King’s Court #1 >> Pedro “Jason” Cruz

Kigng_s Court1

Fiquem aqui com a primeira edição do King’s Court. Quadro de entrevistas feito por mim, o mitão Stuart Sanders.

Primeira edição com Pedro Santos, a.k.a Jason, entrevista feita pelo facebook, leiam na continuação ou serão assombrados pelo dick do Mister Catra.

PS – Qualquer coisa dita por ele, é de total responsabilidade dele.

Sanders: Fala ae galera, aqui estou eu o Best In The World, na primeira edição do quadro que fui obrigado a fazer, e estou sendo lisonjeado com a presença de Pedro “Jason” Cruz, fala ae muleque, tudo certo?

Jason: E ai UWF Universe, é um prazer ser o primeiro a ser entrevistado no seu quadro de entrevistas, Sanders. Então, eu não sabia que você foi obrigado não, pensava que eu tava aqui por opção sua mesmo…

Sanders: Acha que eu queria entrevistar Noobões? Não eu não queria, mas fazer o quê? Ou eu entrevisto noobs ou vou para a fila do INSS.

Jason: Então o Lozzer mentiu pra mim? Ele disse que você queria muito me entrevistar, e se eu não aceito eu perco meu emprego, enfim, também estou obrigado á ser entrevistado. Vamos pras perguntas.

Sanders: Finalmente você disse algo que preste, comecemos esta joça. Você é um novo membro da UWF, tem pouco tempo na empresa. Quais seus primeiros objetivos nesse início de carreira?

Jason: Então, eu pretendo fazer impacto logo no começo da minha carreira, mostrar que não estou aqui por acaso, e que eu quero e VOU ser o futuro disso aqui tudo. Hoje me olham como só mais um garoto com talento, no futuro vocês verão eu no topo da empresa, e em um futuro muito próximo.

Sanders: Sabe que não existe “futuro”, certo? Diferente do que pensa, nós não envelhecemos e por isso será a mesma coisa sempre.

Jason: Mas o destaque não é instantâneo, eu começo com pequenas lutas, chego no Main Card, vou para um Uper/Mid-Card, depois Main Event, eu não faço meu debut logo no Main Event, então aos poucos vou subindo, entende?

Sanders: Tanto faz, eu debutei em um Main Event, então seus argumentos são invalidados. Mas que seja, como podemos perceber, você está em uma pequena rivalidade com Tomyer e Tanaka. Como isso tudo começou? Como se sente trabalhando com dois grandes nomes da empresa? Conseguirá aprender algo com eles?

Jason: Com certeza foi um choque. Um dia estou lutando no NXT outro dia estou metido com um dos maiores Superstars da história da UWF e o maior Intercontinental Champion da história. Assim, não sei como tudo começou, porque o que fez tudo começar foi o Tanaka e suas idiotices, ainda fico inconformado em ele me tirar da luta no WAR da semana passada, o cara ainda manda uma depois “Estou com muita raiva daquele garoto”.
Realmente, é muita viad*gem dele, tudo começou aí, ele me prejudicou e eu não deixei barato. Tenho que dizer que estou com raiva mas é bom trabalhar com eles, aprender com pessoas que já tiveram sucesso na empresa é uma experiência incrível.

Sanders: Uma breve opinião minha, estes segmentos estão lhe deixando altamente “over”, está recebendo um bom push, mesmo que seja sem títulos envolvidos, e isso vem agradando o público da UWF. Falando sobre sua rivalidade, quem será seu parceiro? Uma dica?

Jason: Realmente é bem melhor estar em uma feud com pessoas do topo da empresa, essa feud estou achando bem melhor que a do Extreme Rules, pelo Intercontinental Championship. Então, eu fiquei falando com algumas pessoas dos backstages, pessoas me apontaram o Steen, pessoas me apontaram o Kaiser, eu sei que é muito engraçado ver as pessoas tentando adivinhar, e não, não darei dicas, vocês viram dicas o suficiente vindo do cara que trabalha para meu parceiro. Só posso dizer que vocês terão uma surpresa, e que surpresa! Tanaka e Tomyer irão goz*r na hora.

Sanders: Hehe, interessante. Já tenho meus palpites, mas enfim. Parece que acabou as perguntas, porém não vou parar por aqui, vou inventar umas perguntas agora. No NXT, quem era a pessoa que mais te apoiava? E no Main Roster?

Jason: Tem que ter mais perguntas mesmo, não saí de casa para vir aqui para Los Angeles para um entrevista curta. Então, respondendo sua pergunta quem mais me apoiava no NXT era o Dean Nolan e o Revenge. Hoje eu não trabalho mais junto com o Revenge, e hoje o Dean e o JhoBarrage me apoiam muito. O Jomo Eduardo e o Vogado são caras que me ajudam e dão palpites nos backstages, como eu devo agir, entre essas coisas, receber conselhos de dois Champs é muito bom.

Sanders: Você não precisa responder tudo que digo, e olha pra mim, tive que sair de Chicago para vir entrevistar um Maldito Lower Card, acha isso legal? Principalmente sabendo que a Lua está em sua cama uma hora dessas.. Oh Wait! Ela foi ajudar criancinhas que não curtem uma boa brisa.

Jason: Ainda bem que o Taxista só me cobrou 80 reais de San Francisco para Los Angeles, acho que era da mesma empresa do que queria cobrar 80 á Lua.

Sanders: Ela podia ter pegado meu jato que fica no Parking Lot, ser minha mulher tem alguns benefícios..

Jason: Lower Card? Por favor né, não sou Lower Card. E não queira que eu cite sua história com a Lita que eu ouço nos bastidores sobre ser… BR*XA! Como você pode cara? Br*xa? Ela gosta de p*u mole?

Sanders: WoW, WoW, WoW, WHAAAT IS THIS? HÃ?

Jason: Sim, eu fiquei sabendo que depois de uma luta, você foi para os bastidores com a Lita, e na hora H… Falhou. Cara, como você pode? homem que é homem não br*xa, principalmente quando é a lita… As vezes o difícil é não ficar er*to…

Sanders: WHAAAAAAAAAAAAAAT? Err.. Vamos pular essa parte, só pode ter sido a Kat..

Jason: Foram várias pessoas, não vou citar nomes, mas…. Vamos para a próxima mesmo.

Sanders: Já peguei ela, e você, já pegou?

Jason: Cara, a Daena conta? Opa, acho que falei demais…

Sanders: Já peguei..Voltando.. Qual o cara mais arrogante nos backstages?

Jason: Dúvida eterna, ROB Awesome ou Tanaka? Assim, o ROB sempre anda pelos backstages, mas sempre é de cabeça para cima, o cara fala com ele e ele não responde, se acha o melhor que essa empresa já possuiu. Com o Tanaka é um pouco diferente, ele não quer nem aparecer nos backstages, não quer se expor, não sei se é arrogância ou não quer sofrer pressão dos wrestlers por ser GM.

Sanders: Entendo.. Pessoas me disseram que você tem um treinador bem conhecido na história de uma empresa, fale mais sobre este assunto.

Jason: Bem, eu treino numa academia em San Francisco, onde moro, não sei o nome, então fod*-se. Tem alguns UWF Superstars que treinam comigo, como o Nolan, o Jho, o Caio Almeida e o irmão dele, o Cassio Almeida. Então, nosso treinador é um ex-treinador de desenvolvimento da WWE, (Citar a WWE da processo? – Pedro Sussurra) Bill DeMott.

Sanders: Se eu receber um processo, você paga!

Jason: F*ck this Company..

Sanders: Está sendo dito pela mídia que você andou me criticando pelas redes sociais, o que tem a dizer? (Sanders pega uma faca)

Jason: Ow ow ow… Abaixa essa faca… abaixa essa faca… Obrigado, então, eu não andei te criticando pelas redes sociais, de onde você tirou isso? Porque você ta indo na cozinha? Ow ow ow, isso é uma arma?

Sanders: Nem usarei ela, a menos que você queira dar uma de engraçadinho, aí o bixo pega.. Bate bola, jogo rápido: NXT.

Jason: Sem Regras. Todos por sí, todos querem ir ao Main Roster, ninguém para orientar, ou seja, entrou lá, te vira fera.

Sanders: Nossa, parece ser muito emocionante estar nessa brand, uma salma de palmas?

Jason: Na verdade não, ninguém cuida de lá e ser do W.A.R. é bem melhor.

Sanders: WAR também não, ou você considera o Tanaka um GM?

Jason: Err..

Sanders: Uma mensagem para o roster da UWF?

Jason: Fiquem ligados no que vai acontecer nas próximas semanas, vocês já já saberão quem será meu parceiro para lutar contra o Tanaka e o Tomyer no Judgement Day, aposto que gostarão da surpresa.

Sanders: Well, por hoje é isso, obrigado por participar, obrigado também por dizer que sou br*xa, mesmo eu não sendo.

Jason: Até que foi divertido participar dessa entrevista, Sanders, agora tenho que voltar para San Francisco, até a próxima! Ah, e obrigado por ferrar meus pensamentos fetiches da Lita.

Sanders: Tudo certo, tudo certo..Acho que por hoje é só, obrigado por lerem esse lixo visual, e até a próxima com mais um KING’S COURT!

FIM DE ENTREVISTA

Sobre Sanders

Come to the Darkside, we have cookies.

Publicado em 04/06/2013, em Uncategorized e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 51 Comentários.

  1. Só o que tenho á dizer é que mudei meu pensamento sobre o Sanders, a entrevista foi muito divertida, a zuera não teve limits na entrevista, só sendo entrevistado você sabe como é.

  2. Não acredito que perdi alguns minutos da minha vida lendo tanta m*rda, me citaram como se eu fosse alguma concubina do Sanders (ri na parte do br*cha, mas ok). Dizem que quando não se tem nada de inteligente e/ou relevante para falar é melhor ficar calado, enfim…

    The UWF Women’s Champion

  3. Belo quadro, uma dinâmica bem divertida e que vai fazer muito sucesso aqui na UWF.

    Bem sobre o Pedro, já tive o grande prazer de ser seu companheiro no NXT, o garoto tem muito talento, e é como ele falou, um dia vai estar no Topo da empresa e aos poucos ele vai chegando lá…

  4. Gostei do quadro, é diferente, mais descontraído e “”””””engraçado”””””””, mesmo os dois sendo obrigados e estarem nele.

  5. A UWF tá em decadência mesmo. O maior pateta do mundo, aquele que merece ficar longe da empresa e do outro lado tempos o NXT Guy, aquele que só vence com ajudinha. Nem perdi tempo lendo essa porcaria, não queria ver meus olhos sangrando.

    • Pensando bem, a empresa escolheu eu ser entrevistado, e não você, isso seria inveja?

      • Ser entrevistado pelo Sanders? Sério? Não cara, nem ligo pra isso. Continue se achando uma estrelinha enquanto eu estou treinando duro.

        I’m the guy and you’re not
        Listen the true savior

      • Você acha que logo depois da entrevista voltei para San Francisco para treinar com minha fantástica equipe não?

      • Você realmenter quer saber minha opinião Pedro?, eu não me importo se você está sendo entrevistado, se você está treinando, se você está arrotando, cagando ou espremendo uma porcaria de furunculo nessa sua velha bunda branca. O que eu sei e o que eu realmente me importo e que vou destruir você e o merda de seu tag team partner no Judgement Day.
        Tenho uma coisa para você e você verá no decorrer das semanas.

        Listen the true savior, estourador de furunculos

  6. Vixi, grandes revelações nesta entrevista, fiquei sabendo que nem mesmo as azulzinhas provocam alguma reação no Stuart. Mas fugindo desse assunto desagradável, eu não entendi o motivo dele estar fazendo esta entrevista… Ele ainda esta na UWF? Pensei que já estivesse morto, mas parece que de morto ele não tem nada… Não pera, só o Pên… toc toc, Err… Vamos pular esta parte.

    Muitas coisas desinteressantes, mas no geral foi uma entrevista razoável… Só não entendi a parte que o Pedro fala que eu sou arrogante… Meu jovem eu não lhe respondia porque pensava que você era apenas um dos meus fãs que invadiram a UWF (isto é comum com a fraca segurança desta empresa), então eu fingia que nem lhe via, a pouco tempo atrás que eu percebi que você também trabalhava aqui, mas mesmo assim eu segui lhe ignorando, afinal você é chato pra caramba.

  7. Esperava algo mais sério como uma verdadeira entrevista, mas isto foi mais um show de humor do que uma verdadeira entrevista. Não tenho muito o que comentar disto, apoio o Jason e o considero um dos futuros desta empresa, estou muito ansioso para descobrir quem será seu Tag Partner e pela expectativa feita promete ser alguém de forte impacto…

    The American Wolf Caio Almeida The Television Champion

  8. Victor Vogado "To be 'The Man,' you gotta beat the man!"

    Isso pareceu mais uma conversa de bar do que uma entrevista em si, porém gostei do estilo e da forma que foi levada, deixado de lado apenas a impotência do Sanders, porque ninguém da a mínima(hauahuauahauha sacaram?) para isso.

    Jason é um bom rapaz e sabe muito bem o que diz e o que faz, tenho certeza que logo logo ele será um dos GRANDES aqui na UWF.

  9. "Mr. Wrestling" Steen

    Eu não tenho interesse em fazer tag com o Pedro, porém tenho interesse em dar uns tapas no Tomyer e no Tanaka, mas isso será assunto de outro PPV, afinal eu tenho um World Heavyweight Championship pra conquistar nesse caso Vitinho escolha que eu lhe tire o title.

    Yes, I’m Guilty!

  10. E os sonhos do Sanders não tem limites u.u

  11. “comecemos esta joça”

    Essa foi de fato, disparada, a frase mais sincera e interessante de toda a entrevista, porque de fato foi uma boa joça, digo, eles mais ficaram discutindo do que fazendo perguntas e respostas, muito engraçado mesmo, todo esse tempo gasto com um novatinho e um aposentado por força maior, mas fazer o quê não é? UWF adora ser “Engraçada” a níveis de praça!

  12. Obrigado aos que dizem que tenho futuro nessa empresa, farei de tudo para não decepcionar vocês. Enquanto ao comentário do Nagata, ignorem, todos sabem que ele tava comendo Fandangos e dando risadas se debatendo no chão nos backstages.

  13. Se não fosse as ilusões dos dois a entrevista até seria maneira..Tirando isso, melhor irem para um apoio psicológico

  14. "It Factor" John Roode

    Uma ótima entrevista para começo do King’s Court. não tenho muito o que falar sobre essa entrevista… ri bastante, pedro falou algumas coisas serias, outras não, como as brincadeiras, mas de resto ta tudo bom. um belo começo das entrevistas.

  15. Bom, não foi uma entrevista muito séria, e teve vários pontos de comédia, mas foi até divertida de se ler, agora que o Sanders conseguiu um novo emprego, quanto será que ele está ganhando… Ele falou grandes verdades e quem será o próximo convidado?

    Como o Pedro falou, eu apoei ele aqui na empresa e vejo bastante futuro nele aqui e algum dia eu quero o enfrentar, seria uma grande luta. E agora que ele está enfrentando bons lutadores como o Tanaka e o Tomyer, acho que ele irá evoluir mais, e tem um grande futuro.

  16. Dean Nolan

    O Pedro é um grande amigo, treinar com ele é uma honra.
    O espaço começou muito bem, espero mais entrevistas.

  17. Ha deveria eu ficar chateado por ele não me citar como terceiro campeão a apoia-lo??… Naaaaaaaaah… Tudo bem… ja é o bastante ficar vendo ele ter uma bela entrevista… acredito neste garoto… ele talvez irá longe… #Broken Dreams #OMT

    #Because I’m Perfecto…
    #Because I’m Extreme Champion

  18. Revolutionary Kaiser

    Só tenho duas perguntas a fazer.

    1ª Se Sanders foi demitido como é que ele tem um quadro na empresa?

    2ª Porque o primeiro entrevistado do quadro é um noobão que nem o Jason?

    Essa é a UWF….

    Quando tiver algum tempo livre lerei a entrevista e farei o comentário sobre a mesma.

  19. Olha, eu gosto muito do Pedro, gosto mesmo e essa entrevista foi bem bacana, mas fica a pergunta que meu rival fez acima:

    Se Sanders foi demitido como é que ele tem um quadro na empresa?

    PS: Com todo respeito ao Pedro, mas esse quadro deveria começar comigo ou o Vogado que somos os World Champions da empresa

    • Simplesmente porque ele era um cara da qual eu queria muito entrevistar. Prefiro falar com Mid Cards, pois eles tem mais coisas a dizer, coisas mais interessantes, enquanto World Champ’s não tem muito a comentar.

      Fique tranquilo, uma hora você também será entrevistado.

      • Primeiro diz isso:

        “Sanders: Fala ae galera, aqui estou eu o Best In The World, na primeira edição do quadro que fui obrigado a fazer”

        “Jason: … Então, eu não sabia que você foi obrigado não, pensava que eu tava aqui por opção sua mesmo…”

        “Sanders: Acha que eu queria entrevistar Noobões? Não eu não queria, mas fazer o quê?”

        Depois fala isso quando é questionado o porquê de ter feito a entrevista com o Pedro:

        “Simplesmente porque ele era um cara da qual eu queria muito entrevistar.”

        Lógica para quê, não é Sanders?

      • Adoraria ser entrevistado, não por você, mas adoraria. E a pergunta se mantém, WHAT THE FUCKING HELL ARE YOU DOING HERE?

      • WoW, ninguém pode explicar a minha mente garota, uma mente louca para uma pessoa louca, se bem que dessa vez eu estava normal, tentei dar uma de face, mas mesmo assim me questionam.. Não, não, espere um pouco, acho que teve um pequeno erro na.. Shit, estou certo.. Ou não? Ah, tanto faz, ferre-se a lógica..

        A.B., também não tenho a mínima de vontade de conversar contigo, principalmente por você ser um dos únicos caras que me fez perder a consciência com uma submissão, mas enfim, tanto faz quem eu entreviste, só de ter Sanders envolvido isso já se torna um sucesso.WoW, ninguém pode explicar a minha mente garota, uma mente louca para uma pessoa louca, se bem que dessa vez eu estava normal, tentei dar uma de face, mas mesmo assim me questionam.. Não, não, espere um pouco, acho que teve um pequeno erro na.. Shit, estou certo.. Ou não? Ah, tanto faz, ferre-se a lógica..

        A.B., também não tenho a mínima de vontade de conversar contigo, principalmente por você ser um dos únicos caras que me fez perder a consciência com uma submissão, mas enfim, tanto faz quem eu entreviste, só de ter Sanders envolvido isso já se torna um sucesso.

      • Isso que você chama de “loucura” eu chamaria de retardação, mas tudo bem, às vezes um eufemismo é mais confortante…

      • É? Pode ser verdade.. ou não.. err, sim? não? Tanto faz..

        PS – Esse seu jeito “Nerd” é bem interessante..

      • Percebi que não entendeu o que eu disse, mas tudo bem, não é nada de grande relevância.
        Desculpa pelo meu jeito “Nerd”, é força do hábito.

  20. "The President of Death" Felix

    Para a estréia desse quadro,escolheram um cara bem desimportante e nada ver. Deveria ser alguém com mais história e que tenha mais o que contar do que ficar batendo papos sem nexo com o entrevistador.
    Graças a Deus que esse ser invejoso não fez o favor de citar meu precioso nome durante a entrevista. Confesso que estou curioso para saber quem é o bendito tag team partner que ele escolheu.

  21. Crippler Renato Dias

    Bom quadro, grande estréia e esse quadro parece ser muito interessante, gostei dessa entrevista, Jason disse coisas bastante revelantes sobre os Backstages tanto do Main Show como no NXT e teve muitas partes engraçadas também, enfim. Jason tem de tudo para estar no topo no futuro, ele é bom, um dos poucos novos na empresa que participa, e se manter o rítmo será Main Eventer um dia.

    TOOTHLESS AGGRESSION, PROVE ME WRONG.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: