender algo é pequena e tudo o que vocês conseguem entender é o som das moedas a entrar no vosso bolso.
    Não sou hipócrita, eu já disse que a única razão pela qual eu estou aqui é pelo dinheiro, mas eu sou movido por muito mais que dinheiro. Eu tenho as minhas próprias ideologias, as minhas próprias leis, a minha própria filosofia. Vocês apenas seguem as regras que vos são impostas e limitam-se ao material que vos é dado. Vocês não passam de seres limitados e dependentes do que os outros vos possam fornecer. A prova disso? É preciso que alguém vos diga que esta companhia faz 2 anos para que fiquem logo felizes e excitados. Se a mesma pessoa que vos disse que a companhia está a fazer dois anos, decidisse que não vos iria dizer nada hoje e tomasse a decisão de vos enganar, dizendo que supostamente esta data era amanha, vocês ficariam felizes e excitados à mesma. Dependem de outros. Dependem das informações dos outros para tirar as vossas conclusões. E para isso, existe uma palavra… Hipocrisia.

    • "Real Wrestling Last Hope" Dean Nolan

      Deixa-me dar-te uma injeção de realidade, senhor mundo paralelo: Tu não podes chegar aqui e dizer o que queres sem saber ao menos como é que as coisas funcionam. É muito fácil para quem está de fora falar de coisas que não conhece. Mas tu, meu rapaz, és o novato aqui. Não és ninguém para dar lições de moral. É muito fácil falar. Quero ver ações. Não és o primeiro que vem com discursos muito lindos, mas que passadas duas semanas já não está cá. A ver vamos se aguentas. Como sou um tipo simpático, sê bem-vindo.

  13. "The Dark Horse" Leonardo Felix

    Realmente foi só isso que tiveram para me oferecer num show tão importante como o de aniversário da UWF? Que desrespeito com um campeão e com seu parceiro. De qualquer forma,mais uma vez eu saio desse show com um título. Ano passado tive provavelmente a melhor luta da minha carreira e a luta que era pra ser aquela que iria me catapultar junto dos principais nomes. Não foi daquela vez,mas agora eu sinto que isso acontecerá. Nunca levei as coisas mais a sério do que agora.

    Porém,parece que a tag team division anda meio morta e por isso tiveram de ressuscitar esses idiotas. Ninguém tem coragem de nos enfrentar num show importante. E estou direcionando isso para a British Airlines. Esses caras adoram falar,ficam nos desafiando para uma luta por título em qualquer esquina vagabunda,mas na hora que realmente interessa eles fogem ou nem dão o ar da graça. Adoram pagar de heróis certinhos,mas estão muito longe disso. Mas pra mim tão faz se eles vão ficar com essa atitude patética ou não. Porque eu e Jho estamos colocando nossos nomes na história dos Tag Titles,estamos aumentando cada vez mais nosso reinado,que será o melhor de todos,não importa o que tivermos de fazer para isso. Mesmo que não tenham times para nos enfrentar,não ficaremos de fora dos shows,pois iremos atrás de adversários.

    Alias,acho que podemos dizer que todos estão desistindo por perceberem que somos muito bons para eles,que não há como nos derrotar. Deve ser por isso que a BA não deu o ar da graça nesse show,por medo de serem humilhados por caras muito melhores em todos os sentidos. Mas não precisam ter medo de nos enfrentarem. Prometo que teremos piedade e que só humilharemos vocês um pouco…Sabe como é,né,precisamos ir ao topo e para isso teremos de destruir algumas pessoas pelo caminho.

    LADIES AND GENTLEMEN,I’M ONE HALF OF YOUR WORLD TAG TEAM CHAMPIONS! NOT SORRY ABOUT IT!

    • Felix como sempre falando meia besteiras, eu não era a pessoa que estava fugindo de todas as lutas que apareciam, essa pessoa era você e seu parceiro de dupla, não sei se você sabe o Lozzer me escalou na luta contra Dean Nolan e Renato e por isso preferiu não forçar outra luta minha e não queria botar Hardy para lutar sozinho, só se era a intenção de vocês, queria lutar novamente 2×1.

      Todos já sabem quem está errado e certo nessa história, quem das duas tags que utilizam de jogo sujo? Mas não se preocupe como disse estamos preparados para tudo, isso eu lhe garanto.

      • "The Dark Horse" Leonardo Felix

        Já disse que não vou lutar pelo MEU título em qualquer esquina vagabunda. Vê se entende isso de uma vez. Não vou ficar defendendo os Tag Titles em frente a 10 pessoas.
        Quem quis lutar contra eles foi você. Poderia muito bem ter deixado isso pra resolver depois e finalmente perdesse a sua oportunidade num evento tão importante quanto esse. Mas preferiu fazer uma luta sem importância alguma do que lutar pelo título e ter destaque no que seria a melhor luta do show.
        Já cansei de dizer as minhas exigências. Só que você simplesmente fica fugindo delas,querendo fazer totalmente o contrário e me colocar como medroso. Eu sou o campeão agora. Seu tempo de ditar as regras já foi e nem isso conseguiu de tão inútil que é. A BHC sempre ditou e ditará as regras dessa divisão,enquanto estivermos nela. Porque NÓS somos os campeões e temos esse direito por sermos simplesmente melhores e mais espertos.

        Eu não preciso de jogo sujo e já provei isso várias vezes. Tiramos o título de vocês dessa forma e faremos isso quantas vezes forem para provarmos nossa superioridade. Deve estar querendo lutar em qualquer show mequetrefe porque assim serão menos pessoas vendo a humilhação. Entendo o seu lado.

        Precisamos entrar em um acordo de uma vez. Estou cansado de ver vocês falando merda e me enchendo. Quero outros desafios,mais difíceis,para ajudar no meu objetivo. Quero acabar com vocês de uma vez,tirar todas as chances que ainda tem.
        Então,me ajude com isso,pois será benéfico para os envolvidos.

  14. Abdul Jaba

    Como uma simples leitura pode abalar um ser humano, pena que meu suposto adversário não é digno de ser chamado assim; aliás: será que ele sabe ler? Em plena data comemorativa, tive o prazer de ter ensinar um pouco de cultura para alguém que simplesmente não merece recebê-la. Foi hilário, confesso ao ver o semblante de Huber Lee ao receber meu presente. Que ele tenha ao menos, o bom senso, de aprender algo com o didático livro que reflete sua carreira atualmente, ou quem sabe: de uma vida inteira.
    Lee, você não passa medo em seu ninguém meu caro.

    Murphy chutou tua bunda e isso reflete o tipo de criatura que você representa por aqui: um homem alto, sem carisma, sem habilidade dentro e fora do ringue, que realmente acredita ser um lutador profissional de pro wrestling; me poupe Huber.

    Não vejo a hora de terminar o serviço feito por Raymond e liquidar com tua carreira por aqui, ou realmente acredita que pode me derrotar mano a mano?

    Eu estou determinado a lhe causar muitas dores senhor Lee, e não pouparei nenhum esforço para isso, usando dos piores métodos possíveis.

    Tu irás desejar a morte, mas esta o irá negar.

    Tu pedirás para eu parar de lhe humilhar, não lhe darei ouvidos.

    Seu enorme coliforme fecal, vou derrotá-lo a qualquer custo, forma e maneira. Não que você mereça tudo isso, porém quero aproveitar cada instante que tenho contra ti seu lixo humano.

  15. "That Young Knockout Artist" Raymond Murphy

    Cody seu maldito ! Você pensa que isto é um jogo seu palhaço ? Você pensa que isto é uma simples brincadeira ? Se pensa, está enganado, você conseguiu me enervar a sério com toda essa estupidez, estupidez essa que não lhe valerá absolutamente de nada após eu te destruir. Eu não vou cair por causa de uma patetice, todos sabem que sou bem cheiroso e que não tenho problemas de higiene, tanta obsessão para quê, para tentar se divertir em minhas custas? Isso não vai acontecer amigo, lamento, mas quem se vai divertir vou ser eu ás tuas custas. Tudo isto por uma UWF melhor.

    • Cody Clarke

      Ohh, o artista ficou enervado foi? “Você pensa isto, você pensa aquilo” ah Murphy, agora que tomou banho devia ter ficado mais bem disposto, continua tão enervado, continuando assim ainda morre com um ataque cardíaco, tenha calma homem, coma um bolinho, ou dois, talvez fique mais doce.

      Agora respondendo à sua pergunta, eu não acho que isto seja uma brincadeira, isto é o Extreme Championship e como o nome Extreme indica, vale tudo para vencer, mesmo recorrer a extremos, é isso mesmo Murphy, eu estava tendo um combate, o mau perdedor resolveu tentar partir-me o braço e você resolveu me atacar por pensar que eu estava acabado, pois comigo a 100% você não tem coragem sequer de entrar no mesmo ringue que eu, essa é a verdade e o que mais o irrita é saber que eu tenho razão, o que aconteceu ao Steve Murphy que lutava pela UWF pura? Ataques sorrateiros não são sinónimos de pureza, mas de cobardia, é isso que você é, um cobarde que tem medo de me enfrentar cara a cara, mas isso irá mudar, pois mais cedo ou mais tarde, os nossos caminhos se irão cruzar naquele ringue e ai, veremos quem é de facto o Wrestler verdadeiro e puro e quem é o palhaço.

      To Be Continued…

  16. É impressionante como o mundo dá valor para números. Ninguém liga para os valores individuais, apenas para a quantidade de vitórias, os dias do reinado, o peso. Dão muita competição para o esporte. “Qual o seu legado?”, “Onde ele estudou?”, “Quem foram seus professores”. Será possível que só importa a quantidade de vezes que venci ou perdi? Isso não me define.

    Eu poderia dizer que finalmente estou de volta, mas isso não é verdade. Não para vocês, que acham que eu devo ser como era no passado. Na verdade eu sou aquele mesmo homem, mas no mundo dos Deuses do Wrestling, um mundo tão pequeno, só se caminha para a frente e não se olha para trás, pois realmente não importa. Tudo que você fizer na carreira será memorável de um jeito ou de outro.

    Sim A.B, sua carreira tem feitos memoráveis apoiando em um único pilar: o fracasso. Você fracassou na carreira, fracassou na vida, fez escolhas erradas que fizeram você desconhecer a si mesmo. Na sua mente, você é ameaçador, um homem perigoso. Para o mundo, você se expõe ao ridículo toda vez que entra no círculo quadrado. Você poderia melhorar a si mesmo, caso não estivesse piorando a empresa com suas exibições e atuações fajutas.

    “Mas Tanaka, quem piorou a empresa foi você”. É claro e evidente que alguém usará esse argumento algum dia contra mim, chegou a sua vez, querido A.B. Já diziam que o essencial é invisível aos olhos. Vocês tem alegações, eu tenho argumentos. Argumentos derrubam o circo, acabam o espetáculo, por isso vocês só acreditam naquilo que lhes convém, que nem sempre é a realidade. Na minha realidade o caráter define-se do modo como se encara o fracasso e você, querido homem que arrancava cabeças de bonecas e dançava Bacyardigans, entregou-se de corpo, alma e coração à situação adversa que a vida lhe ofereceu. Apenas uma parte de você não percebeu que você nunca foi um profissional admirável: O cérebro. Não é falta de conhecimento, é uma cegueira para a realidade.

    Você é amigo, você é leal, quer fazer as coisas sempre dentro de uma margem. Se você ao menos se diferenciasse, perceberia que um peixe solitário consegue escapar de uma rede onde está um cardume. O peixe solitário é diferenciado, astuto e tem plena convicção de que ele pode fazer algo. Hoje em dia enfrentar o A.B é como escrever previamente mais uma vitória no currículo. Eu não queria ter que fazer isso, mas estou sendo obrigado a comer a baleia pedaço por pedaço para provar que a dor que posso causar não é aquela que te deixa mais forte, mas a que te traz o sofrimento e o suicídio profissional.

    Não há livro, nem professor que nos dê uma resposta concreta sobre como uma carreira pode terminar. Mas o caminho é você quem escolhe. Nem sempre o menor é mais rápido, nem menos doloroso. Eu sou um caminho traiçoeiro, um beco sem saída que encurralará você em uma avalanche de realidade. O mundo será cruel em te mostrar que você esteve errado o tempo todo e que foi o culpado por todas as derrotas. Você me enoja!

    O mundo do Wrestling gira ao meu redor. Siga o Tanakacentrismo!

  17. “O importante é ganhar. Tudo e sempre.” Não meu caro editor, não é. As vezes uma vitória traz mais males a pessoa do que se ela perdesse. Pode soar ridículo isso, mas eu sei do que estou falando, pois só comecei a ser minimamente reconhecido por estas bandas após perder de uma maneira vexatória. Então Nolan, Tomyer, vocês ai que ganharam algo completamente vulgar e que não traz nada a mais, nada a menos as suas carreiras, tomem cuidado, se não vão se tornar um Christian da vida…ou ainda pior…um Jason da vida!

    Este recado foi para quem ganhou nestes últimos dias um troféu, uma condecoração. Para quem só me derrotou, o aviso é ainda mais sério. Não fique cantando vitória antes da hora só por me vencer por 2 ocasiões seguidas. Ok, tem lá os seus méritos por ter conseguido isso, mas lembre-se, o Intercontinental Championship não estava em jogo. Derrubar uma montanha como você não é fácil, e como não vou usar um joguinho barato de cadeiras para te derrubar, me resta saber o que pode acabar com você durante estes combates randômicos. E devo dizer que já aprendi.

    Tudo o que eu faço, dentro e fora do ringue, tem um fundamento. Então, não se alegre demais. Sei que também aprendeu sobre mim nestas duas oportunidades, mas me adapto muito bem as situações, e sei que não batalho só por mim, mas sim por todos os meus peeps, que querem ver eu pisando em cima dessa sua pança depois na nossa luta (que só Deus sabe quando vai acontecer), ainda mais depois daquela vergonha protagonizada pelo senhor no México, que por sinal ainda não esqueci de me vingar por aquilo.

    Aproveite o gostinho do sucesso e da fama, que mesmo assim é quase nulo mesmo tendo vencido 2 vezes um dos principais nomes da UWF (chorem haters, pois é verídico). Já que ninguém no universo quer saber de você, Nagata, não vou ficar brincando de David e Golias contigo pelo resto da vida. Não preciso que Deus me mande uma pedra de 5 toneladas compactada para te derrotar, pois confio plenamente nas minhas habilidades, das quais você desconhece. E enquanto isso, a hora da verdade se aproxima, e quando ela chegar, você voltará para a lixeira de onde nunca deveria ter saído e eu finalmente poderei seguir meu caminho.

    Do seu Intercontinental e Peeps Champion, Christian.

    • "Real Wrestling Last Hope" Dean Nolan

      Não trás nada a mais? Meu caro “champ”, isto é o meu passaporte rumo ao topo. A partir daqui, é sempre a subir. E não caio mais, te garanto.

      • Tanaka e Jason subiram tanto que chegaram a um ponto onde nem eles mesmos conseguem/conseguiam se enxergar, e agora estão ai caindo em um loop infinito…

  18. alexandercesaro

    Não estou a tanto tempo na UWF a ponto de merecer participar desse show, nem presenciei o primeiro. Houve varias lutas emocionantes e parabens Tomyer por ganhar a battle royal.
    Enfim Parabéns UWF pelo seus 2 anos de sucesso( bem + ou – isso)

  19. anastasiyatereshkova

    Поздравляем.
    Принесите на более лет успеха.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: